Vôlei

Mundial Feminino de Vôlei: prognósticos para as semifinais, com a Sérvia favorita ao título

Seleção Sérvia de Vôlei Feminino
Foto: Yifan Ding/Getty Images

Deu a louca no vôlei. Depois de um Mundial Masculino surpreendente, com uma final entre Polônia e Brasil, que desbancaram o favoritismo de Rússia, Estados Unidos e Itália, eis que o Mundial Feminino manteve a caixinha de surpresas aberta na competição que é disputada no Japão. As fortes americanas e russas sequem chegaram às semifinais, que verão na madrugada desta sexta (19) dois confrontos bastante inusitados. O primeiro deles, à 1h40 (de Brasília), será Sérvia x Holanda, com favoritismo das sérvias, que pagam odds de R$ 1,66 a cada R$ 1,00 apostado no Bet365. As sérvias também são as favoritas ao título da competição, devolvendo R$ 2,60/R$ 1,00.

O outro confronto, às 4h10, terá a China, atual campeã olímpica, contra a Itália, que tenta voltar aos seus melhores dias. O favoritismo nesta partida decisiva será da Itália, que devolve R$ 1,53, contra R$ 2,37 da vitória chinesa.

Vamos conferir o que esperar de cada uma das partidas?

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

(R$ 1,66) Sérvia x Holanda (R$ 2,10)

As duas seleções são enormes surpresas, em que pese a Sérvia ter realmente um grande time, que está demonstrando “crescer” na hora certa. As armas da equipe são especialmente duas, em que pese todas as atacantes merecerem uma menção pelo jogo sempre pesado que oferecem. Mas essa fluidez só é possível graças à levantadora Maja Ognjenovic, que distribui hoje o jogo como poucas outras, e também pela oposta Tijana Boskovic, uma das mais violentas atacantes da atualidade. Um exemplo disso foi a sua atuação no jogo que fechou a terceira fase, na vitória por 3 a 1 contra a Itália, com nada menos que 29 bolas no chão.

A Holanda, porém, merece crédito por ter eliminado a forte seleção americana, derrotada em uma partida que já está na história, com um 15×9 no tie-break. É, porém, um time que erra demais, e isso deve ser fatal ao se enfrentar uma levantadora de tamanha capacidade como Ognjenovic. Outras duas deficiências: o passe e a já famosa instabilidade emocional. É um time que sai muito fácil da partida.

Melhor palpite? Uma vitória por 3 sets a 1 da Sérvia é plenamente possível (foi o placar, por exemplo, contra a interessante seleção da Itália no fechamento da terceira fase). O lucro para tal é de R$ 3,50/R$ 1,00.

(R$ 2,37) China x Itália (R$ 1,53)

Eis um jogo de duas escolas com estilos bem demarcados. A China vai insistir no padrão que permitiu o seu título na Olimpíada do Rio, em 2016, com a oposta Ting Zhu sendo bastante acionada e respondendo sempre da melhor maneira. Segue sendo uma equipe de bloqueio pesado e de bastante constância ao longo das partidas, demonstrando que é praticamente imbatível na concentração e no fôlego para partidas longas.

A Itália é uma grande incógnita. É a seleção que chega com a melhor campanha, tendo perdido uma única partida, para a Sérvia, no fechamento da terceira fase, mas o time consegue transformar o difícil em fácil (e vice-versa).

A jovem ponteira Elena Pietrini, de apenas 18 anos, já demonstrou que é frágil no passe, e está mais do que claro que ela vai precisar lidar com a famosa paciência chinesa. Ela, porém, já demonstrou que ataca bem e que pode levar perigo às asiáticas.

O ponto forte da remoçada seleção italiana é a levantadora Ofelia Malinov, de apenas 22 anos, que está muito bem entrosada com a oposta Paola Egonu. É da sintonia entre as duas que deve vir a classificação para a final.

Melhor palpite? Um 3 a 2 para a Itália, pagando R$ 5,00 no Bet365.

E para o título?

Sérvia, China, Itália e Holanda – é esta a ordem dos outrights para o Mundial Feminino de Vôlei. Há uma certa falta de coerência com a China acima da Itália – afinal, o favoritismo na semifinal entre ambas é da Azzurra.

A lógica indica título da Sérvia, o que representaria a primeira conquista da poderosa seleção do Leste Europeu. Mas, como falamos no começo do texto, o vôlei anda maluco como poucas vezes se viu e não podemos descartar surpresas. Basta ver a decisão da Liga das Nações, com título dos Estados Unidos sobre a Turquia. E nenhuma das duas sequer atingiu as semifinais deste Mundial, realizado só três meses depois.

Jogos da semifinal do Mundial Feminino de Vôlei 2018

Sexta-feira, 19 de outubro
  • 01:40 – Sérvia (R$ 1,66) x Holanda (R$ 2,10)
  • 04:10 – China (R$ 2,37) x Itália (R$ 1,53)

Favoritos ao título do Mundial Feminino de Vôlei 2018 (outrights)

  • Sérvia – R$ 2,60
  • China – R$ 3,00
  • Itália – R$ 4,00
  • Holanda – R$ 7,50

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar