Ganhador.com

Humor

Paixão Nacional: pode me explicar?

E aconteceu que, por força da vontade dos loucos – e bêbados – deuses do futebol, o São Paulo (aquele mesmo) aproveitou-se da combinação de resultados da abertura da 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, enfileirou sua terceira vitória consecutiva e agora é o líder ISOLADO da competição.

Os 3 a 2 em cima do Botafogo ontem no Morumbi deixaram o inconstante – mas ainda assim, invicto – Tricolor com 16 pontos, 2 a mais que o Flamengo, único dos times com 14 (ou 13) pontos que joga hoje e pode ultrapassar o novo líder. Empate ou derrota do Urubu logo mais, diante do Bahia, manterá o São Paulo no topo da tabela pelo menos até a 9ª rodada, no final de semana.

Nada mal para o time de Diego Aguirre que joga com um centroavante que não é centroavante e fez um veterano que estava em baixa no Vasco “renascer” para o futebol nacional. Ruim para Dorival Júnior que do sofá de casa assiste a “volta por cima” de Diego Souza e Nene – dois jogadores que o ex-técnico do São Paulo deixou claro que não eram o que ele pediu e que não se encaixavam no seu plano de jogo.

E assim, gerando uma dúvida aqui, outra ali, tomando grandes sustos de Sidão e vendo Diego Souza entender seu papel de “dublê de centroavante” jogo a jogo, o São Paulo contraria todos os prognósticos e passa o dia líder do Brasileirão.

Mas, como diria o poeta Galvão Bueno “chegar é fácil; ficar é que são elas”. Cabe ao Flamengo, hoje, destronar o “soberano”. Ou não.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar