Ganhador.com

Brasileirão Série A

Fluminense pega Grêmio no Brasileirão, por revanche da Copa do Brasil

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.

Bola rola a partir de 21h00 no Maracanã.

Na Copa do Brasil, deu Grêmio duas vezes: 3 a 1 em Porto Alegre e 2 a 0 no Rio de Janeiro. Agora cabe aos dois tricolores se encararem pelo Brasileirão. Os cariocas estão no G-12, que leva à Sul-Americana mas eles querem ir para a Libertadores. Já os gaúchos perseguem o Corinthians em busca do título nacional.

 

Fluminense deseja vingar Copa do Brasil

Enfrentar o Grêmio é sempre um clássico nacional de muita história, rivalidade e tradição, seja pela primeira divisão, seja pela Primeira Liga, seja até em amistoso. No recente enfrentamento entre ambos os tricolores pela Copa do Brasil, os gremistas bateram o Pó de Arroz duas vezes e chegaram às quartas de final. A possibilidade de revanche injetou motivação extra nos atletas das Laranjeiras.

A grande novidade no Fluminense para logo mais é o retorno de Richarlison ao grupo e diretamente aos onze titulares. Ele se reuniu com o “professor” Abel e pediu desculpas por ter pedido para não jogar contra o Palmeiras. O Verdão havia feito uma proposta irrecusável a seus empresários para contar com o jogador. Isso fez com que a jovem promessa não tivesse cabeça para encarar o que seria seu futuro empregador.

Para o restante da temporada a diretoria estuda a contratação de Marlon, do Criciúma. É possível que o profissional venha por empréstimo em troca de algum atleta que esteja sem vez no plantel carioca.

Em relação ao mando de campo, o Flu não aguenta mais pagar as abusivas taxas para utilizar o Maracanã. O Giulitte Coutinho, do America, é a melhor opção. Acontece que o Diabo está sem alvará, pois os tijucanos não cumpriram o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), pois as obras de melhoria foram orçadas em R$ 1.3 milhões. Quem sabe o Fluminense não ajuda seu coirmão?

 

Grêmio quer temporada (quase) perfeita

Ser campeão do Mundo, da Libertadores, Brasileiro, da Copa do Brasil e da Primeira Liga ainda é possível para o Grêmio. Se conquistar metade disso, já terá sido esquecida a queda nas semifinais do Gauchão.

Para o duelo com o Fluminense, o Mosqueteiro não se preocupa com a revanche carioca. As atenções estão voltadas para uma nova boa atuação da equipe para poder regressar a Porto Alegre com os três pontos na bagagem. Nesta peleja, o peruano Beto Silva e o equatoriano Miller Bolaños desfalcarão a agremiação. O primeiro sente a coxa esquerda e o segundo não está bem fisicamente. A boa notícia é que Gastón Fernández se recuperou e está à disposição de Renato Gaúcho. Trata-se da melhor arrancada gremista na era dos pontos corridos e o quadro se mostra capaz de brigar pelo caneco.

A diretoria trabalha duro para renovar o contrato do atacante Luan. Segundo o presidente da instituição, o craque “tem potencial para ser o melhor mundo”. Será? Certo mesmo é que o Liverpool e outros clubes europeus têm interesse no jogador.

 

Quem ganha?

Fluminense e Grêmio são dois gigantes do futebol brasileiro e já se cruzaram inúmeras vezes. Pela Série A, foram 50 embates, com 20 sucessos gaúchos e 16 cariocas. Na Copa do Brasil, que apimenta o jogo de hoje como uma segunda chance, os de Porto Alegre eliminaram os do Rio de Janeiro em quatro oportunidades e foram batidos em duas.

As prováveis formações dos times para logo mais.

Fluminense:  Júlio César, Lucas, Henrique, Reginaldo e Léo; Norton (Nogueira), Wendel e Marquinho (Marquinhos Calazans); Richarlison, Gustavo Scarpa e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannnemann e Cortez; Michel, Maicon, Arthur, Ramiro e Pedro Rocha; Luan. Técnico: Renato Gaúcho.

 

Definidos os confrontos sul-americanos

O rival do Grêmio nas oitavas de final da Taça Libertadores da América será o Godoy Cruz (da Argentina).

O Fluminense cruzará com a Universidad Católica (do Chile) na segunda fase da Copa Sul-Americana.

 

Outros jogos

  • A liderança continua com o Corinthians, que venceu o Cruzeiro por 1 a 0.
  • A Chapecoense, que construiu um elenco do zero no início do ano, briga pelo caneco e ganhou do Vasco por 2 a 1.
  • O Santos sentiu o gostinho de vencer seu primeiro dérbi no ano: 1 a 0 sobre o Palmeiras.
  • O Atlético-GO bateu o Avaí por 3 a 1 e deixou a zona de rebaixamento.
  • O Atlético-PR conquistou sua primeira vitória no certame e puxou o Atlético-MG para o Z-4.
  • Sport e São Paulo travaram uma batalha equilibrada, de baixo nível técnico e sem gols.
  • Vitória e Botafogo deram exemplo de uma partida de futebol emocionante. Ela acabou empatada em 2 a 2.
  • O Flamengo se exibiu pela primeira vez na Ilha do Urubu e bateu a Ponte Preta por 2 a 0.
  • Hoje, Coritiba e Bahia duelam na capital paranaense.

 

Jogos da 7ª rodada do Brasileirão 2017:

Quarta-feira, 14 de junho:

  • Atlético-GO 3×1 Avaí
  • Atlético-MG 0x1 Atlético-PR
  • Sport 0x0 São Paulo
  • Vitória 2×2 Botafogo
  • Flamengo 2×0 Ponte Preta
  • Chapecoense 2×1 Vasco da Gama
  • Corinthians 1×0 Cruzeiro
  • Santos 1×0 Palmeiras 

Quinta-feira, 15 de junho:

  • 16h00: Coritiba x Bahia
  • 21h00: Fluminense x Grêmio

     

Classificação:

  1. Corinthians – 19 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  2. Grêmio – 15 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  3. Coritiba – 13 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  4. Chapecoense – 13 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  5. Santos – 12 – Taça Libertadores (fase preliminar).
  6. São Paulo – 10 – Taça Libertadores (fase preliminar).
  7. Fluminense – 10 – Copa Sul-Americana.
  8. Cruzeiro – 10 – Copa Sul-Americana.
  9. Ponte Preta – 10 – Copa Sul-Americana.
  10. Flamengo – 10 – Copa Sul-Americana.
  11. Bahia – 9 – Copa Sul-Americana.
  12. Vasco da Gama – 9 – Copa Sul-Americana.
  13. Botafogo – 9
  14. Sport – 8
  15. Palmeiras – 7
  16. Atlético-GO – 6
  17. Atlético-MG – 6 – Série B.
  18. Vitória – 5 – Série B.
  19. Avaí – 5 – Série B.
  20. Atlético-PR – 5 – Série B.

    

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar