Brasileirão Série A

Apostas no São Paulo em 2019: como fazer seu palpite no Tricolor neste Brasileirão

Jogadores do São Paulo
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo é uma das grandes incógnitas do Brasileirão 2019. Quem levar em conta o péssimo início de ano da equipe pode achar que o Tricolor vai sofrer para continuar na Série A. Por outro lado, quando se considera a chegada do técnico Cuca, a ascensão das novas revelações do clube e a contratação de reforços importantes, é possível até incluir a agremiação do Morumbi entre as equipes que podem sonhar com o título. No papel, o São Paulo tem time para lutar no topo da tabela, além de tradição, ótima estrutura e uma enorme torcida. Resta saber se o retrospecto recente, cheio de altos e baixos, vai pesar negativamente na campanha são-paulina no Campeonato Brasileiro.

As decepções sofridas nas últimas temporadas contribuem de forma muito clara para o cenário complicado em que se vê o São Paulo em 2019. A cobrança da torcida, que espera pela volta à época das grandes conquistas, aumenta a pressão sobre os jogadores, que nem sempre conseguem corresponder. Com Cuca no comando, essa situação tende a melhorar, abrindo as portas para que os jovens valores do Morumbi mostrem todo o seu talento. A chegada de Pato e Tchê Tchê e a recuperação de Hernanes, que ainda busca sua melhor condição física, podem provocar um salto de qualidade. Com isso, o São Paulo pode vir a ser uma belíssima opção para quem procura lucros investindo nas casas de apostas esportivas durante o Brasileirão 2019.

 

Tricolor busca seu sétimo título nacional

É fácil entender a frustração dos são-paulinos com o jejum de títulos do Tricolor. Afinal, o São Paulo é sem dúvida um dos clubes mais vitoriosos do futebol brasileiro. É o único com três títulos mundiais, façanha que ainda está muito viva na memória do torcedor. Nos últimos anos, o São Paulo foi alcançado por Santos e Grêmio em número de títulos da Copa Libertadores, mas o Tricolor foi o primeiro a atingir o tri. Da mesma forma, o clube do Morumbi foi o primeiro a chegar ao hexacampeonato do Brasileirão, graças ao tri em sequência conquistado sob o comando de Muricy Ramalho no final da década passada.

O último troféu importante conquistado pela equipe foi o da Copa Sul-Americana de 2012. O São Paulo já enfrentou outros períodos sem títulos, como nos anos em que se dedicou a erguer o gigante Morumbi. A diferença é que, no momento, não há nenhum obstáculo significativo a uma nova conquista da agremiação tricolor – que atrai excelente presença de público, tem receitas elevadas, revela muitos bons jogadores e tem estrutura invejável. Falta uma conquista para fazer o time deslanchar – como, por exemplo, o Paulista de 2005, que iniciou uma sequência muito vitoriosa. Aquela equipe, por sinal, começou a ser montada justamente pelo técnico Cuca.

 

São Paulo surpreendeu no Brasileirão 2018

O resultado final acabou sendo até decepcionante, com a perda da vaga direta na fase de grupos da Libertadores nas últimas rodadas do campeonato. Quando levamos em conta o contexto do São Paulo em 2018, porém, dá para afirmar que o Tricolor fez ótimo papel no Brasileirão do ano passado. A equipe vinha de um início de ano muito atribulado e custou a se encontrar. Mas a chegada do técnico Diego Aguirre animou o elenco, que respondeu bem e engatou uma sequência de grandes resultados. Para surpresa geral, o São Paulo disparava rumo à liderança do Brasileirão.

O Tricolor assumiu a ponta na 17a rodada, superando o Flamengo, e ficou na liderança por um total de oito rodadas. Na reta final, porém, o desempenho da equipe caiu bastante e o Tricolor acabou sendo superado por Palmeiras, Flamengo, Internacional e Grêmio. O mau momento custou o emprego de Aguirre e André Jardine assumiu o time, sem conseguir reverter a situação. Ao ficar em quinto lugar, o São Paulo acabou tendo de se contentar com uma vaga na fase preliminar da Libertadores. Ainda assim, foi uma campanha digna, ainda mais quando lembramos que muita gente apostava até no rebaixamento do time.

 

Um Paulistão com vice e evolução

O início do São Paulo no Paulistão 2019 foi muito ruim, a ponto de sua torcida temer uma eliminação precoce na fase de grupos. Entre os quatro grandes, o Tricolor foi o time que menos pontuou, inclusive terminando a primeira fase em segundo lugar, atrás do Ituano. Com o coordenador técnico Vágner Mancini assumindo o comando do time após a queda de Jardine, o São Paulo foi evoluindo. Eliminou o próprio Ituano nas quartas de final, com duas vitórias, e despachou o rico Palmeiras nas semis, depois de dois empates sem gols e um triunfo nos pênaltis.

Finalista do estadual depois de uma longa ausência, o São Paulo chegou animado para decidir com o Corinthians, mas acabou amargando desfalques importantes. Os reforços mais badalados para o Paulistão, Pablo e Hernanes, estavam com problemas físicos, e os novos contratados, como Pato e Tchê Tchê, não estavam inscritos. Com um time jovem e improvisado, o São Paulo fez dois jogos equilibrados com o rival. O primeiro, no Morumbi, foi marcado pela superioridade são-paulina, mas acabou sem gols. No segundo, na Arena de Itaquera, o Corinthians venceu com um gol no finzinho, 2×1. Ainda assim, ficou uma impressão positiva: o São Paulo que terminou o Paulistão já era bem melhor do que o time que iniciou o campeonato.

 

Elenco são-paulino pode resultar em ótimo time

O Tricolor do Morumbi está em construção. É impossível avaliar a qualidade da equipe, já que ela jamais teve chance de entrar em campo antes do começo do Brasileirão. Quando todas as peças estiverem à disposição, entretanto, o São Paulo poderá escalar um belo time, capaz de medir forças até mesmo com os favoritos Palmeiras, Flamengo e Cruzeiro. Basta dizer que o Tricolor poderá contar com jogadores como Hernanes, Pablo, Alexandre Pato e Tchê Tchê, todos com competência comprovada em Campeonatos Brasileiros.

Mas a chave para o sucesso do São Paulo no Brasileirão talvez esteja na base. Os meninos de Cotia, como Antony, Luan, Liziero e Igor Gomes, prometem dar boas opções ao técnico Cuca. Por sinal, foi justamente com a entrada desses jovens no time que o Tricolor passou a melhorar no Paulistão. A zaga formada por Arboleda e Bruno Alves é sólida, e o ataque tem opções de velocidade como Éverton, Helinho e Brenner. Até mesmo no gol, posição problemática nos últimos anos, o Tricolor parece ter se resolvido: apesar de não ser brilhante, Tiago Volpi é mais seguro que seus antecessores.

 

Cuca quer título que escapou na década passada

Em sua primeira passagem pelo Morumbi, em 2004, o técnico Cuca deixou boa impressão, mas não conseguiu atingir sua principal meta objetivo: conquistar o primeiro título de sua carreira como treinador. O São Paulo deu a Cuca sua primeira grande oportunidade nessa nova função. Nas temporadas seguintes, ele conseguiu ser campeão estadual no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, levou o Atlético-MG ao título da Libertadores e conquistou seu primeiro Brasileirão (em 2016, pelo Palmeiras). De volta ao futebol depois de se afastar para um tratamento de saúde, Cuca tem a chance de escrever seu nome na história do São Paulo caso consiga reconduzir o Tricolor ao caminho das conquistas.

 

Copa do Brasil é a outra chance de título

O São Paulo começou o ano sonhando com o tetracampeonato da Copa Libertadores, mas esse objetivo teve vida curtíssima. Ainda sob o comando do inseguro André Jardine, o Tricolor acabou sofrendo uma eliminação precoce logo em seu primeiro mata-mata, contra o fraco Talleres, da Argentina. A eliminação acabou provocando não apenas a queda de Jardine mas também uma mudança no perfil do elenco. A diretoria decidiu priorizar os atletas mais jovens e abriu as portas para a saída de medalhões, como Diego Souza.

O Tricolor terá mais uma chance de conquistar um título nos mata-matas em 2019. A equipe vai entrar nas oitavas de final da Copa do Brasil (não participou das primeiras fases porque era um dos representantes brasileiros na Libertadores). Com apenas oito jogos separando a equipe de uma conquista, a Copa do Brasil acaba representando uma melhor chance de título do que o Brasileirão por pontos corridos, que exige maior regularidade e um elenco mais numeroso. O fato de o São Paulo jamais ter vencido a competição deve aumentar ainda mais o interesse pela Copa do Brasil no Morumbi.

 

Qual é a cotação do Tricolor para o torneio?

Os odds do São Paulo para o Brasileirão vão depender do sucesso de Cuca na montagem da equipe durante as primeiras rodadas. O Tricolor deverá entrar como favorito em vários de seus compromissos, até pelo peso da camisa e pela qualidade de alguns de seus atletas – mas vai demorar algum tempo para saber até onde o clube do Morumbi pode chegar na Série A deste ano. Nas apostas de longo prazo sobre a conquista do título, o São Paulo inicia o campeonato cotado em R$ 15,00 a cada R$ 1,00 aplicado, mesmo valor pago por um eventual título do Santos.

 

O que é possível esperar do São Paulo no Brasileirão?

A expectativa geral é de que o Tricolor faça um bom papel no Campeonato Brasileiro, por ter dado claros sinais de evolução nas semanas que antecederam o início da competição. A grande incógnita é saber se isso inclui a possibilidade de brigar pelo título ou apenas a disputa por uma vaga na Libertadores. Seja como for, o São Paulo tem time para passar o campeonato todo na parte de cima da tabela, sem assustar a torcida ao se aproximar da zona de rebaixamento, com em algumas das edições passadas. Um objetivo bastante razoável para a equipe seria melhorar a colocação de 2018 – ou seja, ficar entre os quatro primeiros.

 

Melhores sites para apostar no Tricolor

Diversos sites de apostas oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos do São Paulo, seja pelo Brasileirão ou pela Copa do Brasil. Você deve ficar de olho em quais oferecem os melhores odds, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as principais casas de apostas que aceitam palpites de brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas no país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções oferecidas aos novos usuários: os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando no São Paulo

Como você já deve ter notado, as apostas esportivas são uma febre mundial. A chance de lucrar enquanto você torce e se diverte conquistou multidões de torcedores em dezenas de países. E no Brasil não é diferente: é cada vez maior o número de fãs de futebol que aproveitam para colocar suas fichas em seus times favoritos. Os jogos do Brasileirão são uma excelente oportunidade para quem gosta de testar seus conhecimentos nas casas de apostas. Você pode fazer seu palpite em absolutamente todas as partidas da Série A.

Quem ainda está começando a explorar o mundo das apostas pode usar o Brasileirão para descobrir como lucrar com os palpites em futebol. Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… As melhores casas de apostas do mercado também vão oferecer a possibilidade de fazer um palpite de longo prazo em quem vai ser o campeão brasileiro em 2019. Será que o gigante São Paulo vai renascer neste Brasileirão?

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar