Brasileirão Série A

Apostas no Ceará em 2019: como fazer seu palpite no Vozão neste Brasileirão

Jogador do Ceará
Foto: Stephan Eilert /cearasc.com

O Ceará quer fazer uma campanha mais tranquila no Brasileirão 2019. Depois de sofrer em sua luta contra o rebaixamento na Série A do ano passado, o Vozão espera construir uma trajetória mais segura no Campeonato Brasileiro desta temporada. E o Alvinegro cearense ganhou mais um objetivo para 2019: com o retorno do arquirrival Fortaleza à primeira divisão, o Ceará espera também terminar a competição à frente de seu mais tradicional adversário. Nessa briga particular com o time do técnico Rogério Ceni, o Ceará saiu em desvantagem, já que foi derrotado na final do Estadual.

O vice-campeonato no Cearense, aliás, provocou uma troca no comando da equipe. Após fazer um ótimo trabalho na temporada 2018, o técnico Lisca não resistiu ao revés na decisão do Estadual e acabou perdendo o cargo. Quem veio para o seu lugar foi um profissional com boa experiência no Brasileirão: Enderson Moreira, demitido do Bahia às vésperas da decisão do campeonato daquele Estado. Enderson terá um grupo modesto, mas esforçado, disposto a aproveitar a vitrine do Brasileirão para conseguir oportunidades melhores no futuro. Aliás, o risco de perder jogadores ao longo da campanha preocupa – e deve ser levado em conta por quem for colocar suas fichas no Ceará nas casas de apostas esportivas ao longo do campeonato.

 

Ceará tenta se consolidar na elite nacional

O Brasileirão 2019 será a segunda edição consecutiva da competição com o Ceará entre os principais clubes do país. Depois de seis anos disputando a Segundona, o Vozão subiu no fim de 2017, com o terceiro lugar na Série B. A atual temporada marca a 23a participação do Ceará na primeira divisão do futebol nacional, já contando as atuações nos torneios que a CBF passou a reconhecer como equivalentes ao Brasileirão (Robertão e Taça Brasil). A melhor colocação na Série A foi obtida em 1985, quando o Ceará ficou em sétimo lugar no Brasileirão.

Fundado em 1914, o Ceará ainda persegue seu primeiro título em âmbito nacional. A mais importante conquista da agremiação até hoje foi o título da Copa do Nordeste de 2015. O Vozão também soma uma marca muito significativa no Campeonato Cearense, com um total de 45 títulos, sendo quatro deles conquistados de forma invicta. Destaca-se também o título do Torneio Norte-Nordeste de 1969. O torcedor alvinegro tem mais um motivo para se orgulhar: as campanhas na Copa do Brasil. Foram duas idas às semifinais, em 2005 e 2011, e um vice-campeonato, em 1994, diante do Grêmio.

 

Vozão sofreu para escapar da degola em 2018

A torcida do Ceará sofreu bastante ao longo do Brasileirão do ano passado. O time iniciou o campeonato sob o comando do técnico Marcelo Chamusca, que havia conduzido o Vovô no acesso da Série B. O início foi terrível, com apenas três pontos somados nos primeiros nove jogos. Lisca chegou para salvar a equipe, assim como já havia feito em 2015. E não deu outra: o carismático treinador formado no futebol gaúcho tirou o Vozão do abismo e manteve a equipe na elite.

Depois da chegada de Lisca, o Ceará somou dez vitórias, onze empates e oito derrotas, terminando a competição no 15o lugar. Apesar do sufoco ao longo de boa parte do campeonato, a reta final foi marcada pelo alívio, com o Ceará ficando quatro pontos à frente do América-MG, primeiro ocupante do Z-4. Vale destacar que o Vozão fez melhor campanha que um dos grandes do futebol brasileiro, o Vasco da Gama, e empatou em pontos com o campeão da temporada anterior, o Corinthians.

 

Em 2019, Ceará de Lisca perdeu a magia

Os bons resultados no segundo semestre de 2018 não se refletiram em um começo de ano feliz para o Ceará de Lisca. Primeiro veio a eliminação na Copa do Brasil, mas nesse caso ainda havia um atenuante, já que o adversário era o Corinthians. Depois, a queda nas quartas de final da Copa do Nordeste, com derrota em pleno Castelão para o Náutico. No fim, o técnico acabou sendo demitido ao deixar escapar a chance de conquista de um tricampeonato estadual.

O Vozão foi o primeiro colocado da fase classificatória do Campeonato Cearense, quatro pontos à frente do Fortaleza. Na semifinal, eliminou o Floresta com autoridade. Só que na decisão, diante de seu arquirrival, acabou sendo derrotado nas duas partidas, amargando o vice com um placar agregado de 4×0 nas finais. O título do Fortaleza de Rogério Ceni foi a gota d’água para a diretoria, que decidiu interromper o trabalho de Lisca e começar o Brasileirão com um novo comando técnico.

 

Vozão aposta em novos atacantes para 2019

Lisca tem sua parte da culpa pelo desempenho ruim nesta temporada, mas o Ceará não pode perder de vista o fato de ter um elenco bastante limitado. Com um orçamento bem inferior à maioria dos participantes da Série A do Brasileirão, o Vozão precisa se contentar com atletas sem espaço nos grandes clubes e novatos em busca de um lugar ao sol. Para piorar a situação, o Ceará não tem poderio econômico para segurar atletas que recebem propostas dos clubes grandes. O goleiro Éverson, por exemplo, foi para o Santos para ser reserva de Vanderlei. O lateral Felipe Jonatan também foi disputar posição no time de Vila Belmiro.

O Vozão também perdeu Richardson, contratado pelo futebol japonês, Arnaldo, que foi para a Ponte Preta, Patrick, agora defendendo o Vila Nova, e Arthur, contratado pelo Palmeiras. A diretoria trouxe Felipe, meia que estava no Sanfrecce Hiroshima, João Paulo, atacante do Criciúma, Richard, goleiro do Paraná, e Thiago Carleto, que atuava no mundo árabe. Mas o Ceará concentrou seus investimentos na contratação de novas opções para o comando do ataque. Foram contratados Roger (ex-Corinthians), Leandro Carvalho (do Botafogo) e, às vésperas da estreia no Brasileirão, Bergson (ex-Athletico-PR). Um time com peças razoáveis, mas que vai buscar entrosamento com a Série A já em andamento.

 

Enderson conta com boa experiência na Série A

Talvez Enderson Moreira não seja o nome dos sonhos do torcedor cearense, mas não dá para dizer que o técnico não tenha experiência e capacidade para comandar a equipe no Brasileirão. Aos 47 anos, ele já acumula passagens por várias equipes importantes, como Fluminense (2011 e 2015), Grêmio (2014) e Santos (2014-2015). Enderson também já foi o comandante do Goiás, do Athletico-PR, do América-MG e do Bahia. No Tricolor da Boa Terra, o treinador fez um bom papel durante o Brasileirão. O Bahia terminou o ano em 11o lugar, o que representa a melhor campanha do clube na era dos pontos corridos. A meta de Enderson é conseguir um desempenho parecido no Ceará.

 

Só restou o Brasileirão para o Ceará em 2019

O elenco do Vozão pode até ser limitado, mas Enderson Moreira não vai precisar poupar peças no Brasileirão por causa de outros torneios. Eliminado da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil, o Ceará está totalmente concentrado na Série A. É claro que a decepção pelas eliminações precoces das demais competições desanima o time e a torcida. Só que vale ressaltar a importância de ter o elenco totalmente voltado ao Brasileirão, já que o plantel precisará render seu máximo para manter o Ceará na primeira divisão.

Além de ter provocado a troca de técnico e de ter abalado a confiança do torcedor, a série de eliminações tem um efeito colateral muito preocupante para o Ceará. O orçamento do clube já não é dos mais fartos, e a ausência nas próximas fases da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil significa a perda de uma belíssima oportunidade de abastecer o cofre. Será preciso contar com o apoio da torcida e com um Castelão com bom público para o Vozão compensar essa perda de receitas ao longo do Brasileirão.

 

Qual é a cotação do Ceará para o Brasileirão?

Por estar em um momento de transição, com Enderson Moreira assumindo o comando e novos jogadores buscando entrosamento, o Vozão deverá entrar como azarão em boa parte de seus compromissos na Série A. Os odds do Ceará para o Brasileirão também devem flutuar bastante de acordo com o mando de campo – afinal, o Vozão é muito mais forte e perigoso quando atua diante de sua torcida, no Castelão. Nas apostas de longo prazo sobre o campeão, o Ceará inicia o campeonato oferecendo retorno de R$ 101,00 a cada R$ 1,00 investido. É a mesma cotação da Chapecoense – e supera a do arquirrival Fortaleza (R$ 201,00/R$ 1,00).

 

O que é possível esperar do Vozão no Brasileiro

O Ceará disputa um campeonato à parte com seu arquirrival em 2019. Ficar à frente do Fortaleza no Brasileirão seria uma forma de amenizar a perda do título estadual. Mas de nada adianta terminar a temporada em vantagem diante do Tricolor se ambos estiverem na zona da degola. Portanto, o objetivo número um do Vozão no campeonato é mesmo a permanência na elite, custe o que custar. Como a competição é longa e desgastante, será preciso administrar bem o elenco de forma a não oscilar demais. Fazer um campeonato sem grandes riscos já será uma vitória. Ainda melhor seria ficar com uma vaga na Copa Sul-Americana. Vale lembrar que, no ano passado, o Ceará só não conseguiu a classificação porque estava em desvantagem nos critérios de desempate com a Chapecoense.

 

Melhores sites para apostar no Vozão

Diversos sites de apostas oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos do Ceará pelo Brasileirão. Você deve ficar de olho em quais oferecem os melhores odds, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as principais casas de apostas que aceitam palpites de brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas no país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções oferecidas aos novos usuários: os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando no Ceará

Como você já deve ter notado, as apostas esportivas são uma febre mundial. A chance de lucrar enquanto você torce e se diverte conquistou multidões de torcedores em dezenas de países. E no Brasil não é diferente: é cada vez maior o número de fãs de futebol que aproveitam para colocar suas fichas em seus times favoritos. Os jogos do Brasileirão são uma excelente oportunidade para quem gosta de testar seus conhecimentos nas casas de apostas. Você pode fazer seu palpite em absolutamente todas as partidas da Série A.

Quem ainda está começando a explorar o mundo das apostas pode usar o Brasileirão para descobrir como lucrar com os palpites em futebol. Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… As melhores casas de apostas do mercado também vão oferecer a possibilidade de fazer um palpite de longo prazo em quem vai ser o campeão brasileiro em 2019. Em meio a essa briga de gigantes, será que o Ceará vai se manter na elite?

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar