Apostas na Copa Libertadores 2019: os favoritos ao título e dicas para fazer seus palpites

A Copa Libertadores é o principal objetivo dos clubes mais fortes do Brasil na temporada 2019. Os Estaduais se destacam pelas rivalidades, o Brasileirão é valorizado pelo seu grau de dificuldade e a Copa do Brasil oferece uma ótima premiação em dinheiro, mas nada se compara ao prestígio da conquista de um título continental. O fato de nenhuma equipe brasileira ter chegado à final em 2018 é uma motivação a mais para os representantes do país na competição, que deve render um total de US$ 20 milhões ao campeão em 2019.

Além de proporcionar confrontos emocionantes entre as melhores equipes da América do Sul, a Libertadores é uma excelente escolha para os adeptos das apostas esportivas. Fãs dos palpites nas casas de apostas da internet terão inúmeras possibilidades para lucrar. Os brasileiros entram com força na edição deste ano, com vários candidatos ao título (que veio para o Brasil pela última vez em 2017, com o Grêmio). E a Libertadores 2019 terá uma grande novidade: a realização da final em jogo único. A seguir, o regulamento do torneio, os favoritos ao título e dicas para quem pretende lucrar com as apostas no certame.

Regulamento da Copa Libertadores 2019

O formato de disputa da Libertadores em 2019 é praticamente o mesmo do ano passado. A principal diferença é mesmo a decisão em partida única. Será a primeira vez que isso vai acontecer na história do torneio. Ao invés da final em jogos de ida e volta, o título vai ser decidido em apenas um confronto, marcado para o Estádio Nacional, em Santiago (Chile). O caminho até a decisão, no entanto, é bastante duro – e mais ainda para quem teve de disputar as fases preliminares da competição.

As três primeiras rodadas de mata-mata, disputadas entre as equipes que não receberam acesso direto à fase de grupos, classificaram quatro equipes. Com isso, foram formados os oito grupos, com quatro equipes em cada. As duas melhores equipes de cada chave vão às oitavas de final, enquanto os terceiros colocados ganham vaga na Copa Sul-Americana. Os cruzamentos dos mata-matas são definidos por sorteio. Quem tiver melhor campanha na fase de grupos decide em casa, e o gol qualificado fora de casa está valendo para oitavas, quartas e semis, todas em ida e volta. Só haverá prorrogação em caso de empate na final.

Calendário da competição nesta temporada

Um sorteio realizado em 17 de dezembro de 2018, na sede da Conmebol, no Paraguai, foi o primeiro evento oficial da Libertadores 2019. Nele foram definidas as partidas das três primeiras fases eliminatórias, disputadas entre a última semana de janeiro e o fim do mês de fevereiro. A fase de grupos se estende de 5 de março até 9 de maio. Logo em seguida, um novo sorteio define os cruzamentos das oitavas e todo o caminho até a final. A fase de mata-matas só começa depois da Copa América 2019, que será disputada no Brasil.

A agenda das fases eliminatórias da Libertadores 2019 é a seguinte: as oitavas de final vão de 23 de julho a 1o de agosto; as quartas, de 20 a 29 de agosto; e as semis, de 1o a 23 de outubro. A grande decisão acontece só um mês depois, no dia 23 de novembro de 2019, um sábado, em Santiago. A Conmebol se inspirou na Uefa, que em 2010 transferiu a final da Champions League do meio de semana para o sábado. Os finalistas terão disputado ao menos doze jogos para chegar à decisão. Caso uma equipe tenha saído da primeira fase preliminar para alcançar a final, o caminho terá sido bem mais longo: dezoito jogos.

O Brasil na Copa Libertadores 2019

Oito equipes brasileiras conquistaram vagas na Libertadores deste ano, mas apenas sete vão disputar a fase de grupos: o tricampeão São Paulo foi eliminado logo de cara, diante do Talleres da Argentina, ainda na segunda fase preliminar. Sobraram os seguintes times:

Palmeiras
Um elenco numeroso e qualificado, um técnico com ampla experiência na competição e motivação de sobra para enfim conquistar o bi. O Verdão chega com tudo para disputar a Libertadores 2019 como protagonista. Dono de dois títulos (Grêmio em 1995 e Palmeiras em 1999), Luiz Felipe Scolari pode se consagrar como um dos maiores nomes do Brasil na história do torneio caso volte a ser campeão. Atual campeão brasileiro, o Palmeiras é sem dúvida dos times mais fortes do certame.

Flamengo
Vice-campeão brasileiro em 2018, o Fla é o único clube brasileiro capaz de disputar com o Palmeiras no quesito investimento no futebol. O elenco estrelado, com Diego, Arrascaeta, Gabigol, Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Vitinho, dá ao técnico Abel Braga (campeão da Libertadores em 2006, pelo Inter) uma ampla gama de opções. A cobrança por um título continental é enorme e a espera pelo bi da Libertadores já dura quase quatro décadas. A agremiação de maior torcida do país vai entrar com tudo na disputa.

Grêmio
Campeão da Libertadores em 2017 e semifinalista no ano passado, o Grêmio de Renato Gaúcho deve ser temido por qualquer oponente na América do Sul toda. O elenco perdeu algumas peças importantes e Luan, herói do tri duas temporadas atrás, ainda não voltou a mostrar seu melhor futebol, mas ainda assim o Tricolor gaúcho é candidato. A chegada de Diego Tardelli deve dar ainda mais qualidade e competitividade ao time de Renato, que conquistou a vaga por ter sido o quarto colocado no Brasileirão.

Cruzeiro
Campeão da Copa do Brasil, o sempre competitivo Cruzeiro de Mano Menezes perdeu o uruguaio Arrascaeta para o Flamengo, mas trouxe Rodriguinho e manteve nomes de peso como Dedé, Fred, Thiago Neves e Fábio, todos com ampla experiência em Libertadores. O técnico gaúcho, que levou o Grêmio à final em 2007, ainda persegue seu primeiro título continental, enquanto a Raposa busca o terceiro troféu da Libertadores de sua história, o que faria o clube se igualar a São Paulo, Santos e Grêmio.

Internacional
Outro clube que busca o tri da Libertadores, o Inter do técnico Odair Hellmann chegou à competição graças à bela campanha no Brasileirão, em que ficou em terceiro lugar logo na primeira temporada após o retorno à elite. O elenco tem diversos atletas com enorme rodagem pelo futebol sul-americano, como o peruano Paolo Guerrero, o argentino Andrés D’Alessandro, o uruguaio Nico López e o colombiano Santiago Tréllez. Rodrigo Dourado, Danilo Fernandes e Rafael Sóbis, que participou das conquistas de 2006 e 2010, são outros destaques do elenco, que mistura experiência e juventude e tem tudo para fazer bom papel na competição.

Atlético-MG
Enquanto o São Paulo ficou pelo caminho, o Galo do técnico Levir Culpi passou com muita autoridade pelas fases preliminares, eliminando Danubio e Defensor, ambos do Uruguai. O elenco é muito experiente, com atletas bastante acostumados a disputar a Libertadores: Victor, Réver, Fábio Santos, Elias, Luan e Ricardo Oliveira. A força da torcida no Horto é a outra arma do Atlético, que chegou à Libertadores graças ao sexto lugar no Campeonato Brasileiro do ano passado.

Athletico-PR
Campeão da Copa Sul-Americana, o último representante do Brasil na Libertadores estreia seu novo uniforme, seu novo escudo e seu novo nome na competição. Catorze anos após a histórica campanha de 2005 (vice-campeonato, perdendo a decisão para o São Paulo), o Furacão do técnico Tiago Nunes vendeu o artilheiro Pablo, mas trouxe do Rosario Central o experiente argentino Marco Ruben, além de ter mantido o veterano Lucho González. A pedreira para o Athletico começa logo na fase de grupos, em que vai pegar o Boca.

 

Principais adversários dos brasileiros

As maiores ameaças a um possível título do Brasil na Libertadores vêm, mais uma vez, da Argentina. Eternos candidatos ao título, o River Plate (que está no grupo do Inter) e o Boca Juniors (na chave do Furacão) são os oponentes mais temidos pelos brasileiros. O Rosario Central (do técnico Patón Bauza), o San Lorenzo, o Huracán e o Godoy Cruz são os outros times argentinos que merecem respeito. Entre os demais classificados à fase de grupos, as equipes mais tradicionais são os tricampeões Peñarol, Nacional e Olimpia. Outros times que devem ser vistos com atenção são Universidad Católica (Chile), Junior Barranquilla (Colômbia) e LDU (Equador).

 

River Plate defende o título de 2018

O atual campeão da Libertadores é o River Plate, que conquistou pela quarta vez o título na tumultuada e épica final com o Boca Juniors. Por causa da confusão na chegada do Boca ao Monumental de Núñez no jogo de volta da decisão, a partida decisiva da edição 2018 acabou sendo transferida ao Estádio Santiago Bernabéu, em Madri. Foi a primeira vez que a Libertadores foi decidida fora do território sul-americano. Os melhores times do país na competição foram os semifinalistas Grêmio e Palmeiras. Os gaúchos caíram diante do próprio River, enquanto os paulistas deixaram escapar a vaga na final para o Boca.

 

Favoritos ao título da Libertadores 2019

Não é exagero dizer que o Brasil é o país com maiores chances de vencer a Libertadores em 2019. Trata-se de uma constatação muito simples: nenhuma outra nação tem tantos times com elenco, tradição e torcida dignos de um autêntico candidato ao título. Quando se leva em conta esse conjunto de fatores, quatro equipes despontam como as principais favoritas, sendo duas brasileiras: Palmeiras, Flamengo, River Plate e Boca Juniors. Em um segundo pelotão podem ser colocados Grêmio, Cruzeiro, Internacional e Atlético-MG, um grupo que vai dar trabalho a qualquer adversário. Os estrangeiros que correm por fora são San Lorenzo, Rosario Central e Huracán.

 

Onde fazer seu palpite com segurança

Os jogos da Copa Libertadores 2019 oferecem diversas oportunidades de lucro para os fãs das apostas esportivas. Mas antes de escolher seus favoritos e preparar os seus palpites, é preciso escolher o site certo para receber seu investimento. Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as melhores casas de apostas para brasileiros e indica quais são os sites mais recomendados para você. Nossa relação inclui apenas as casas de apostas online que permitem movimentações em reais, têm versões em português e serviço de atendimento ao cliente em nosso idioma.

O fator mais importante, porém, é o seguinte: todas as casas de apostas da nossa lista têm excelente reputação no mercado, fruto de muitos anos de atuação nesse segmento. O mundo das apostas esportivas cresce a cada dia, e às vezes você pode ficar em dúvida em relação à honestidade das empresas recém-chegadas ao mercado. Os sites avaliados pelo Ganhador são de confiança, com sólida atuação em diversos países, e oferecem ótimo serviço aos apostadores. Cabe a você comparar os pontos fortes de cada um, descobrir qual atende às suas necessidades e começar a faturar.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Como apostar na Copa Libertadores 2019

A Libertadores é um dos melhores torneios para quem está interessado em lucrar com as apostas no futebol. Graças à importância e popularidade da competição, você pode fazer seu palpite em todos os jogos do certame. Ou seja: é possível selecionar as cotações mais atraentes e buscar os retornos mais vantajosos. Além de fazer seu palpite no ganhador de cada partida, você pode investir em outras modalidades de apostas, como hipótese dupla, handicap, placar exato e várias outras.

Se você já tem seu favorito para conquistar a taça, já pode preparar um palpite de longo prazo no campeão da Libertadores 2019. Seja qual for sua preferência de aposta, fique de olho no noticiário das equipes no Ganhador para não perder nenhum detalhe do dia-a-dia dos candidatos ao título. Também vale a pena conferir os prognósticos dos especialistas para aumentar seu índice de acerto. A Libertadores vai mexer com as maiores torcidas da América do Sul em 2019. Aproveite para faturar enquanto se diverte com esse torneio de fortes emoções e muita rivalidade.

 

Voltar