Brasileirão Série A

Apostas no Avaí em 2019: como fazer seu palpite no Leão da Ilha neste Brasileirão

Jogador do Avaí
Foto: Reprodução/Flickr Avaí FC

O Avaí quer se firmar na elite no Brasileirão 2019. A equipe catarinense passou os últimos cinco anos no sobe-e-desce, alternando acessos na Série B e rebaixamentos na Série A. O objetivo do Leão da Ilha para esta temporada é acabar com essa instabilidade e repetir a permanência na primeira divisão depois de vários anos – as últimas vezes em que o Avaí se manteve na elite foram em 2010 e 2011. Para isso, o clube conta com a experiência de um técnico que já foi até campeão brasileiro: Geninho, vencedor do título em 2001, com o Atlético-PR.

Em suas duas últimas passagens pela Série A, em 2015 e 2017, o Avaí teve dificuldade para seguir o ritmo dos grandes. Pela diferença de orçamento e estrutura, o time catarinense se viu muito abaixo dos principais clubes de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. A diretoria procurou construir uma fundação mais sólida para a próxima tentativa de seguir na elite, e a equipe dá sinais de que será mais competitiva neste ano. Ainda assim, não dá para negar que o Avaí será uma das zebras do Brasileirão, oferecendo lucros bastante tentadores nas casas de apostas esportivas ao longo do campeonato.

 

Avaí participa da Série A pela décima vez

O Leão da Ilha alterna idas e vindas na primeira divisão desde os anos 1970. A primeira participação na Série A do Campeonato Brasileiro aconteceu em 1974, quando o formato de disputa era bem diferente e havia vaga para literalmente dezenas de equipes. Foi só em 2009 que o Avaí conseguiu participar efetivamente da elite do Brasileirão, que já era disputado no formato atual, em pontos corridos e com vinte equipes. A campanha foi inesquecível: o Avaí ficou em sexto lugar, logo atrás de Palmeiras e Cruzeiro e à frente de clubes como Atlético-MG, Grêmio, Corinthians e Santos.

Aquela foi a melhor campanha do Time da Raça na Série A. Nas outras quatro ocasiões em que participou da primeira divisão, o Avaí só não foi rebaixado em uma (2010, com o 15o lugar). Em 2011, a equipe terminou o Brasileirão na lanterna. Em sua última passagem pela elite, em 2017, o Avaí ficou em 18o. Perto de completar 100 anos (foi fundado em 1923), a Leão da Ilha espera se consolidar como integrante da Série A, ainda que não tenha fôlego para brigar pelo título. A única conquista nacional da agremiação foi o título da Série C em 1998. Além do Brasileirão de 2009, o Avaí também se destacou em âmbito nacional em 2011, ao ser semifinalista da Copa do Brasil. O Avaí também soma a excelente marca de dezessete troféus do Campeonato Catarinense.

 

Avaí suou muito para conseguir o acesso em 2018

O Brasileirão da Série B foi bastante equilibrado na temporada passada. Com exceção do campeão Fortaleza, que disparou logo no começo e não saiu da ponta, várias equipes passaram pelo G-4 ao longo do campeonato. O Avaí começou mal, o que provocou a queda do técnico Claudinei Oliveira. Foi quando Geninho desembarcou na Ressacada, fazendo a equipe subir de produção e logo passando a disputar um lugar entre os quatro primeiros.

O Avaí acabou o campeonato em terceiro lugar, com 61 pontos, depois de ter obtido dezesseis vitórias, treze empates e nove derrotas. O acesso foi garantido em um empate com a Ponte Preta, em casa, com muita festa em Florianópolis. A própria Ponte tinha chances de subir caso vencesse, o que deu tons dramáticos à partida. O artilheiro do Avaí na competição foi Renato, com doze gols. O mesmo Renato também acabou sendo o principal garçom da equipe na campanha do acesso, com oito assistências.

 

Título catarinense teve reta final dramática

O Avaí vai começar o Brasileirão embalado pela conquista de mais um título estadual. Sem levantar a taça do Campeonato Catarinense desde 2012, o Leão da Ilha sofreu para acabar com o jejum. A primeira fase foi tranquila: o time de Geninho disparou na liderança e se classificou com folgas, colocando sete pontos de vantagem em relação ao segundo lugar, a Chapecoense. Na semifinal e na decisão, porém, o Avaí teve dificuldades.

Primeiro veio a semi com o Criciúma, com empate no tempo normal (1×1) e vitória nos pênaltis. E esse roteiro cheio de tensão se repetiu na finalíssima, com a Chape, na Ressacada. Os visitantes saíram em vantagem com Régis, mas o Avaí empatou no segundo tempo, com Alex Silva. O triunfo só veio nos pênaltis, com direito a polêmica e consulta ao VAR. Com a conquista, o Avaí fica a apenas um título estadual do arquirrival Figueirense.

 

Veteranos Douglas e Betão lideram elenco azurra

Encerrada a campanha do acesso no ano passado, o Avaí perdeu alguns dos personagens da campanha, como o atacante Rodrigão (emprestado pelo Santos ao Coritiba), o lateral Guga (contratado pelo Atlético-MG) e o volante Judson, que foi para o futebol americano. Mas a diretoria logo entrou em ação, trazendo bons reforços como o goleiro Vladimir (ex-Santos), o veterano meia Douglas (ex-Grêmio) e o meia Gegê, que estava na Turquia.

O Avaí também procurou reforços no futebol sul-americano, contratando o volante colombiano Jonny Mosquera, do América de Cali, e o atacante paraguaio Feliciano Brizuela, do 3 de Febrero. O elenco azurra para o Brasileirão também inclui alguns veteranos, que vão servir para transmitir experiência aos atletas da base e aos recém-chegados. Além de Douglas, que só deve estrear ao longo do Brasileirão, o zagueiro Betão, ex-Corinthians é uma das lideranças do plantel.

 

Geninho tem histórico vitorioso no Brasileirão

Poucos clubes de fora dos principais mercados do futebol brasileiro podem se gabar de contar com um técnico campeão nacional no banco. Pois esse é o caso do Avaí, treinado por Geninho, paulista de 71 anos. Ele levou o Athletico-PR ao título do Brasileirão em 2001, principal conquista de sua carreira. Mas o rodado treinador também já foi campeão estadual em São Paulo (pelo Corinthians, em 2003), Goiás (pelo Goiás, em 2006 e 2010) e Rio Grande do Norte (pelo ABC, em 2016 e 2017). Geninho também levou o Paraná ao título do Módulo Amarelo (equivalente à segunda divisão) da Copa João Havelange em 2000. Outros clubes de seu currículo: Vasco da Gama, Santos, Botafogo e Atlético-MG.

 

Copa do Brasil terminou cedo para o Avaí

A equipe de Florianópolis vai concentrar seus esforços no Brasileirão até o fim da atual temporada. Com o encerramento do Campeonato Catarinense, é a competição que restou ao Avaí. O clube também participou da Copa do Brasil, mas teve vida curta no torneio. Na primeira fase, o Leão goleou com facilidade o desconhecido Real Ariquemes por 4×1. Na etapa seguinte, eliminou o Brasil de Pelotas sem problemas: 2×0 na Ressacada. Só que a chave da competição não foi generosa com o Avaí, que acabou enfrentando o Vasco da Gama logo na terceira fase.

A equipe de Geninho ainda ofereceu resistência ao Cruzmaltino no jogo de ida, chegando a ficar na frente no placar antes de sofrer a virada: 3×2. Na volta, na Ressacada, o Avaí se lançou ao ataque, mas não conseguiu marcar e ainda sofreu um gol no segundo tempo: 1×0, Leão eliminado. O único consolo é a possibilidade de concentrar todas as atenções na disputa do Brasileirão. Para um elenco limitado e sem muitas opções para cada posição, como é o caso do Avaí, ter de disputar duas competições simultâneas pode acabar sendo um risco, até pela possibilidade de lesões.

 

Qual é a cotação do Avaí para o Brasileirão?

O Leão da Ilha será quase sempre um azarão nos jogos da Série A. Os odds do Avaí para o Brasileirão só deverão se equilibrar com os dos rivais em partidas contra outras equipes que buscam apenas a permanência na elite. É o caso da rival Chapecoense, da dupla Ceará e Fortaleza, do Bahia e do CSA. Nas apostas de longo prazo sobre a conquista do título, o Avaí inicia o campeonato dividindo a lanterninha das cotações com o Goiás e o CSA. Uma eventual conquista de alguma dessas equipes proporciona um lucro de incríveis R$ 251,00 a cada R$ 1,00 apostado.

 

O que é possível esperar do Leão da Ilha no Brasileirão

O objetivo é um só: o Avaí quer ficar na primeira divisão. A sequência de rebaixamentos e acessos a cada ano é péssima para a agremiação, que não tem tempo para se estruturar e buscar uma estabilidade. Em caso de novo descenso, seria a terceira vez seguida que o Avaí conquistaria o acesso e retornaria à Segundona logo em seguida. Além de continuar na Série A, o Avaí gostaria também de superar seu único rival local, a Chapecoense, na classificação final. Com a ausência do Figueirense, Avaí e Chape são os dois únicos times de Santa Catarina na primeira divisão. Vale lembrar que a Chape tem se mantido bem na elite, tendo inclusive conquistado vaga na Copa Sul-Americana na última temporada.

 

Melhores sites para apostar no Avaí

Diversos sites de apostas oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos do Avaí pelo Brasileirão. Você deve ficar de olho em quais oferecem os melhores odds, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as principais casas de apostas que aceitam palpites de brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas no país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções oferecidas aos novos usuários: os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando no Avaí

Como você já deve ter notado, as apostas esportivas são uma febre mundial. A chance de lucrar enquanto você torce e se diverte conquistou multidões de torcedores em dezenas de países. E no Brasil não é diferente: é cada vez maior o número de fãs de futebol que aproveitam para colocar suas fichas em seus times favoritos. Os jogos do Brasileirão são uma excelente oportunidade para quem gosta de testar seus conhecimentos nas casas de apostas. Você pode fazer seu palpite em absolutamente todas as partidas da Série A.

Quem ainda está começando a explorar o mundo das apostas pode usar o Brasileirão para descobrir como lucrar com os palpites em futebol. Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… As melhores casas de apostas do mercado também vão oferecer a possibilidade de fazer um palpite de longo prazo em quem vai ser o campeão brasileiro em 2019. Em meio a essa briga de gigantes, será que o Avaí vai se manter na elite?

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar