Copa do Brasil

Apostas na Copa do Brasil 2019: favoritos ao título e como lucrar com seus palpites

Jogadores do Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

A Copa do Brasil deixou para trás a fama de “prêmio de consolação” para quem não briga pelo título do Brasileirão. Era assim que o torneio era encarado quando surgiu, mas isso já nem passa pela cabeça dos torcedores, jogadores, treinadores e dirigentes. Agora, vencer a competição desperta um orgulho comparável à conquista de um Campeonato Brasileiro. Afinal, os clubes mais fortes do país participam da disputa, quase sempre com força máxima. Além da vaga na Copa Libertadores do ano seguinte, o prestígio da conquista e a premiação em dinheiro são recompensas cada vez mais atraentes.

Para a temporada 2019, a CBF voltou a aumentar o prêmio ao campeão da Copa do Brasil. Quem faturar a taça poderá ficar com até R$ 70 milhões. O valor corresponde à cota pelo título, de R$ 52 milhões, mais as premiações pelas classificações em cada fase. E não são só os clubes que podem faturar alto com a Copa do Brasil. A competição também atrai os frequentadores das casas de apostas esportivas na internet. Para os fãs das apostas, a oportunidade de fazer um palpite numa competição tão emocionante é sensacional. E quando se leva em conta a chance de lucrar enquanto você torce e se diverte, apostar na Copa do Brasil se transforma em algo irresistível.

 

Copa do Brasil valoriza a emoção dos mata-matas

O regulamento da Copa do Brasil é uma resposta aos torcedores que ainda não aprovam o Brasileirão por pontos corridos. Quem tem saudades das grandes decisões em jogos de ida e volta pode fazer a festa no segundo principal torneio em âmbito nacional. No total, são oito fases, sendo que as última seis são em partidas de ida e volta. Nas duas primeiras, as vagas são decididas em confronto único, sendo que na primeira, o visitante conta com a vantagem do empate. Na segunda fase, a igualdade no tempo normal leva a decisão para os pênaltis.

A partir da terceira fase, com o início dos jogos de ida e volta, passa a vigorar o critério do saldo de gols para o desempate. Mas atenção: assim como no ano passado, o gol marcado fora de casa não tem peso maior. Ou seja: empate em 0x0 na ida e 1×1 na volta vai para os pênaltis, por exemplo. O formato deste ano preserva uma das características que explicam o salto de popularidade da Copa do Brasil nos últimos anos. Desde 2013, os times da Copa Libertadores também estão na briga pelo título, entrando a partir das oitavas de final. Um ajuste no calendário permitiu o retorno dessas equipes, garantindo que todas as grandes agremiações do país estejam no páreo.

 

Campeão será conhecido em setembro

A Copa do Brasil 2019 começou já nas primeiras semanas da temporada, com os primeiros jogos sendo disputados no dia 5 de fevereiro. A maratona se estende até o segundo semestre, com as duas partidas das finais marcadas para os dias 4 e 11 de setembro. Com os participantes das oitavas de final praticamente definidos, fica a expectativa pelo início dessa fase, na segunda quinzena de maio. As quartas serão em julho e as semis, no mês de agosto. As equipes que entram diretamente nas oitavas têm a chance de conquistar um título importante em apenas oito partidas, algo que costuma atrair bastante os clubes de ponta – incluindo os que priorizam a Libertadores.

 

Democrática, Copa do Brasil começou com 91 times

Apesar do caminho mais longo, tendo de disputar as primeiras fases, até clubes de menor porte podem faturar o título. É isso que fez a Copa do Brasil ser conhecida como o torneio mais democrático do futebol brasileiro. No total, 91 equipes iniciaram a competição, com 70 delas definidas de acordo com o desempenho nos campeonatos estaduais e outras dez de acordo com o ranking de clubes da CBF.

As outras onze vagas estavam reservadas aos clubes que entram diretamente nas oitavas. E eles não se limitam aos representantes do Brasil na Libertadores. Os campeões da Série B do Brasileirão, da Copa do Nordeste e da Copa Verde também conquistaram essa vantagem. A seguir, listamos em ordem alfabética as equipes que vão brigar a partir das oitavas de final, faltando a definição de apenas um time (Juventude e Vila Nova decidem a última vaga):

Athletico-PR
Entra como campeão da Copa Sul-Americana; nenhum título da Copa do Brasil.

Atlético-MG
Sexto colocado no Brasileirão 2018; campeão da Copa do Brasil em 2014.

Bahia
Avançou nas três primeiras fases da edição 2019; nenhum título da Copa do Brasil.

Corinthians
Avançou nas três primeiras fases da edição 2019; campeão em 1995, 2002 e 2009.

Cruzeiro
Atual campeão da Copa do Brasil; recordista, tem um total de seis títulos do torneio.

Flamengo
Vice-campeão do Brasileirão 2018; campeão da Copa do Brasil em 1990, 2006 e 2013.

Fluminense
Avançou nas três primeiras fases da edição 2019; campeão da Copa do Brasil em 2007.

Fortaleza
Entra como campeão da Série B do Brasileirão; nenhum título da Copa do Brasil.

Grêmio
Quarto colocado no Brasileirão 2018; campeão da Copa do Brasil em cinco ocasiões.

Internacional
Terceiro colocado no Brasileirão 2018; foi o campeão da Copa do Brasil em 1992.

Palmeiras

Campeão do Brasileirão 2019; campeão da Copa do Brasil em 1998, 2012 e 2015.

Paysandu
Entra como campeão da Copa Verde 2018; nenhum título da Copa do Brasil.

Santos
Avançou nas três primeiras fases da edição 2019; campeão da Copa do Brasil em 2010.

São Paulo
Quinto colocado do Brasileirão 2018; nenhum título conquistado na Copa do Brasil.

Sampaio Corrêa
Entra como campeão da Copa do Nordeste 2018; nenhum título da Copa do Brasil.

 

Cruzeiro superou Corinthians na final de 2018

Duas equipes iniciaram a edição 2018 da Copa do Brasil empatadas como as principais vencedoras da história da competição. O Grêmio, campeão em 2016, e o Cruzeiro, que ficou com a taça em 2017, somavam cinco conquistas cada. Clubes com perfil copeiro, ambos têm histórias muito ricas no torneio. No fim, quem ficou com o status de maior campeão da Copa do Brasil foi a Raposa, que faturou o bi consecutivo e o hexa no total. O Grêmio acabou ficando pelo caminho nas quartas de final, no mata-mata disputado com o Flamengo.

Os semifinalistas foram, de um lado da chave, Palmeiras e Cruzeiro, e de outro, Flamengo e Corinthians. No duelo entre Felipão e Mano Menezes, o técnico do Cruzeiro levou seu time à vitória no jogo de ida e garantiu a classificação com um empate na volta, em São Paulo. Já no mata-mata entre os dois clubes de maior torcida do país, o Corinthians jogou fechado para garantir o empate no Maracanã e depois venceu em casa. Na final, porém, o Timão não foi páreo para a Raposa, que ganhou os dois jogos: 1×0 na ida, 2×1 na volta, com a equipe celeste fazendo a festa em plena Arena Corinthians.

 

Quatro equipes despontam como favoritas

Como a Copa do Brasil tem sua reta final disputada simultaneamente ao Brasileirão e à Libertadores, o calendário pode ter forte influência na disputa. É possível que alguns times priorizem outras competições. Melhor para quem tem um plantel forte e variado, caso de dois dos principais candidatos ao título: Palmeiras e Flamengo. Os elencos mais ricos do Brasil são uma garantia de boas peças de reposição aos técnicos Luiz Felipe Scolari e Abel Braga. Além disso, o Verdão e o Mengão têm tradição na Copa do Brasil e vêm de boas campanhas nas últimas temporadas.

Os outros dois times que pintam como favoritos ao título são, é claro, os dois principais vencedores da história da Copa do Brasil. Só pelo retrospecto já seria possível incluir o Cruzeiro e o Grêmio como postulantes à conquista. Só que não é só isso que justifica a inclusão deles na lista dos bichos-papões deste ano. Tanto a Raposa como o Tricolor Imortal dos Pampas estão com times fortíssimos e têm treinadores muito experientes e vencedores (Mano Menezes e Renato Gaúcho, respectivamente). A campanha na Copa Libertadores pode influenciar no desempenho desses times na Copa do Brasil, mas é bem provável que eles sejam protagonistas importantes no torneio nacional.

Como já dissemos acima, uma equipe que entra na Copa do Brasil a partir das oitavas de final precisa de apenas oito jogos para ser campeã. E esse formato permite que um time menos regular e com elenco não tão equilibrado vá avançando e surpreenda os favoritos. Podemos colocar nessa lista três paulistas: Corinthians, São Paulo e Santos, todos com elenco de qualidade inferior ao Palmeiras, mas também competitivos. O Internacional e o Athletico-PR são as outras equipes que vêm com equipes fortes e têm chances reais de brigar pela taça.

 

Sites mais seguros para apostar na Copa do Brasil

Vários sites de apostas bastante conhecidos oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos da segunda principal competição do futebol brasileiro. Você deve ficar de olho em quais oferecem os odds mais lucrativos, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as melhores casas de apostas da internet que aceitam palpites de torcedores brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas por moradores do nosso país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário brasileiro para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções que são oferecidas aos novos usuários. Os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus (confira os termos e condições dessas ofertas).

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando na Copa do Brasil 2019

As apostas esportivas deverão ganhar muito espaço entre os torcedores brasileiros neste ano. Esse mercado cresce no mundo todo, mas a expansão do setor no país é notável. As apostas em futebol conquistam qualquer um – afinal, é difícil dispensar a chance de lucrar e se divertir enquanto você torce. Se os últimos anos servirem como referência, o número de apostadores nos jogos da Copa do Brasil e do Brasileirão deverá dar mais um salto nesta temporada, em que o futebol brasileiro dá sinais de que apresentará duelos muito interessante. Como já mostramos acima, o número de times de primeiro escalão que vão brigar pelo título da Copa do Brasil é o maior em muitos anos.

Tem muita gente de olho na chance de testar seus conhecimentos e faturar. Graças a esse interesse do público, as casas de apostas já oferecem a possibilidade de fazer palpites em todas as partidas da Copa do Brasil. Sim, você pode apostar em absolutamente qualquer jogo que escolher, mesmo aqueles que envolvem equipes menos badaladas, sem a mesma fama dos favoritos ao título. E de quebra, a Copa do Brasil pode servir como uma ótima chance para que os apostadores iniciantes aprendam como lucrar com os palpites em futebol.

Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Nessa última modalidade de jogo, você ganha caso qualquer um dos dois resultados que você escolheu se confirme. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… Então você já sabe: fique de olho no noticiário sobre os participantes da Copa do Brasil no Ganhador, acompanhe os odds, explore as diferentes possibilidades de lucro e invista com inteligência nessa emocionante competição.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar