Ganhador.com

Vôlei

Liga Mundial de Vôlei: Brasil encerra fase de classificação na Argentina

Foto: Divulgação FIVB

Equipe do técnico Renan Dal Zotto já se prepara para o final da competição, em Curitiba, no mês que vem.

A sempre desafiadora Argentina é a parada da vez para a seleção brasileira de vôlei, que vai encerrar, em Córdoba, a sua participação na fase classificatória da Liga Mundial. A nova seleção do técnico Renan Dal Zotto terá pela frente Bulgária, Argentina e Sérvia entre esta sexta-feira (16) e domingo (18).

O Brasil vem de derrota na Liga Mundial. Na semana passada, a equipe enfrentou, além da seleção da Bulgária, nada menos que seis mil torcedores que lotaram o Palace Of Culture and Sports, em Varna, e o resultado final não foi dos mais agradáveis: queda por 3 sets a 1 (22/25, 19/25, 25/23 e 19/25), em 2h08.

Com este placar, o Brasil carrega quatro vitórias e duas derrotas nas seis partidas que disputou na competição anual até aqui.

Os nomes que se destacaram positivamente neste último compromisso em Varna foram o oposto Renan, com 13 pontos, e os ponteiros Maurício Borges e Lucarelli, com 12 e 10, cada um. São de fato, o trio de segurança de Renan Dal Zotto até aqui.

“O momento era de botar essa garotada para jogar”, avaliou o técnico que ocupa agora o lugar de Bernardinho. “A Liga Mundial é uma competição extremamente equilibrada e o saldo até agora fica positivo porque todos tiveram chances de jogar um pouco.”

   

ÚLTIMOS AJUSTES

A rodada deste fim de semana em Córdoba vai marcar a volta dos experientes Wallace, Lipe e Raphael. “Agora, na reta final, vamos estar com o grupo completo para a Argentina, e isso vai servir para deixarmos a equipe em condições de jogar bem a Fase Final, em casa”, concluiu Renan.

O Brasil até aqui contou com os seguintes titulares: Murilo Radke, Renan, Otávio, Maurício Souza, Maurício Borges e Lucarelli. O líbero foi Thales, de competência comprovada também como ponteiro. Os reservas da seleção vinham sendo Tiago Brendle, Bruno, Rodriguinho, Éder e Lucão.

   

FRANÇA E SÉRVIA A CAMINHO DE CURITIBA

A fase decisiva da Liga Mundial já tem a presença garantida do Brasil por ser sede, e no último final de semana já houve a primeira seleção a cacifar a vaga em quadra: é a França, que já passou a traçar o caminho para a grande decisão marcada para a Arena da Baixada, casa do Atlético-PR, em Curitiba, de 4 a 8 de julho, cujos ingressos já estão à venda. A arena terá capacidade para 27.000 pessoas.

Ganhadora da Liga Mundial em 2015 e atual vencedora do Europeu, a França tem campanha perfeita até aqui, com seis triunfos em seis jogos.

Além do Brasil, os cinco primeiros da fase de classificação avançam na Liga. Os franceses somam 18 pontos e são seguidos por Sérvia, Bélgica, Polônia e Bulgária, as cinco equipes que hoje estariam asseguradas na decisão de Curitiba.

Quem também está quase garantida matematicamente é a Sérvia, campeã da edição de 2016 – a seleção está com cinco vitórias, uma derrota e 15 pontos conquistados.

Mas nada de França. O grande nome da Liga Mundial até aqui vem sendo exatamente da seleção francesa: é o fantástico oposto Stephen Boyer, com 106 pontos até o momento. Boyer, de apenas 21 anos, é também o melhor sacador da competição e um dos líderes nos desempenhos de alcance e impulsão.

Na Fase Final, as seis equipes serão divididas em dois grupos de três, jogando entre si. Os dois melhores de cada chave avançam para as semifinais, e os vencedores fazem a final.

 

Jogos do fim de semana

Confira os jogos deste fim de semana da Liga Mundial no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina, com os horários de Brasília:

SEXTA-FEIRA, 16 DE JUNHO

  • 18h10 – Brasil x Bulgária
  • 21h10 – Argentina x Sérvia

SÁBADO, 17 DE JUNHO

  • 16h10 – Bulgária x Sérvia
  • 19h10 – Brasil x Argentina

DOMINGO, 18 DE JUNHO

  • 16h10 – Sérvia x Brasil
  • 19h10 – Argentina x Bulgária

 

Confira a campanha do Brasil até aqui:

  • 11 DE JUNHO – Brasil 1×3 Bulgária, em Varna, na Bulgária (22/25, 19/25, 25/23 e 19/25)
  • 10 DE JUNHO – Brasil 3×1 Polônia, em Varna, na Bulgária (25/21, 25/20, 17/25 e 25/19)
  • 9 DE JUNHO – Brasil 3×1 Canadá, em Varna, na Bulgária (23/25, 25/20, 25/22 e 25/23)
  • 4 DE JUNHO – Brasil 3×1 Itália, em Pesaro, na Itália (25/15, 17/25, 25/23 e 25/22)
  • 3 DE JUNHO – Brasil 3×1 Irã, em Pesaro, na Itália (21/25, 25/19, 25/22 e 25/22)
  • 2 DE JUNHO – Brasil 2×3 Polônia, em Pesaro, na Itália (20/25, 25/20, 25/19, 22/25 e 8/15)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar