Apostas na Copa Sul-Americana 2019: favoritos ao título e dicas para fazer seus palpites

A Copa Sul-Americana passou a ser muito mais do que apenas um prêmio de consolação para quem não conseguiu uma vaga na Copa Libertadores. Com os títulos conquistados pelo Internacional (2008), São Paulo (2012), Chapecoense (2016) e Athletico-PR (2018), os times brasileiros finalmente se convenceram da importância do torneio, que oferece altas premiações e a chance de medir forças com equipes importantes do continente – além, é claro, de uma vaga na fase de grupos da Libertadores do ano seguinte.

Além de testar a força dos clubes do país na América do Sul, a Sul-Americana é também uma ótima pedida para quem é fã das apostas esportivas na internet. Finalista nas três últimas edições, com apenas o Flamengo deixando escapar o título, o Brasil volta a ser um dos países com maiores chances de conquista. E com uma novidade em 2019: assim como sua equivalente europeia (a Liga Europa), a Copa Sul-Americana também vai passar a ser decidida numa final em jogo único. A seguir, o formato de disputa da competição, favoritos ao título e dicas para quem vai fazer sua aposta.

 

Regulamento da Copa Sul-Americana 2019

Só mata-matas: é assim que a Conmebol montou sua segunda principal competição entre clubes. Sem a realização de uma fase de grupos, todos os jogos são decisivos ao longo da Sul-Americana. A primeira fase é disputada entre 44 equipes em jogos de ida e volta, com o gol qualificado fora de casa valendo como critério de desempate. Os 22 que avançarem aguardam a entrada dos times provenientes da Libertadores. Serão dez equipes: oito que terminarem em terceiro lugar em seus grupos e as duas melhores das fases preliminares.

Com a definição dos 32 clubes, a Conmebol sorteia os confrontos da segunda fase, e daí em diante seguem os cruzamentos em partidas de ida e volta: oitavas, quartas e semis. A final, assim como na Liga Europa, será em jogo único. Empate no tempo normal leva a decisão para a prorrogação, e se persistir o empate, a disputa do título vai para pênaltis. A disputa do tempo extra em caso de igualdade só vale mesmo para a final – nos demais mata-matas, os times que somarem resultados idênticos vão direto para disputa dos tiros livres da marca da cal.

 

Calendário da competição nesta temporada

Um sorteio realizado em 17 de dezembro de 2018, na sede da Conmebol, no Paraguai, foi o ponto de partida para a Sul-Americana 2019. O evento determinou todos os 22 duelos da primeira fase, sendo que os confrontos entre as equipes de um mesmo país estavam vetadas. Em função do grande número de partidas, o calendário da primeira fase é bem extenso: começou em 5 de fevereiro e só termina em 2 de maio. Ou seja: os primeiros classificados vão ficar um bom tempo esperando a próxima etapa da competição.

Os confrontos da segunda fase serão definidos por sorteio em maio, e as partidas ocorrem entre os dias 21 e 30 daquele mês. Ao contrário da Libertadores, que fica parada durante a Copa América 2019 no Brasil, a Sul-Americana será retomada antes mesmo do fim do torneio de seleções, com as oitavas de final marcadas para entre 2 e 25 de julho. Já as quartas acontecem entre 30 de julho e 22 de agosto, e as semis, de 28 de agosto a 19 de setembro. Assim como a Libertadores, a Sul-Americana será decidida pela primeira vez em jogo único. A final está marcada para 9 de novembro, no Estádio Nacional de Lima (Peru).

 

O Brasil na Copa Sul-Americana 2019

Seis equipes brasileiras conquistaram vagas na Sul-Americana deste ano, todas elas graças às suas colocações no Brasileirão 2018 (entre o nono e o 14o lugar). No entanto, três delas já deram adeus à competição logo na primeira fase. O Bahia acabou sendo eliminado pelo Liverpool, do Uruguai (derrota por 0x1 em casa e empate sem gols fora). O Santos – que tinha tudo para ser um dos postulantes ao título – se despediu de forma invicta. Empatou sem gols com o River Plate no Uruguai e, na volta, ficou no 1×1, sendo eliminado por causa do critério de gol qualificado para o visitante.

A Chapecoense, campeã em 2016, obteve exatamente os mesmos resultados que o Santos em seu confronto com o pouco conhecido Unión La Calera e também se despediu. Vale lembrar que a participação dos Brasil na Sul-Americana poderá se expandir a partir da segunda fase, quando as equipes que sobraram da Libertadores entram no páreo. Mas é bem possível que todos os clubes que estão na fase de grupos avancem aos mata-matas, já que nenhum brasileiro caiu em um “grupo da morte”. Por enquanto, quem está de fato na disputa da Sul-Americana é a dupla de representantes do Rio de Janeiro mais o Timão:

Corinthians
Em temporada sem vaga na Libertadores, o time do técnico Fábio Carille pode aproveitar para buscar uma conquista inédita. O Corinthians nunca fez uma grande campanha na competição: em suas quatro participações anteriores na Sul-Americana, caiu duas vezes na primeira fase, uma vez nas oitavas e outra nas quartas. O começo da campanha neste ano foi bom: o Timão eliminou o forte Racing da Argentina nos pênaltis.

Com isso, a Sul-Americana deve dividir as atenções dos corintianos com a Copa do Brasil: ambas são conquistas mais acessíveis que o duríssimo Brasileirão e dão vaga direta na fase de grupos da Libertadores do ano que vem. O elenco é experiente, com destaque para os veteranos de Libertadores, como o goleiro Cássio, o volante Ralf e o atacante Vágner Love, e os reforços sul-americanos: o equatoriano Sornoza, o argentino Boselli e o paraguaio Sergio Díaz.

Botafogo
Depois de uma campanha muito ruim na Taça Guanabara, em que nem sequer passou às semifinais, o Fogão foi um dos destaques da primeira fase da Sul-Americana. O sorteio não foi generoso com a equipe do técnico Zé Ricardo, que encarou o Defensa y Justicia – time que, mesmo não tendo muito nome, brigava pela liderança da Superliga Argentina quando entrou no caminho dos cariocas.

Com um triunfo por 1×0 no Engenhão e uma linda vitória por 3×0 na Argentina, o Bota despachou o oponente com autoridade, fazendo sua torcida começar a sonhar com o título. Apesar de ter um elenco limitado, o Fogão não deve nada a muitas das equipes que estão na disputa. Lembrando que o clube da Estrela Solitária já conquistou um título da Copa Conmebol, um torneio precursor da Sul-Americana, em 1993.

Fluminense
A Sul-Americana de 2019 marca o décimo aniversário do vice-campeonato do Flu nesse torneio. Na edição de 2009, o Tricolor das Laranjeiras era treinado por Cuca e tinha Fred e Conca como destaques. O título escapou na final contra a LDU, do Equador, que já tinha impedido a conquista da Libertadores pelo Flu no ano anterior. Em 2018, o clube voltou a fazer grande campanha no torneio, chegando à semifinal e caindo diante do Athletico-PR.

O sorteio da primeira fase colocou o Antofagasta, do Chile, no caminho do Tricolor. Na ida, no Maracanã, deu empate, 0x0, apesar do domínio carioca. O Flu depende de uma vitória na volta, em 21 de março, para seguir adiante. Caso elimine os chilenos, o Flu ficará numa situação similar ao Bota: apesar de não ter um time de medalhões, a equipe pode sonhar com a conquista, principalmente por causa do estilo ofensivo do técnico Fernando Diniz.

 

Principais adversários dos brasileiros

Um dos maiores vencedores da história da competição aparece como principal obstáculo a um novo título brasileiro na Sul-Americana. Trata-se do Independiente – que, ao lado do Boca, é um dos bicampeões do torneio, tendo conquistado o título em 2010 e 2017 (esse último, com direito a volta olímpica no Maracanã, diante da torcida do Flamengo). Além do “Rei de Copas”, o Argentinos Juniors também pode dar trabalho, assim como o Colo-Colo, outra equipe tradicionalíssima. Vale ficar de olho também em três equipes que têm chances de ir longe no certame: Deportivo Cali (Colômbia), Unión Santa Fe (Argentina) e Independiente Del Valle (Equador). Esse último foi até finalista da Libertadores em 2016.

 

Atletico-PR foi o campeão em 2018

Como a Copa Sul-Americana oferece ao campeão uma vaga na Libertadores da temporada seguinte, é bem possível que o atual vencedor do certame não realize a defesa do título. O Athletico-PR está no Grupo G da Libertadores, ao lado de Boca Juniors, Jorge Wilstermann e Tolima, e só vai entrar na Sul-Americana caso fique em terceiro lugar na classificação. Na campanha vitoriosa do ano passado, o Furacão estreou no torneio ainda na primeira fase, eliminando o Newell’s Old Boys.

Na etapa seguinte, o Athletico atropelou o Peñarol com o placar agregado de 6×1. Depois de despachar o Caracas nas oitavas, o Furacão pegou dois brasileiros: Bahia nas quartas e Fluminense nas semis. A final foi contra os colombianos do Junior Barranquilla, com dois empates por 1×1 nas partidas de ida e volta. A decisão ficou para a cobrança de pênaltis, em que o Furacão venceu por 4×3, fazendo a festa diante de sua torcida na Arena da Baixada. Pablo foi um dos artilheiros do torneio, com cinco gols.

 

Favoritos ao título da Sul-Americana 2019

É possível apontar como principais candidatos ao título um representante do Brasil e um da Argentina: Corinthians, pelo bom elenco e força da torcida, e Independiente, por sua tradição e competitividade nos campeonatos de mata-mata. Tirando essas duas potências, há uma série de equipes com condições de chegar às etapas decisivas, incluindo os outros dois brasileiros, Botafogo e Fluminense. Os representantes do Rio têm elencos inferiores ao Corinthians, mas dependendo dos cruzamentos podem avançar bastante no torneio. O Colo-Colo é o único outro time que pode ser considerado de primeiro escalão no futebol sul-americano – os demais postulantes ao título, como Argentinos Juniors e Independiente Del Valle, não chegam a assustar tanto. A situação pode mudar com a entrada dos times da Libertadores: novos candidatos fortes devem entrar no páreo a partir da segunda fase.

 

Onde fazer seu palpite com segurança

As partidas da Copa Sul-Americana 2019 oferecem diversas oportunidades de lucro para os adeptos das apostas esportivas. Mas antes de escolher seus favoritos e preparar os seus palpites, é preciso escolher o site certo para receber seu investimento. Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as melhores casas de apostas para brasileiros e indica quais são os sites mais recomendados para você. Nossa relação inclui apenas as casas de apostas online que permitem movimentações em reais, têm versões em português e serviço de atendimento ao cliente em nosso idioma.

O fator mais importante, porém, é o seguinte: todas as casas de apostas da nossa lista têm excelente reputação no mercado, fruto de muitos anos de atuação nesse segmento. O mundo das apostas esportivas cresce a cada dia, e às vezes você pode ficar em dúvida em relação à honestidade das empresas recém-chegadas ao mercado. Os sites avaliados pelo Ganhador são de confiança, com sólida atuação em diversos países, e oferecem ótimo serviço aos apostadores. Cabe a você comparar os pontos fortes de cada um, descobrir qual atende às suas necessidades e começar a faturar.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como apostar na Copa Sul-Americana 2019

A Sul-Americana é uma ótima alternativa para quem não quer se limitar à Libertadores na hora de lucrar com as apostas no futebol do continente. Por reunir equipes fortes de todos os países filiados à Conmebol, o torneio costuma ter destaque nas casas de apostas da internet, que oferecem a possibilidade de fazer seu palpite em todas as partidas do torneio. Com isso, você aumenta suas chances de lucro, já que tem mais escolhas na hora de apostar: você pode selecionar as cotações mais atraentes e buscar os retornos mais vantajosos.

Além de fazer seu palpite no ganhador de cada partida, você pode investir em outras modalidades de apostas, como hipótese dupla, handicap, placar exato e várias outras. Quando o torneio afunilar, você ainda poderá fazer um palpite de longo prazo prevendo quem vai faturar o título da Sul-Americana 2019. Seja qual for sua preferência de aposta, fique de olho no noticiário das equipes no Ganhador para não perder nenhum detalhe do dia-a-dia dos candidatos ao título. Também vale a pena conferir os prognósticos dos especialistas para aumentar seu índice de acerto.

 

Voltar