Ganhador.com

NBB

Finais do NBB: Paulistano tem primeiro ‘match-point’ para bater Mogi e ser campeão

Paulistano vs Mogi
Foto: João Pires/LNB

 Jogo 4 acontece em Mogi das Cruzes às 14h (de Brasília) deste sábado (2), mas a história mostra que definição não costuma acontecer tão fácil assim                       

Com um ótimo 2-1 na série e com a chance de ser campeão da temporada 2017/2018 do NBB neste fim de semana, o Paulistano está mesmo com um “match-point” nas mãos para derrotar o Mogi e faturar o título do NBB, o mais importante campeonato do basquete brasileiro. O Jogo 4, porém, será em Mogi das Cruzes, onde a torcida promete lotar o Ginásio Hugo Ramos e dificultar ao máximo a tarefa do Paulistano. Quem gosta de basquete nacional tem um programa imperdível neste sábado: a partida começa às 14h (de Brasília) e será transmitida ao vivo pela Band e pelo SporTV.

 

Tabu pela frente

O curioso no momento do Paulistano é que o NBB jamais registrou um campeão que tenha cacifado a sua possibilidade de título de maneira tão direta. Até aqui, ou a série caminhou para um dramático Jogo 5 ou houve pelo menos uma vitória do oponente antes de o título ser cacifado com um 2-1.

Foi o que ocorreu, por exemplo, em 2011, com o Brasília abrindo 2-0 sobre o Franca, mas tendo que lidar com a reação do adversário que impôs o 2-1 antes de a taça ficar de vez em Brasília, que cravou o 3-1 e conquistou aquela decisão.

Este Paulistano, porém, vai precisar aprender a conviver com os seus fantasmas caso seja vencido pelo Mogi no sábado. Vale lembrar que o NBB no ano passado teve a equipe da capital abrindo 2 a 0 sobre o Bauru, que virou a série e acabou conquistando o NBB pela primeira vez em um empolgante 3-2 na série final.

Por falar em primeira vez, o Mogi do técnico Guerrinha vai mesmo precisar dar tudo para estender a batalha e brigar também em um Jogo 5, que está marcado para o sábado da semana que vem (dia 9), no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, às 14h. O time de Mogi jamais conquistou o NBB – esta, inclusive, é a sua primeira final na competição, e a cidade da Grande São Paulo está realmente em um momento de grande apreensão com a possibilidade de virar a contagem e ser declarada a capital do basquete brasileiro pela primeira vez em sua história.

 

Mogi tenta frear artilharia do Paulistano

A semana de treinos serviu para os atletas do Mogi cuidar dos seus corpos e para o técnico Guerrinha ajustar a tática da equipe que foi realmente metralhada pela força do Paulistano nas bolas longas no Jogo 3.

“A quantidade de bolas de três deles, fizeram sete em 11, e como elas aconteceram, mesmo sabendo que eles iriam chutar, representou grande parte do resultado final”, analisou o treinador. “A diferença do jogo foi nessas bolas de três do primeiro tempo. Depois, a gente ficou correndo na subida.”

“Precisamos trabalhar mais a bola de segurança, lance livre, rebote. Nós passamos cinco minutos para fazer um ponto”, seguiu. “No segundo quarto, tivemos um momento muito bom e outro muito ruim. Empatamos o jogo e deixamos o Paulistano abrir oito a zero. Em uma final, em um jogo equilibrado, é uma bola ali e outra aqui. A gente leva este estudo para a próxima partida para não acontecer”, completou.

No Jogo 3, o Mogi se esforçou e reduziu a distância de 15 pontos para apenas quatro nos instantes finais, mas o Paulistano suportou a pressão e abriu este 2-1 momentâneo.

 

Palpite

Mogi tem a história a seu favor e tem um ginásio que vai estar certamente abarrotado de gente e de fervor para o NBB ser carregado para um Jogo 5. O time de Guerrinha tem jogadores capazes de lidar com este momento de pressão, e não dá para deixar de citar o que ocorreu no Jogo 2, quando o Mogi realmente encaixou as suas peças e conseguiu uma vitória fundamental por 84×70 no Parque São Jorge.

O dilema todo vai ser o aspecto mental. O Mogi tem “flutuado” mais nesta série que o Paulistano, que está com um rendimento mais uniforme em todos os quartos. Caso a equipe de Guerrinha se concentre mais, o basquete brasileiro terá mesmo uma final digna, com a série empatada em 2-2 e decidida em um emocionante Jogo 5. Esta é a nossa previsão. E a sua, qual é?!

 

Jogos das finais do NBB 2017/2018

Jogo 1 

  • Mogi 82×99 Paulistano (0-1) 

Jogo 2 

  • Paulistano 70×84 Mogi (1-1) 

Jogo 3 

  • Paulistano 88×84 Mogi (2-1) 

Jogo 4 – Sábado, 2 de junho 

  • 14:00 – Mogi x Paulistano – Palpite: Mogi

Jogo 5 (se necessário) – Sábado, 9 de junho 

  • 14:00 – Paulistano x Mogi

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar