Quem somos

Aqui todo mundo é louco por esportes! Trazemos para você as melhores notícias, análises e curiosidades do mundo esportivo, além de prognósticos dos jogos, lutas e corridas que estão por vir. Nossas especialidades incluem campeonatos de futebol do mundo todo, NFL, UFC, NBA, Fórmula 1, NASCAR, boxe e tênis. Queremos saber quem vai ganhar!

Você acompanha novos vídeos e artigos todos os dias da semana. Curta a nossa fanpage no Facebook, siga no Twitter e inscreva-se no canal do Youtube, para ficar sempre por dentro! E-mail para contato: mohara902@gmail.com.

Equipe

Paulo Antunes, especialista em NFL

Paulo Antunes

Paulo Antunes nasceu na cidade de São Paulo em 1978 e se mudou para os Estados Unidos em 1984. Sempre sonhando em ser atleta ou jornalista esportivo, praticou vários esportes durante sua vida. Jogou tênis, futebol, futebol americano, basquete e beisebol. Formou-se em jornalismo na Faculdade de Emerson, em Boston. Costuma dizer que o dia mais feliz de sua vida como torcedor foi quando o Miami Dolphins venceu o Kansas City Chiefs por 17 a 16 na pós-temporada de 1990 da NFL; e que seu dia mais triste foi na morte de Reggie Lewis, jogador do Boston Celtics da NBA. Atualmente, é comentarista da ESPN Brasil e embala a torcida com seu jeito engraçado e a mistura de termos em inglês. Você encontra os textos e vídeos do Paulo Antunes aqui »

 

Luis Fernando Coutinho, especialista em UFCLuis Fernando Coutinho

Apaixonado pelo mundo das lutas, Coutinho iniciou a carreira como diagramador de jornais, até que a vocação jornalística o levou até a primeira matéria. Como repórter, já cobriu os principais eventos de MMA e entrevistou as maiores personalidades do UFC. Atualmente, alterna o trabalho de editor do Lance! com a produção de vídeos bem humorados para o Canal Encarada, projeto de entretenimento no Youtube feito para os fãs de lutas. Mais do que falar sobre o esporte que ama, o que fascina Coutinho é poder “lutar” diariamente para consolidar o brilho inegável da modalidade que mais cresce no mundo dos esportes. Você encontra os textos, vídeos e podcasts do Coutinho aqui »

 

Flavio Soares

Flavio Soares é designer gráfico, ilustrador, escritor, autor de histórias em quadrinhos e podcaster do Papo de Gordo. Fã de futebol, é mestre diplomado na arte de errar palpites e resultados – pricipalmente durante a Copa do Mundo. Mas como bom brasileiro, ele não desiste nunca e continua mandando suas caneladas por aí. Você encontra os textos e podcasts do Flavio Soares aqui »

 

Karen Soarele

Aos nove anos de idade, Karen Soarele entrou pela primeira vez em um estádio de futebol. Foi no Mané Garrincha, em Brasília, em um amistoso entre Brasil e Chile. Ainda no clima otimista da conquista do Tetra, ela e outros 30 mil torcedores assistiram a Romário e Ronaldinho anotando dois gols cada um, no que resultou na goleada por 4 a 0. A emoção a acompanharia por toda a sua vida. Karen é formada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Comunicação e Produção Textual. Autora de livros de ficção, sempre se perguntou porque as escolinhas de futebol nunca aceitavam meninas. Hoje mora no Canadá e tem o prazer de escrever sobre o esporte para o Ganhador.com. Você encontra os textos da Karen Soarele aqui »

 

Leandro Duarte

Leandro Duarte começou sua trajetória no jornalismo em 2000. Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Estácio de Sá, já passou por grandes redações, onde foi editor de texto na Rede Globo, Rede Record e TV Cultura. Como repórter, passou por todas as editorias nos portais R7 e Yahoo!. Mas é pela cobertura esportiva que ele tem um carinho especial, quando foi setorista, repórter de campo e editor no Lance!, Gazeta Esportiva, Correio do Povo (RS) e Hoje em Dia (MG). Na Cultura, editou o quadro “A Hora do Esporte”, dentro do Jornal da Cultura Primeira Edição. No ano passado, fez sua estreia como locutor esportivo, quando ingressou no quadro de narradores da Traffic Sports. Em 2016, entrou para o time de redatores do Oddsshark.com/br. Você encontra os textos do Leandro Duarte aqui »

 

Miguel Gonzalez

Jornalista, publicitário e administrador de empresas, os esportes sempre fizeram parte da vida de Miguel Gonzalez, 39 anos, seja praticando-os ou os acompanhando pela TV, rádio, internet ou ao vivo. Torce para pelo menos um time de cada país como Ferencvaros, Hibernian, Legia, Palestino, Partizan, Real Madrid, Sarajevo, Valencia, Zamalek, entre outros. Além do futebol, tem interesse particular pelos esportes amadores e olímpicos dos clubes do Rio de Janeiro, cidade onde mora. Prefere esportes coletivos a individuais, mas respeita todos os atletas de todas as modalidades. Você encontra os textos do Miguel Gonzalez aqui »

 

José Branco Neto

José Branco Neto é formado em Jornalismo pelo Mackenzie e é pós-graduado em Marketing Esportivo pela ESPM. Apaixonado por esporte, iniciou carreira no já extinto portal Fanáticos Por Futebol, em 2008, teve passagem pela editora Cosac Naify e deu sequência como freelancer do jornal Agora São Paulo, do Grupo Folha. Na seção esportes, foi responsável pelo especial de aniversário de Pelé em 2010, Rally Dakar e Paulistão 2011, além da cobertura semanal esportiva. Depois, migrou para a área de comunicação corporativa, atuando como assessor de imprensa na Vipcomm Agência e Conteúdo. Lá, contribuiu com estratégias e ativações para as marcas Reebok e Olympikus, do grupo Vulcabras Azaleia, então patrocinadoras dos clubes São Paulo, Cruzeiro e Flamengo; Penalty; rede de varejo Grupo SBF, proprietária da Centauro; e Honda, na área de competições. Cobriu importantes eventos esportivos, como a Copa do Mundo de 2014, Copa Davis (2011 a 2015), Rally Dakar na Argentina, Mundial de Motocross, entre outros. Você encontra os textos do José Neto aqui »

 

Marcos Alex da Guia

Frequentou um estádio de futebol pela primeira vez quando tinha três anos de idade – coincidentemente, o antigo Palestra Itália. A primeira palavra que leu na vida foi o nome ‘Zinho’. Tem no ano de 1999 um dos mais felizes de sua vida. Formado em jornalismo, seu Trabalho de Conclusão de Curso foi sobre o goleiro Marcos e sua cor predileta é o verde. No entanto, como jornalista esportivo razoável que é, não revela seu time nem sob ameaça de morte. Ah, trabalha há pouco mais de cinco anos cobrindo MMA e também entende um pouquinho deste esporte. Você encontra os textos do Marcos da Guia aqui »

 

Julio Gomes, especialista em FutebolJulio Gomes

Grandes campeonatos de futebol de botão, épicos torneios de futebol de meia no quarto, tabelas da Revista Placar devidamente preenchidas, álbuns de figurinhas de todos os campeonatos, radinho de pilha escondido embaixo do travesseiro. Julio Gomes era uma criança fanática. Seu amor não era tanto por jogar bola. Mas fazer tabelas, conhecer os times, saber de que cidades e países eles eram. Tornou-se um apaixonado pelo futebol do mundo tanto quanto por sua querida Lusa. Não poderia ter se tornado outra coisa: assim como o irmão mais velho, virou jornalista esportivo. Foi editor no UOL, na ESPN, na BBC Brasil, morou cinco anos na Europa e realizou todos os sonhos. Com quatro Copas do Mundo, duas Olimpíadas, uma temporada de F-1, três Grand Slams de tênis e cinco finais de Champions League na bagagem, Julio chega para fazer parte do time Ganhador. Você encontra os textos e vídeos do Julio Gomes aqui »

 

Matheus Filippi

A paixão pelo esporte e pela cobertura jornalística surgiu quando o garoto de Jundiaí ouvia as transmissões de José Silvério no rádio do carro junto com o seu pai. Sentimento que se tornou uma obsessão por cada vértice desse enigma chamado esporte. Hoje jornalista esportivo, tem como missão muito mais do que passar o conhecimento adquirido e as nuances de cada esporte; sua meta principal é tentar colocar em palavras o indescritível sentimento de um apaixonado pelo que faz em cada texto produzido. Afinal, a emoção de um evento esportivo vai muito além das quatro linhas. Matheus Filippi trabalhou em grandes veículos de imprensa e hoje integra o grupo de redatores do Oddsshark e do Ganhador. Você encontra os textos do Matheus Filippi aqui »

 

Douglas Nunes

Formado em Comunicação e pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte. Passou por clubes, projetos sociais e até se aventurou em economia, mas sua paixão é o esporte. Qualquer competição tem grandes chances de entrar na sua programação, com destaque para Futebol, Basquete e Football Americano. Além disso, curte Xbox, Fifa, Football Manager e política. Você encontra os textos do Douglas Nunes aqui »

 

Matías Carranza

Portenho-paulistano, traz ao mundo das apostas a mistura do esforço argentino com a ousadia brasileira. Defende com a chuteira alta que a troca da rivalidade pela ajuda mútua transformaria os dois países na Austrália e Nova Zelândia da América do Sul. Acompanha esportes há 35 anos e trabalha com eles há 20. Cobriu (e cobre) competições nacionais e internacionais, integrou a organização de eventos mundiais, publicou livros e escreve para veículos de grande circulação nos dois países. Mas gosta mesmo é de repetir os passos do ídolo Marcelo Loco Bielsa e ficar no meio do mato sem falar com ninguém. Você encontra os textos do Matías Carranza aqui »

 

Gabriel Stavele

Filho de jornalista, Gabriel Stavele costumava passar as férias escolares em redações, e desde cedo soube que um dia seguiria a profissão. Formou-se em Comunicação Social pela Facha em 2008, e durante a realização de seu Trabalho de Conclusão de Curso sobre a história das Copas do Mundo teve a honra de conversar com os já falecidos mestres Luiz Mendes e Teixeira Heizer. Sua primeira entrevista foi com o cantor Lobão, e o nervosismo era tanto que esqueceu de ligar o gravador. Já trabalhou com direito autoral de música, hotelaria, produção, e participou de dois programas de rádio na Web, onde falava sobre futebol, história e rock’n’roll, suas grandes paixões. Morou em Londres entre 2012 e 2014, e lá teve seu primeiro contato com o mundo das apostas esportivas. Tem 35 anos, é casado desde 2011 e pai da Maria Olivia. Você encontra os textos do Gabriel Stavele aqui »

 

Pedro Coelho

O nerd esportista. Como assim? O garoto que sempre amou Star Wars e videogames também teve paixão pelos esportes desde cedo, quebrando estereótipos. Seu avô foi membro da Comitiva Olímpica desde a edição em Roma 1960 até Los Angeles em 1984, e chefe da delegação brasileira na Copa do Mundo do tri-campeonato do Brasil, em 1970, no México. Ou seja, está no sangue! Quando morou nos EUA, nem acreditou quando foi escolhido para o time de basquete de sua high school, além de ter jogado futebol (o soccer, por lá) e competido nas pistas de atletismo. Bons tempos aqueles… mas ele não recomenda os 400m com barreiras nem ao seu pior inimigo. Pedro Coelho é responsável pela organização do cronograma semanal e escolha dos temas designados para a equipe de especialistas, além de ser o revisor dos textos que vão para o site.

Voltar