Brasileirão Série A

Apostas no Botafogo em 2019: como fazer seu palpite no Glorioso neste Brasileirão

Jogadores do Botafogo
Foto: Vitor Silva/SS Press/BFR‬

O Botafogo não começou bem a temporada, mas espera repetir as atuações dos últimos anos no Brasileirão 2019. Desde que retornou à Série A, em 2016, o Glorioso sempre ficou em uma posição confortável, sem sofrer com o risco de um novo rebaixamento. Com um elenco modesto, o clube da Estrela Solitária sabe que no momento não tem forças para lutar no topo da tabela com os times mais ricos do país. Isso não quer dizer que o Fogão não possa fazer um bom campeonato. Para os padrões atuais da equipe, isso significa dar um passo adiante em relação aos últimos campeonatos e sonhar, por exemplo, com uma vaga nas fases classificatórias da Copa Libertadores, como ocorreu em 2016.

Como o Botafogo não tem perspectivas de contratar reforços caros e repatriar jogadores de primeira linha, a esperança do torcedor alvinegro está depositada no jogo coletivo e na garra de seus jovens atletas. A expressão “jogar como time pequeno” define bem a forma de encarar cada partida no Brasileirão: apesar de ser uma das agremiações mais gloriosas do país, o Botafogo está com os pés no chão e vai disputar o campeonato correndo por fora e tentando surpreender. E isso deve ser levado em conta não só pelos rivais, mas também pelos adeptos das apostas esportivas. Em muitos casos, o Fogão vai entrar nos jogos do Campeonato Brasileiro da Série A como azarão, mas isso não quer dizer que o time não justifique o investimento: ele pode surpreender e proporcionar bons lucros.

 

Botafogo é bicampeão nacional

Poucos clubes têm um passado tão glorioso quanto o Botafogo. Na história centenária da agremiação, destaca-se a era de ouro do futebol botafoguense, nos anos 1950 e 1960. Foi um período em que o Fogão disputava com o Santos de Pelé o status de melhor time do Brasil. Era o tempo de Nilton Santos, Didi, Amarildo, Zagallo e, claro, Mané Garrincha. No fim desse período, o Botafogo conquistou seu primeiro título nacional: a Taça Brasil de 1968. Reconhecida como título equivalente ao Campeonato Brasileiro pela CBF, essa conquista marcou um dos pontos altos do período mais importante do futebol do clube.

A torcida botafoguense teve de esperar quase trinta anos para voltar a comemorar um título nacional. O bi veio no Brasileirão de 1995, quando Túlio e companhia derrotaram o Santos de Giovanni na final. Muitos dos campeões nacionais de 1995 já tinham levantado um troféu importante dois anos antes: a Copa Conmebol de 1993, com triunfo sobre o tradicionalíssimo Peñarol do Uruguai na decisão. A galeria de conquistas do Botafogo tem ainda quatro troféus do Torneio Rio-São Paulo e 21 títulos do Campeonato Carioca, o último deles conquistado em 2018.

 

Bota liderou o segundo pelotão em 2018

O Brasileirão do ano passado teve um Botafogo discreto porém seguro. A equipe ficou na nona colocação, atrás apenas dos clubes classificados à Libertadores (os seis primeiros mais o Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil, e Athletico-PR, vencedor da Sul-Americana). O Fogão ficou à frente de times com orçamentos bem maiores, como Corinthians e Santos – e superou dois de seus três rivais estaduais, Fluminense e Vasco. Uma campanha digna, com 51 pontos conquistados em treze vitórias e doze empates (a equipe também perdeu treze jogos). Os artilheiros do Glorioso foram Kieza e Rodrigo Lindoso, com sete gols.

O Botafogo chegou a preocupar sua torcida na metade do segundo turno, quando perdeu alguns jogos em sequência e chegou a se aproximar dos times do Z-4. A reação veio com uma ótima série de vitórias: foram cinco triunfos e um empate em seis jogos, incluindo resultados positivos contra Corinthians, Flamengo e Internacional. Um fator que poderá ajudar o Fogão em 2019 é a estabilidade no comando técnico. Em 2018, o time teve nada menos de quatro treinadores diferentes, sem contar o interino Bruno Lazaroni. Quem fechou o ano foi Zé Ricardo, mantido no cargo para a temporada 2019.

 

Um Campeonato Carioca para esquecer

O Botafogo foi muito mal no Carioca 2019. Entre todas as equipes da Série A nacional, só o Fogão não chegou pelo menos às fases semifinais. Isso significa que o time estava fora do páreo antes de todos os seus adversários no Brasileirão. Um sinal preocupante, e que precisa ser visto pela diretoria e pela comissão técnica como alerta para o campeonato mais longo e difícil da temporada. Se mostrar o mesmo futebol limitado e irregular que exibiu no Carioca, o Botafogo certamente vai flertar com a degola no Brasileirão.

Na Taça Guanabara, o Bota ficou em penúltimo lugar na fase de classificação, terminando à frente só da Cabofriense. Veio a Taça Rio e o desempenho melhorou muito pouco: quarto lugar em um grupo com seis times. Com isso, a equipe não teve nenhuma chance de disputar as semifinais, enquanto todos os seus principais rivais se garantiram nessa etapa da competição. Como único grande do Rio ausente da reta final do torneio, o Bota falhou feio na defesa do título estadual conquistado em 2018. Outro fator preocupante: a equipe não venceu nenhum clássico no campeonato.

 

Diego Souza é a grande referência do Fogão

Sem muito dinheiro no caixa, o Botafogo aproveitou a má fase do São Paulo, eliminado na fase preliminar da Libertadores, para se reforçar. Diego Souza estava ficando sem espaço no Morumbi e pintou como boa oportunidade de negócio para o Fogão. Trata-se de um jogador veterano, mas especialista em Brasileirão. Ele conhece o campeonato da Série A como poucos e terá muito a acrescentar ao longo do ano. De quebra, Diego ainda pode executar mais de uma função, jogando tanto como meia armador como no comando do ataque, onde tem atuado com mais frequência nos últimos anos.

Outro atleta que será decisivo para o desempenho do Botafogo no Brasileirão é Erik. Veloz e insinuante, o atacante é o motor do setor ofensivo botafoguense. Seu entrosamento com Diego Souza deve ser a chave para o sucesso da equipe na temporada. A ataque tem também um velho conhecido da torcida: Rodrigo Pimpão. No meio, Cícero veio do Grêmio para melhorar a qualidade do passe e dar mais experiência ao setor. Também vale destacar a posição de goleiro, em que o Bota está muito bem servido mesmo depois da despedida do ídolo Jefferson. O titular é Gatito Fernández e o reserva é o veterano Diego Cavalieri.

 

Novato substitui Zé Ricardo no comando

O Botafogo chega ao Brasileirão com técnico novo. Zé Ricardo foi demitido depois dos maus resultados no Estadual e deu lugar a Eduardo Barroca, que comandava o Sub-20 do Corinthians. Apesar da opinião de conselheiros que defendiam a contratação de um nome de mais peso e experiência, a diretoria apostou no treinador com boa passagem pela base do Fogão. Ele tem 37 anos e conquistou sete títulos comandando os jovens do Botafogo, além de ter chegado a outras três finais. Barroca foi para o Corinthians ao ser preterido na sucessão de Jair Ventura – ao saber que Felipe Conceição ganharia uma chance antes dele, o técnico deixou General Severiano. Agora tem a oportunidade de retornar.

 

Além do Brasileirão, Botafogo disputa Sul-Americana

O Botafogo terá de conciliar duas competições diferentes na temporada 2019. Ao mesmo tempo em que fazia péssima campanha no Campeonato Carioca, a equipe seguia adiante nos outros dois torneios em que tinha vaga: a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana. No torneio nacional, que o Fogão jamais conseguiu vencer, a estreia foi contra o Campinense, com vitória por 2×0. A segunda fase teve mais uma boa vitória do Bota, 3×0 sobre o Cuiabá. Na terceira fase, porém, a equipe acabou caindo diante do Juventude.

O desempenho na Copa Sul-Americana foi o ponto alto do Botafogo em 2019. O sorteio não foi bom para a equipe carioca, que pegou logo de cara os argentinos do Defensa y Justicia. É verdade que esse clube não tem tradição, mas o Defensa vivia um momento iluminado, brigando pelas primeiras colocações da Superliga Argentina. O Fogão não teve dó dos hermanos: venceu por 1×0 em casa e 3×0 fora, construindo um placar agregado de 4×0. A equipe aguarda o sorteio para saber seu caminho na competição, que pode ser a melhor oportunidade botafoguense de conquistar um título neste ano.

 

Qual é a cotação do Botafogo para o torneio?

Por ser uma equipe que não faz parte do pelotão de elite do campeonato, os odds do Botafogo para o Brasileirão podem ser uma boa pedida para quem busca lucrar nas casas de apostas. O time da Estrela Solitária não deve entrar como favorito nos jogos contra as equipes mais badaladas da competição – e isso pode significar ótimas margens de lucro caso o Fogão surpreenda. Em relação às pretensões no campeonato, porém, é bom não se iludir: o torcedor botafoguense sabe que será muito difícil ter papel de protagonista. Basta notar que, nas apostas de longo prazo em relação à conquista do título, uma possível conquista do Bota proporciona um lucro altíssimo: R$ 67,00 a cada R$ 1,00 investido.

 

O que é possível esperar do Bota no Brasileirão?

Como já citamos acima, a expectativa realista para o Botafogo na Série A é ter um papel de coadjuvante, com o objetivo principal de não correr nenhum risco de rebaixamento. A diretoria e a torcida sabem bem o tamanho do estrago causado pelo descenso. Continuar na elite é a prioridade. Se o time finalmente encaixar e começar a incomodar os mais fortes, aí sim será possível sonhar com voos mais altos, como a tão sonhada vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

 

Melhores sites para apostar no Fogão

Diversos sites de apostas oferecem a possibilidade de fazer palpites nos jogos do Botafogo, seja pelo Brasileirão, pela Copa do Brasil ou pela Sul-Americana. Você deve ficar de olho em quais oferecem os melhores odds, é claro, mas não só isso: é preciso lembrar que só sites de apostas com boa reputação no mercado merecem seu investimento. Afinal, você não vai querer passar aperto com uma casa de apostas de fama duvidosa, não é mesmo? Para ajudá-lo nessa tarefa, o Ganhador avaliou as principais casas de apostas que aceitam palpites de brasileiros.

Todos os sites listados abaixo recebem apostas realizadas no país, trabalham com movimentações financeiras em reais e têm menus de navegação no nosso idioma. Além disso, eles oferecem suporte ao usuário para esclarecer dúvidas e resolver possíveis problemas. Confira quais são os pontos fortes de cada um e escolha o que melhor atende às suas necessidades. E não deixe de aproveitar as promoções oferecidas aos novos usuários: os melhores sites do ramo dão bônus muito vantajosos a quem começa a apostar. Basta você se inscrever e fazer seu primeiro depósito para aproveitar os bônus.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como faturar apostando no Botafogo

Como você já deve ter notado, as apostas esportivas são uma febre mundial. A chance de lucrar enquanto você torce e se diverte conquistou multidões de torcedores em dezenas de países. E no Brasil não é diferente: é cada vez maior o número de fãs de futebol que aproveitam para colocar suas fichas em seus times favoritos. Os jogos do Brasileirão são uma excelente oportunidade para quem gosta de testar seus conhecimentos nas casas de apostas. Você pode fazer seu palpite em absolutamente todas as partidas da Série A.

Quem ainda está começando a explorar o mundo das apostas pode usar o Brasileirão para descobrir como lucrar com os palpites em futebol. Para esses torcedores, recomenda-se uma estratégia menos arriscada – fazendo uma aposta em vencedor simples ou no duplo, por exemplo. Já os apostadores mais experientes podem ir além, fazendo palpites mais elaborados – margem de gols, placar exato, handicap… As melhores casas de apostas do mercado também vão oferecer a possibilidade de fazer um palpite de longo prazo em quem vai ser o campeão brasileiro em 2019. Será que o Bota tem alguma chance?

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar