Brasileirão Série A

Atlético-PR nunca perdeu para o São Paulo na Arena da Baixada; será que esse tabu cai hoje?

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Furacão busca terceira vitória consecutiva no Brasileirão contra o Tricolor; time de Rogério Ceni corre o risco de entrar na zona de rebaixamento em caso de derrota

Todo início de Brasileirão é a mesma coisa. Três pontos são capazes de levar um time ao paraíso, enquanto que uma simples derrota pode fazer com que uma equipe despenque da noite para o dia à zona da degola. Pode ser o caso de Atlético-PR e São Paulo, duelo válido pela 9ª rodada que acontece esta noite (21), às 21h45 (horário de Brasília), na Arena da Baixada. Apesar dos dois últimos triunfos, o Furacão ainda se encontra no Z-4 com oito pontos. Com dois pontos a mais, o Tricolor aparece ameaçado na 14ª colocação.

 

ATLÉTICO-PR X SÃO PAULO

A realidade é que o São Paulo terá um duelo dificílimo na Arena da Baixada, onde nunca venceu em compromissos oficiais. Foram 18 jogos disputados desde 1999, ano da inauguração do estádio, com 12 vitórias dos mandantes e seis empates. A última vez que o Tricolor derrotou o Furacão na condição de visitante foi em 1982.

O técnico Rogério Ceni reconhece a enorme dificuldade que é atuar em Coritiba, mas espera que o time quebre esse longo tabu e suba na tábua de classificação.

“Partida tradicionalmente difícil. Mas temos de buscar esses pontos lá. Isso aumenta a pressão para ganhar um jogo que, na história, o São Paulo não traz vitórias na Arena da Baixada. Contra o Atlético-MG, parecia que venceríamos e não aconteceu. Agora é buscar o resultado fora de casa”, afirmou.

E os paulistas contam com três baixas para o embate de logo mais: Maicosuel, recém-contratado junto ao Galo e que ainda está aprimorando a parte física; João Schmidt, com uma entorse no joelho esquerdo; e Morato, que foi submetido a uma cirurgia no joelho direito e só retorna em 2018.

Já Eduardo Baptista vai para o duelo com o que tem de melhor e aliviado com a evolução física do Furacão.

“Tivemos um dia a mais de preparação e isso no calendário brasileiro é um fato a ser comemorado. No jogo passado, atuamos com dois dias e algumas horas de diferença. Então, não vejo o desgaste, nesta partida, como um problema para a gente. A preocupação é apenas tática, de fazer um bom jogo”, disse Baptista.

 

MOMENTO DOS DOIS CLUBES NA TEMPORADA

Com a épica classificação para as oitavas de final da Libertadores, quando venceu a Universidad Católica (CHI), em Santiago, que culminou com a eliminação do Flamengo, pode-se dizer que o Atlético-PR começou o Campeonato Brasileiro de maneira anestesiada. O início foi terrível, com apenas dois pontos conquistados nas seis primeiras partidas – até que nas duas últimas rodadas, os paranaenses conquistaram dois resultados positivos e dão pinta de que podem embalar.

Depois que Paulo Autuori deixou o cargo de treinador para assumir a função de gerente-geral do clube, Eduardo Baptista, que havia iniciado o ano no Palmeiras, foi anunciado como novo técnico. Aos poucos, o novo comandante vai colocando sua filosofia de jogo em prática, o que não foi possível no Verdão, onde sempre conviveu com a sombra de Cuca, que acabou regressando à Academia de Futebol.

Já a campanha de momento do São Paulo é a tônica do time na temporada: uma gangorra. Quando todos imaginam que a equipe do Morumbi vai engrenar, eis que vem uma derrota desanimadora. Sorte de Rogério Ceni, que goza de enorme prestígio junto à torcida. Considerado por muitos como o maior jogador da história do clube, o sucesso do ex-goleiro na função de treinador ainda gera dúvidas.

 

Prováveis escalações:

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Deivid e Lucho (Nicolas); Nikão, Douglas Coutinho (Pablo) e Grafite.
Técnico: Eduardo Baptista

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Éder Militão, Douglas (Lugano) e Rodrigo Caio; Buffarini (Thiago Mendes), Jucilei, Cícero (Thiago Mendes) e Junior Tavares; Cueva, Lucas Pratto e Marcinho.
Técnico: Rogério Ceni

 

Palpite:

Ultimamente, poucos tabus têm caído no Brasileirão. E o bom momento do Atlético-PR em contraste à instabilidade do São Paulo não sugere que o Tricolor conseguirá ganhar pela primeira vez na Arena da Baixada. Aliás, manter uma escrita é uma situação que motiva ainda mais os mandantes. Pobre Tricolor! O jeito é torcer por uma combinação de resultados que não o coloque no Z-4, pois o Furacão sairá vitorioso após os 90 minutos.

 

Confira palpites para todos os jogos da 9ª rodada:

» Prognóstico: Vitória x Santos
» Prognóstico: Botafogo x Vasco da Gama
» Prognóstico: Palmeiras x Atlético-GO
» Prognóstico: Atlético-MG x Sport Recife
» Prognóstico: Avaí x Fluminense
» Prognóstico: Flamengo x Chapecoense
» Os demais prognósticos irão ao ar na quinta-feira.

 

JOGOS DA 9ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2017

A seguir, confira os demais confrontos da 9ª rodada do Campeonato Brasileiro (favoritos em negrito):

  • 21/06 – 19:30 – Vitória x Santos
  • 21/06 – 21:00 – Botafogo x Vasco
  • 21/06 – 21:00 – Palmeiras x Atlético-GO
  • 21/06 – 21:45 – Atlético-MG x Sport Recife
  • 21/06 – 21:45 – Avaí x Fluminense
  • 22/06 – 19:30 – Corinthians x Bahia
  • 22/06 – 19:30 – Ponte Preta x Cruzeiro – palpite: empate
  • 22/06 – 21:00 – Grêmio x Coritiba
  • 22/06 – 21:00 – Flamengo x Chapecoense

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.