Brasileirão Série A

Apostas no Bahia em 2019: como fazer seu palpite no Tricolor neste Brasileirão

Jogadores do Bahia
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Bahia tem dois objetivos claros no Brasileirão 2019: permanecer na Série A e melhorar a colocação obtida na temporada passada. Em 2018, o Tricolor da Boa Terra terminou o Campeonato Brasileiro em 11o lugar, melhor desempenho do clube desde o início da era dos pontos corridos. Será a terceira temporada consecutiva em que o Bahia disputa o Brasileirão na elite. Por mais que o clube não tenha o mesmo poderio financeiro que boa parte de seus concorrentes, principalmente os de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, o Bahia quer se consolidar na Série A neste ano.

O abismo financeiro em relação aos favoritos ao título preocupa, mas vale lembrar que o Bahia já foi campeão brasileiro. Por isso, a diretoria quer pelo menos firmar o clube como um dos integrantes da elite do futebol nacional, fazendo jus ao histórico da agremiação. O elenco conta com alguns jogadores de muito bom nível, como os artilheiros Gilberto e Fernandão, e o comando técnico está em ótimas mãos, com o competente e ainda jovem Roger Machado. Com tudo isso, é bom ficar de olho no Bahia no Brasileirão: ainda que o Tricolor não seja favorito, a equipe pode proporcionar bons lucros nas casas de apostas esportivas durante a Série A.

 

Tricolor já conquistou dois títulos brasileiros

A decisão da CBF de reconhecer o Robertão e a Taça Brasil como títulos equivalentes ao do Brasileirão deixou o Bahia em uma posição privilegiada na história do futebol nacional. Isso porque o clube acabou sendo oficializado como o primeiro campeão brasileiro, já que o título da Taça Brasil de 1959, conquistado sobre o poderoso Santos de Pelé, passou a ter um peso ainda maior. O troféu foi obtido com uma espetacular vitória sobre os santistas em pleno Maracanã: 3×1, com gols de Vicente, Léo e Alencar.

Aquele triunfo ainda garantiu o Bahia como representante do Brasil na primeira edição da Copa Libertadores, realizada em 1960. O Tricolor Baiano voltaria a fazer história 29 anos depois, ao conquistar o bicampeonato brasileiro. Na edição de 1988, o Bahia se classificou às quartas de final com uma campanha bastante regular e eliminou Sport e Fluminense nos mata-matas. Na final, contra o Internacional, vitória por 2×1 na Fonte Nova e empate sem gols no Beira-Rio. Além do bi brasileiro, o Bahia soma três títulos da Copa do Nordeste e 48 troféus do campeonato estadual.

 

Em 2018, a melhor campanha nos pontos corridos

O Bahia de 2018 não chegou a ser brilhante, mas foi muito competitivo. Era a segunda participação consecutiva na Série A depois do acesso em 2016, e a equipe sabia que não poderia vacilar na luta pela permanência na elite. O técnico Enderson Moreira fez um bom trabalho e garantiu a manutenção na primeira divisão. Ao terminar o campeonato em 11o lugar, o Bahia assegurou sua melhor posição desde o início da era dos pontos corridos (foi a oitava campanha do clube nesse formato de disputa).

Curiosamente, a pontuação foi um pouco inferior à do ano anterior, quando o Bahia somou 50 pontos – sua melhor marca até hoje – mas acabou em 12o lugar. A campanha de 2018 incluiu doze vitórias, doze empates e catorze derrotas, totalizando 48 pontos. O Tricolor marcou 39 gols e sofreu 41. Os números foram suficientes para que o Bahia ficasse à frente de equipes com orçamentos superiores, como Fluminense (12o), Corinthians (13o) e Vasco da Gama (16o). Além de comemorar a permanência na elite, a torcida tricolor ainda festejou o rebaixamento do arquirrival Vitória, penúltimo colocado na classificação final do Brasileirão.

 

Bahia conquistou seu 48o título estadual

O Tricolor fez a festa no Campeonato Baiano 2019. Mesmo tendo trocado de técnico no decorrer da campanha – Enderson Moreira caiu depois da eliminação precoce na Copa do Nordeste –, o Bahia se classificou para os mata-matas e cresceu na fase decisiva. Nas semifinais, ainda sob o comando de Enderson, o Tricolor eliminou o Atlético-BA com muita facilidade (placar agregado de 5×0). Roger Machado assumiu o cargo antes do primeiro jogo da decisão com o Bahia de Feira e não decepcionou.

Na ida, jogando como visitante, o Bahia empatou (1×1), mas na finalíssima, na Arena Fonte Nova, Gilberto marcou o gol do título (1×0). Foi a 48a conquista do Tricolor no Campeonato Baiano, competição totalmente dominada pelo clube. O Vitória, segundo maior campeão da história do torneio, tem dezenove títulos a menos que o rival. O Bahia colocou quatro atletas na seleção dos melhores do campeonato estadual: Lucas Fonseca, Flávio, Shaylon e Fernandão. Um desempenho que serve para aumentar a confiança antes da estreia no Brasileirão.

 

Tricolor repõe perdas no elenco com eficiência

Por não contar com um orçamento tão elevado quanto o de outros times da Série A, o Bahia tem de ser inteligente na montagem do elenco. Um exemplo disso foi a contratação de Shaylon, emprestado pelo São Paulo. O jovem meio-campista é uma promessa do futebol brasileiro e estava sem espaço no Tricolor Paulista. Da mesma forma, Artur Victor, que não teria espaço no plantel estrelado do Palmeiras, também foi emprestado ao Tricolor de Aço. O rebaixamento do Sport para a Série B foi outra brecha que o Bahia aproveitou, fazendo uma proposta para contratar o atacante Rogério.

O meia-atacante Guilherme chegou por um outro caminho: o negócio serviu como parte da quitação de uma dívida do Corinthians com o Bahia. O maior investimento do clube na pré-temporada de 2019 foi no retorno do atacante Fernandão, depois de seis temporadas atuando no exterior. Esses reforços serviram para suprir perdas importantes. A começar por Zé Rafael, meia negociado com o Palmeiras por R$ 14,5 milhões, maior venda da história do clube. Edigar Junio foi emprestado ao futebol japonês, Léo Pelé foi para o São Paulo e Tiago foi emprestado ao Lanús, da Argentina.

 

Técnico Roger Machado busca se firmar

Apesar de jovem, o técnico do Bahia no Brasileirão 2019 já teve a oportunidade de treinar algumas das maiores equipes do país. Roger Machado surgiu muito bem no Grêmio, fez campanha irregular no Atlético-MG e não aproveitou a chance de ouro de comandar o elenco multimilionário do Palmeiras. Aos 43 anos, o ex-lateral de Grêmio e Fluminense quer aproveitar a oportunidade no Bahia para fazer um trabalho mais consistente e se recolocar na lista dos treinadores de primeiro escalão do país. Ao chegar na reta final do Campeonato Baiano e faturar o título com o Tricolor, ele conquistou seu segundo troféu oficial como técnico – Roger Machado já havia sido campeão mineiro pelo Atlético, em 2017. Roger também já treinou o Juventude e o Novo Hamburgo.

 

Além do Brasileirão, Bahia disputa Copa do Brasil

Com a eliminação inesperada ainda na fase de classificação da Copa do Nordeste e a queda logo na primeira fase da Copa Sul-Americana (no mata-mata contra o Liverpool, do Uruguai), o Bahia ficou com apenas mais duas competições para disputar em 2019. Além do Brasileirão, resta só a Copa do Brasil – torneio em que o Tricolor atingiu sua melhor classificação em 2002, quando alcançou as quartas de final. O Bahia já deu os primeiros passos para tentar igualar ou até superar esse desempenho.

Nas duas primeiras fases, despachou Rio Branco-AC e Santa Cruz de Natal. Na etapa seguinte, já com partidas de ida e volta, eliminou o CRB. O adversário na quarta fase foi o Londrina, e uma vitória por 4×0 em casa praticamente garantiu ao Tricolor um lugar nas oitavas, fase que marca a entrada das equipes mais fortes (os representantes do Brasil na Libertadores). Dependendo dos próximos cruzamentos, dá até para pensar em ir mais longe – o que, na Copa do Brasil, significa ótimas premiações em dinheiro.

 

Qual é a cotação do Bahia para o Brasileirão?

Os odds do Bahia para o Brasileirão devem variar bastante de acordo com o mando de campo. Isso porque a equipe costuma ser um mandante aguerrido e competitivo nos jogos disputados diante de sua torcida, na Arena Fonte Nova. Nos últimos campeonatos, porém, o Tricolor não tem obtido bons resultados jogando como visitante. No caso da briga pelo título, o Bahia está bem longe dos principais candidatos: sua cotação em caso de uma conquista é de altíssimos R$ 81,00 a cada R$ 1,00 investido.

 

O que é possível esperar do Bahia no Brasileirão

A própria diretoria do Tricolor mapeou o caminho a ser trilhado pelo clube na Série A de 2019. A prioridade, como não poderia deixar de ser, é continuar na primeira divisão, passando o Campeonato Brasileiro todo a uma distância segura da zona de rebaixamento. A partir daí, é pensar em melhorar a colocação obtida no ano passado. O técnico Roger Machado conhece bem os concorrentes, está acostumado a treinar equipes da elite e vai procurar manter o Bahia numa faixa intermediária da tabela. Terminar o Brasileirão na parte de cima da classificação seria uma boa campanha para o Tricolor.

 

Melhores sites para apostar no Tricolor

Diversos sites de apostas oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos do Bahia, seja pelo Brasileirão ou pela Copa do Brasil. Você deve ficar de olho em quais oferecem os melhores odds, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as principais casas de apostas que aceitam palpites de brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas no país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções oferecidas aos novos usuários: os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando no Bahia

Como você já deve ter notado, as apostas esportivas são uma febre mundial. A chance de lucrar enquanto você torce e se diverte conquistou multidões de torcedores em dezenas de países. E no Brasil não é diferente: é cada vez maior o número de fãs de futebol que aproveitam para colocar suas fichas em seus times favoritos. Os jogos do Brasileirão são uma excelente oportunidade para quem gosta de testar seus conhecimentos nas casas de apostas. Você pode fazer seu palpite em absolutamente todas as partidas da Série A.

Quem ainda está começando a explorar o mundo das apostas pode usar o Brasileirão para descobrir como lucrar com os palpites em futebol. Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… As melhores casas de apostas do mercado também vão oferecer a possibilidade de fazer um palpite de longo prazo em quem vai ser o campeão brasileiro em 2019. Será que o Bahia vai melhorar seu desempenho neste ano?

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar