Quem somos

Aqui todo mundo é louco por esportes! Trazemos para você as melhores notícias, análises e curiosidades do mundo esportivo, além de prognósticos dos jogos e lutas que estão por vir. Nossas especialidades incluem campeonatos de futebol do mundo todo, NFL, UFC e NBA. Queremos saber quem vai ganhar!

Você acompanha novos vídeos e artigos todos os dias da semana. Curta a nossa fanpage no Facebook, siga no Twitter e inscreva-se no canal do Youtube, para ficar sempre por dentro! E-mail para contato: mohara902@gmail.com.

Equipe

Luis Fernando Coutinho, especialista em UFCLuis Fernando Coutinho

Apaixonado pelo mundo das lutas, Coutinho iniciou a carreira como diagramador de jornais, até que a vocação jornalística o levou até a primeira matéria. Como repórter, já cobriu os principais eventos de MMA e entrevistou as maiores personalidades do UFC. Atualmente, alterna o trabalho de editor do Lance! com a produção de vídeos bem humorados para o Canal Encarada, projeto de entretenimento no Youtube feito para os fãs de lutas. Mais do que falar sobre o esporte que ama, o que fascina Coutinho é poder “lutar” diariamente para consolidar o brilho inegável da modalidade que mais cresce no mundo dos esportes. Você encontra os textos, vídeos e podcasts do Coutinho aqui »

 

Matheus Filippi, integrante da equipe do GanhadorMatheus Filippi

A paixão pelo esporte e pela cobertura jornalística surgiu quando o garoto de Jundiaí ouvia as transmissões de José Silvério no rádio do carro junto com o seu pai. Sentimento que se tornou uma obsessão por cada vértice desse enigma chamado esporte. Hoje jornalista esportivo, tem como missão muito mais do que passar o conhecimento adquirido e as nuances de cada esporte; sua meta principal é tentar colocar em palavras o indescritível sentimento de um apaixonado pelo que faz em cada texto produzido. Afinal, a emoção de um evento esportivo vai muito além das quatro linhas. Matheus Filippi trabalhou em grandes veículos de imprensa e hoje integra o grupo de redatores do Oddsshark e do Ganhador. Você encontra os textos do Matheus Filippi aqui »

 

Giancarlo Lepiani, integrante da equipe do GanhadorGiancarlo Lepiani

Jornalista de formação, fotógrafo amador e viajante semiprofissional, Giancarlo Lepiani iniciou sua trajetória nas redações do Jornal da Tarde e do UOL. Em seguida, trabalhou durante catorze anos em VEJA, cobrindo duas Copas do Mundo, uma Olimpíada, cinco finais de Champions League e diversos eventos do UFC no Brasil e no exterior. Em 2015, trocou a rotina das redações por novas aventuras, como a publicação do livro Copa Loca, a criação do Projeto Tóquio nas redes sociais e, claro, a colaboração aqui com o Ganhador. Você encontra os textos do Giancarlo Lepiani aqui »

 

Douglas Nunes, integrante da equipe do GanhadorDouglas Nunes

Formado em Comunicação e pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte. Passou por clubes, projetos sociais e até se aventurou em economia, mas sua paixão é o esporte. Qualquer competição tem grandes chances de entrar na sua programação, com destaque para Futebol, Basquete e Football Americano. Além disso, curte Xbox, Fifa, Football Manager e política. Você encontra os textos do Douglas Nunes aqui »

 

Matías Carranza, integrante da equipe do GanhadorMatías Carranza

Portenho-paulistano, traz ao mundo das apostas a mistura do esforço argentino com a ousadia brasileira. Defende com a chuteira alta que a troca da rivalidade pela ajuda mútua transformaria os dois países na Austrália e Nova Zelândia da América do Sul. Acompanha esportes há 35 anos e trabalha com eles há 20. Cobriu (e cobre) competições nacionais e internacionais, integrou a organização de eventos mundiais, publicou livros e escreve para veículos de grande circulação nos dois países. Mas gosta mesmo é de repetir os passos do ídolo Marcelo Loco Bielsa e ficar no meio do mato sem falar com ninguém. Você encontra os textos do Matías Carranza aqui »

 

Pablo Sánchez, integrante da equipe do GanhadorPablo Sánchez

O andarilho Pablo Sánchez nasceu em El Salvador nos anos 80, mas cresceu em Bogotá. Eram tempos de Pablo Escobar e a família se mudou para a África do Sul. Quando terminou o colégio foi estudar na Eslovênia e hoje mora na Espanha. Adora praticar esportes que deveriam ser olímpicos, segundo seu ponto de vista: dardos, sinuca, totó e fliperama. Nos pubs, curte assistir futebol, rúgbi, hurling e futebol com regras australianas. Seus times de coração são o Millonarios colombiano e o Olimpia esloveno. Você encontra os textos do Pablo Sánchez aqui »

 

Karen Soarele, integrante da equipe do GanhadorKaren Soarele

Aos nove anos de idade, Karen Soarele entrou pela primeira vez em um estádio de futebol. Foi no Mané Garrincha, em Brasília, em um amistoso entre Brasil e Chile. Ainda no clima otimista da conquista do Tetra, ela e outros 30 mil torcedores assistiram a Romário e Ronaldinho anotando dois gols cada um, no que resultou na goleada por 4 a 0. A emoção a acompanharia por toda a sua vida. Karen é formada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Comunicação e Produção Textual. Autora de livros de ficção, sempre se perguntou porque as escolinhas de futebol nunca aceitavam meninas. Hoje mora no Canadá e tem o prazer de escrever sobre o esporte para o Ganhador.com. Você encontra os textos da Karen Soarele aqui »

 

Flavio Soares, integrante da equipe do GanhadorFlavio Soares

Flavio Soares é designer gráfico, ilustrador, escritor, autor de histórias em quadrinhos e podcaster do Papo de Gordo. Fã de futebol, é mestre diplomado na arte de errar palpites e resultados – pricipalmente durante a Copa do Mundo. Mas como bom brasileiro, ele não desiste nunca e continua mandando suas caneladas por aí. Você encontra os textos e podcasts do Flavio Soares aqui »

 

Pedro Coelho, integrante da equipe do Ganhador

Pedro Coelho

O nerd esportista. Como assim? O garoto que sempre amou Star Wars e videogames também teve paixão pelos esportes desde cedo, quebrando estereótipos. Seu avô foi membro da Comitiva Olímpica desde a edição em Roma 1960 até Los Angeles em 1984, e chefe da delegação brasileira na Copa do Mundo do tri-campeonato do Brasil, em 1970, no México. Ou seja, está no sangue! Quando morou nos EUA, nem acreditou quando foi escolhido para o time de basquete de sua high school, além de ter jogado futebol (o soccer, por lá) e competido nas pistas de atletismo. Bons tempos aqueles… mas ele não recomenda os 400m com barreiras nem ao seu pior inimigo. Pedro Coelho é responsável pela organização do cronograma semanal e escolha dos temas designados para a equipe de especialistas, além de ser o revisor dos textos que vão para o site.

Voltar