Brasileirão Série A

Apostas no Fortaleza em 2019: como fazer seu palpite no Tricolor neste Brasileirão

Jogadores do Fortaleza
Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

O Fortaleza chega animado para o Brasileirão 2019. Campeão da Série B em 2018 e do Campeonato Cearense neste início de temporada, o Tricolor é um clube em ascensão. E isso tem muito a ver com a chegada do grande ídolo de outro Tricolor: Rogério Ceni, ex-goleiro do São Paulo e atual treinador do Fortaleza. Desde que assumiu o comando do Leão, Ceni ajeitou o time, aumentou sua competitividade e colocou o Tricolor do Pici em outro patamar. Justamente por isso, o goleiro-artilheiro transformado em técnico acaba sendo o principal destaque do Fortaleza para a Série A deste ano.

Rogério Ceni conhece como ninguém o Campeonato Brasileiro da primeira divisão. Ele é tricampeão da competição pelo São Paulo (2006, 2007 e 2008) e o atleta que mais atuou pela competição, com 577 partidas disputadas. Ninguém melhor que ele para reconduzir o Fortaleza à elite do futebol nacional. Depois do título da Série B, a preocupação passou a ser a permanência na Série A. Por isso, o Fortaleza procurou se estruturar para fazer bom papel no Brasileirão 2019. O Leão não tem orçamento nem estrutura para superar times de primeiro escalão, mas promete fazer uma campanha competente – o que faz do time de Rogério Ceni uma possível zebra nas casas de apostas esportivas no Brasileirão.

 

Leão já foi duas vezes vice-campeão nacional

Ao retornar à elite do Brasileirão, o Fortaleza retoma uma tradição que data dos anos 1960. O clube estava acostumado a fazer bonito nas disputas com os grandes dos demais Estados. Tanto que em duas ocasiões (1960 e 1968) foi vice-campeão nacional, chegando à decisão da Taça Brasil. Desde que a CBF reconheceu esse torneio como equivalente ao campeonato brasileiro, o Tricolor pode se gabar de ter sido duas vezes vice-campeão do Brasil. Na edição de 1960, o Fortaleza acabou perdendo o título para o forte Palmeiras. Em 1968, o algoz na decisão foi o igualmente poderoso Botafogo.

A primeira conquista em âmbito nacional aconteceu só no ano passado, com o título da Série B. O Fortaleza dominou o campeonato de ponta a ponta, sem dar chances aos rivais. É o maior título da história do clube, que está em plena comemoração de seu centenário. A busca pelo título da Segundona vinha de longa data: o Fortaleza já tinha batido na trave em duas ocasiões, 2002 e 2004. A equipe também foi vice-campeã da Série C do Brasileiro em 2017. A galeria de troféus do Tricolor conta ainda com um Torneio Norte-Nordeste e 42 títulos do Campeonato Cearense, disputando com o arquirrival Ceará o status de maior clube do Estado. Ambos estarão na Série A neste ano.

 

Tricolor vem de campanha arrasadora na Série B

O progresso do Fortaleza no Campeonato Brasileiro tem sido espetacular. Em 2017, foi o vice-campeão da Série C, consagrando um difícil processo de reconstrução após um longo período de crise. Quem achava que o Tricolor disputaria a Série B apenas para se manter na Segundona foi pego de surpresa. Já sob o comando de Rogério Ceni, o Leão atropelou seus concorrentes, assumiu a liderança ainda no início da competição e não saiu do topo até o fim do campeonato.

Foi a primeira conquista de um time do Nordeste no Brasileirão da Série B desde que o sistema por pontos corridos foi adotado. Foi também o primeiro título oficial de Rogério Ceni como técnico – ainda no São Paulo, ele havia faturado a Florida Cup, mas aquele era um torneio amistoso. O Tricolor de Aço terminou a competição com 21 vitórias, oito empates e nove derrotas, somando 71 pontos – nove a mais que o vice, o CSA. Também teve o melhor ataque do campeonato, com 54 gols marcados, e o terceiro maior artilheiro, Gustagol, com 14 tentos anotados.

 

Fortaleza começou a temporada sendo campeão

Depois de deixar escapar o título estadual para o Ceará em sua primeira competição como técnico do Fortaleza, em 2018, Rogério Ceni impediu o tricampeonato do Vozão. O título do Campeonato Cearense de 2019 foi sua segunda conquista à frente da equipe e marcou mais uma página importante na história do clube. Sem precisar forçar o ritmo, o Leão foi o segundo colocado da fase classificatória. Nas semifinais, despachou o Guarany de Sobral com duas vitórias. O Fortaleza chegava a mais uma decisão contra o Ceará.

O arquirrival era o atual bicampeão e sonhava com um tri histórico. Mas o Fortaleza não tomou conhecimento do Vozão. Foram duas vitórias nas finais no Castelão: 2×0 no jogo de ida, 1×0 na volta. Edinho e Roger Carvalho foram os heróis da conquista, marcando os gols dos triunfos sobre o maior adversário do clube. Um título que confirma o ótimo momento do Tricolor e que dá mais confiança à equipe às vésperas da estreia na Série A nacional – em que, aliás, o Fortaleza voltará a medir forças com o Ceará.

 

Leão perdeu artilheiro, mas trouxe bons valores

Rogério Ceni logo percebeu a diferença entre estar em um clube rico e defender uma agremiação que luta para se manter. Ao contrário dos tempos de São Paulo, quando mais gente chegava do que saía no elenco, Ceni sofreu com as perdas dos atletas que mais se destacavam no Fortaleza. O constante trabalho para repor as saídas foi um dos desafios do ex-goleiro no cargo. Em relação a 2018, por exemplo, o Fortaleza teve de se despedir de seu grande artilheiro, Gustagol, que retornou ao Corinthians.

Mas o Leão vai começar a Série A com outro goleador no comando do ataque: Kieza, que estava no Botafogo, fechou com o Fortaleza a poucos dias da estreia no Brasileirão. Ele se junta a Wellington Paulista como as referências do ataque tricolor. Para dar velocidade ao setor ofensivo, o Leão foi buscar Osvaldo, que chegou a ser companheiro de time de Ceni nos tempos de São Paulo. Para a zaga, chegou o colombiano Quintero, do Deportivo Cali. Ceni também indicou o coringa Araruna, que pode jogar como volante ou lateral. Araruna é cria da base do São Paulo e teve suas primeiras chances justamente com Ceni.

 

Rogério Ceni já é assediado pelos grandes

A passagem vitoriosa pelo Fortaleza até aqui já transforma o técnico Rogério Ceni em alvo do interesse de grandes clubes do país. Pouco antes do início do Brasileirão, o Atlético-MG tentou tirá-lo do Fortaleza, acenando com um contrato de longa duração e a chance de ter um elenco mais qualificado para trabalhar. Mas Rogério decidiu ficar, sabendo da grande importância de terminar o trabalho iniciado na temporada 2018. Consagrado como um revolucionário da posição de goleiro, ele já se garantiu na história do futebol como atleta. Aos 46 anos, Rogério vai pavimentando uma trajetória de sucesso também como técnico, com um perfil muito interessante. As equipes de Ceni jogam no ataque e praticam um futebol bastante dinâmico e com boas variações táticas.

 

Fortaleza disputa outras duas competições em 2019

Além da Série A do Brasileirão, o Leão participa de mais duas competições importantes no restante da temporada 2019. A primeira é a Copa do Nordeste, que representa a chance concreta de mais um título no ano. Líder de seu grupo na fase classificatória, o Fortaleza já despachou o Vitória nas quartas de final, goleando por 4×0, e vai disputar a semifinal com o Santa Cruz, em jogos de ida e volta, com o Brasileirão já em andamento. O vencedor do confronto pega o ganhador da semi entre Botafogo-PB e Náutico na decisão.

Se a Copa do Nordeste significa a possibilidade de uma conquista inédita para o Tricolor de Aço, a Copa do Brasil é vista mais como uma oportunidade de faturar. Sendo realista, o Leão sabe que dificilmente terá fôlego para chegar às fases decisivas da competição, ainda mais tendo de disputar o Brasileirão e a reta final da Copa do Nordeste simultaneamente. Mas nada impede que o Fortaleza avance uma ou duas fases e aproveite os excelentes prêmios em dinheiro oferecidos pela organização da Copa do Brasil. A equipe entra na briga só a partir das oitavas de final, por ser a atual campeã da Série B.

 

Qual é a cotação do Fortaleza para o Brasileirão?

Ausente da Série A desde 2006, o Leão chega para surpreender na elite. Os odds do Fortaleza para o Brasileirão deverão refletir o bom momento do clube, mas vale lembrar que o retrospecto também pesa no cálculo das cotações de cada equipe – e, por estar fora da Série A por muito tempo, o Tricolor deve entrar como zebra em diversos confrontos. Boa oportunidade para lucrar apostando nesse promissor azarão. Falar em título já é outra história – tanto que a cotação da equipe nas apostas de longo prazo sobre quem será campeão é uma das piores deste início de campeonato: R$ 201,00 a cada R$ 1,00 investido, colocando o Fortaleza à frente apenas de Avaí, CSA e Goiás.

 

O que é possível esperar do Fortaleza no Brasileirão

A diretoria, a comissão técnica e a torcida esperam apenas uma coisa da campanha do Leão na elite: permanecer na Série A para 2020. Dito isso, é preciso destacar que o Fortaleza dá sinais de que pode sonhar um pouco mais alto. Um cenário que deixaria a torcida ainda mais satisfeita: terminar a competição à frente do arquirrival Ceará e se colocar na zona de classificação à Copa Sul-Americana. Não é uma tarefa simples, já que o campeonato é longo e o Fortaleza terá de lidar com as limitações de seu elenco e com as possíveis saídas de atletas ao longo do ano. Ainda assim, não se trata de uma projeção exageradamente otimista.

 

Melhores sites para apostar no Tricolor

Diversos sites de apostas oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos do Fortaleza, seja pelo Brasileirão, pela Copa do Brasil ou pela Copa do Nordeste. Você deve ficar de olho em quais oferecem os melhores odds, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as principais casas de apostas que aceitam palpites de brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas no país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções oferecidas aos novos usuários: os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando no Fortaleza

Como você já deve ter notado, as apostas esportivas são uma febre mundial. A chance de lucrar enquanto você torce e se diverte conquistou multidões de torcedores em dezenas de países. E no Brasil não é diferente: é cada vez maior o número de fãs de futebol que aproveitam para colocar suas fichas em seus times favoritos. Os jogos do Brasileirão são uma excelente oportunidade para quem gosta de testar seus conhecimentos nas casas de apostas. Você pode fazer seu palpite em absolutamente todas as partidas da Série A.

Quem ainda está começando a explorar o mundo das apostas pode usar o Brasileirão para descobrir como lucrar com os palpites em futebol. Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… As melhores casas de apostas do mercado também vão oferecer a possibilidade de fazer um palpite de longo prazo em quem vai ser o campeão brasileiro em 2019. Será que o Fortaleza vai aprontar diante dos grandes neste ano?

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar