NASCAR

Será o fim da maldição de Kevin Harvick na NASCAR? Veja a prévia da FireKeepers Casino 400!

Foto: Jerry Markland/Getty Images

A temporada da NASCAR segue pegando fogo – e não é apenas um trocadilho com o nome da próxima corrida. A briga pelo primeiro lugar segue disputada ponto a ponto e as corridas reservam uma alta dose de adrenalina todos os domingos! O novo formato de divisão da corrida em três estágios vem caindo nas graças dos espectadores mundo afora. Isso sem contar as caras novas surgindo – foram três pilotos vencendo pela primeira vez nas últimas cinco provas: Ricky Stenhouse Jr em Talladega, Austin Dillon em Charlotte e Ryan Blaney na semana passada em Pocono.

Se os novatos estão em festa, alguns dos principais nomes da categoria ainda não conseguiram fazer as pazes com a bandeira quadriculada em 2017 – especialmente Kevin Harvick. O veterano de 41 anos foi o que liderou por mais voltas em 4 das 13 corridas do ano e sempre está no pelotão da frente, entretanto, algo sempre acontece e a vitória acaba escapando. O californiano é mais uma vez um dos grandes favoritos para a FireKeepers Casino 400 – a 14º etapa do campeonato que acontece no Michigan International Speedway, às 16h do próximo domingo (18). Será no Brooklyn o fim da ‘maldição’ de Harvick?

Se fica extremamente complicado cravar que o primeiro troféu do veterano em 2017 será em Michigan, uma coisa se pode afirmar: a vitória está amadurecendo etapa após etapa. Harvick terminou em segundo na última corrida e esteve no top 10 em sete das últimas oito provas – em três delas foi pelo menos terceiro. Mesmo sem nenhuma vitória no ano ele segue firme na 3ª colocação do campeonato com 480 pontos. Vale sempre lembrar que Kevin Harvick foi o campeão da temporada 2014 e conta com 32 vitórias no currículo. Quem pode estragar a festa do piloto da Stewart-Haas no domingo? Veja os principais nomes:

 

Kyle Larson pode retomar a liderança em grande estilo

A corrida do último domingo não foi muito agradável para Kyle Larson. Apesar de ter cruzado a linha de chegada em um decente sétimo lugar em Pocono, ele viu Martin Truex Jr chegar uma posição na sua frente, em 6º, e roubar a liderança do campeonato por um pontinho (584 a 583). Larson precisa mostrar poder de reação e responder rapidamente – e nada como o circuito de Michigan para ajudá-lo nesta tarefa.

Foi justamente por lá que o mundo passou a olhar o jovem piloto da Chip Ganassi com outros olhos em agosto do ano passado: Larson dominou a Pure Michigan 400 e faturou a primeira vitória da carreira. O segundo triunfo veio no começo de 2017 no Auto Club Speedway, em Fontana, circuito considerado ‘gêmeo’ do Michigan International Speedway. O garoto levou a melhor nas duas últimas provas em circuitos de duas minhas, famosos pelo seu formato em ‘D’,  e certamente é o principal favorito para receber a bandeira quadriculada no próximo domingo.

 

Mais um novato vencendo em 2017?

Como já dito acima, em três das últimas cinco corridas o vencedor faturou a primeira vitória da carreira. E se eu te disser que esse número pode aumentar ainda mais no domingo? Chase Elliott está pedindo passagem! O garoto de 21 anos terminou no top 10 em oito das 13 corridas do ano e segue em uma evolução impressionante. Ele já mostrou muita capacidade nas curvas de Michigan no ano passado: terminou na segunda colocação nas duas provas do ano por lá. Fique de olhos bem abertos no jovem da Hendrick Motorsports!

 

Santo da casa faz milagre?

É incontestável que Brad Keselowski está na seleta lista dos melhores pilotos da atualidade – aquela temporada incrível com o título em 2012 foi incontestável. Já são 23 vitórias na carreira, inclusive duas este ano, mas nenhuma em Michigan – sua cidade natal. Ele terminou pelo menos em nono nas últimas seis provas por lá, inclusive em terceiro e quarto nas duas etapas em 2016. O melhor resultado da carreira foi um segundo lugar no vitorioso ano de 2012. A cada ano que passa a pressão só aumenta…

 

Olho no vovô!

A pista de Michigan é famosa por promover algumas surpresas – e na edição de 2017 pode ser Matt Kenseth. Espera um pouco… Está falando de Matt Kenseth ou do neto dele? Brincadeira à parte, vale demais ficar esperto com o desempenho do vovô de 45 anos – vencedor da distante edição de 2003. Após um começo extremamente ruim, o veterano tem melhorado bastante no último mês e voltou a brigar no pelotão da frente. Kenseth já ganhou em Michigan em três oportunidades e chegou no top 10 por lá em sete das últimas 13 corridas. Não estranhem o vovô garoto levantando o caneco por lá!

 

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar