Copa do Brasil

Jogando pelo empate contra o Palmeiras no Mineirão, o Cruzeiro está a um passo da final da Copa do Brasil

Não passa nada

Segurança da dupla de zaga é uma das armas do Cruzeiro para superar o Palmeiras e chegar à final da Copa do Brasil.

Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

Copeiros, Mano Menezes e Felipão, ambos oriundos da escola gaúcha de futebol e com passagens pela Seleção Brasileira, definem hoje, no Mineirão, quem será um dos finalistas da Copa do Brasil.

Conforme foi mostrado aqui, quis o destino que Mano Menezes e Luiz Felipe Scolari pouco se enfrentassem em suas carreiras no futebol brasileiro. Com trajetórias muito parecidas, os dois técnicos gaúchos farão hoje, à partir das 21:45, no Mineirão, o seu quarto duelo à frente de clubes brasileiros. Com transmissão pela TV Globo para Belo Horizonte, SporTV 2, Fox Sports e Premiére, Cruzeiro e Palmeiras decidirão um dos finalistas da Copa do Brasil – Corinthians e Flamengo, no mesmo horário no Itaquerão, definirão o outro. A Raposa inicia a partida em vantagem: venceu o Verdão por 1 a 0 no Allianz Parque e joga pelo empate. Ao Palmeiras, apenas a vitória interessa: novo 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis e vitória por 2 ou mais gols coloca a equipe paulista na final.

Além da oportunidade de disputar o título e garantir uma vaga na Libertadores de 2019, a classificação hoje garante um prêmio de pelo menos R$ 20 milhões – reservado ao vice-campeão do torneio. Levantar a taça, entretanto, dará ao campeão uma premiação de R$ 50 milhões.

Nada mal.

 

O “suspense” no Cruzeiro

O Cruzeiro poupou boa parte de seu elenco titular na vitória sobre o Santos no último final de semana pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas, apesar de não ter um elenco tão gigantesco assim, a ordem do professor Mano Menezes é de sigilo absoluto em relação aos preparativos para o jogo de hoje.

Mas, as maiores dúvidas em relação ao time que vem jogando (bem) nos mata-mata está por conta da escalação ou não de Arrascaeta e Thiago Neves. O uruguaio – que acusou problemas físicos na semana passada e ficou fora do jogo contra o Boca Juniors –  tem o caso mais complicado e dificilmente irá a campo. Rafinha deverá ficar com a vaga. Neves, por sua vez, deverá estar entre os 11 que começarão jogando e Lucas Romero será o possível lateral-direito no lugar do suspenso Edílson.

 

Perder por 2 gols? Difícil, muito difícil…

Embora não pareça muito grande, a vantagem construída pelo Cruzeiro no duelo de ida é muito importante no que diz respeito ao retrospecto de sua dupla de zaga titular. Desde 2013, Dedé e Léo foram titulares na defesa do Cruzeiro em 31 partidas no Mineirão somando 20 vitórias, 6 empates e 5 derrotas. Destas derrotas, apenas uma foi por 2 gols de diferença: o 2 a 0 contra o São Paulo na 15ª rodada do Campeonato Brasileiro deste ano.

Para se classificar sem passar pela loteria dos pênaltis, o Palmeiras precisa, justamente, de uma vitória por 2 gols de diferença no estádio onde Felipão, à frente da Seleção Brasileira, tomou um baile por 7 a 1 da Alemanha. Ao todo – somando sua passagem por clubes e Seleção Brasileira – o técnico palmeirense fez 43 jogos no Mineirão: venceu 16, empatou 11 e perdeu 16.

 

O “suspense” no Palmeiras

Assim como Mano Menezes, Felipão poupou boa parte de seu time titular na vitória sobre o Sport no último domingo pelo Campeonato Brasileiro e realizou treinos fechados em Minas para tentar surpreender o Cruzeiro em casa.

Mas, apesar de ter mais opções no elenco do que seu adversário de hoje, Felipão não deverá mandar à campo nenhuma grande supresa ou tentar “tirar um coelho da cartola” – algo muito distante do estilo do professor. Sem desfalques naquele que é considerado o time titular, o Verdão deverá tentar dobrar o Cruzeiro na base da intensidade e vigor físico, sem mudanças em sua forma de atuar.

 

Vencer por 2 gols de diferença? Difícil, muito difícil…

Apenas um resultado interessa de verdade ao Palmeiras hoje: a vitória por 2 gols de diferença. Um triunfo pela diferença mínima levará o jogo para a decisão por pênaltis – situação onde tudo pode acontecer. O problema é que na história dos confrontos entre Cruzeiro e Palmeiras em Minas Gerais, o Verdão venceu a Raposa por 2 ou mais gols apenas uma vez: em 18 de maio de 1930 – 4 a 2 para o time paulista.

Desde então, os palmeirense venceram os mineiros em mais 7 ocasiões – sempre pela diferença mínima:

  • 2 x 3 – Amistoso 1937 (Barro Preto) – ambos ainda como Palestra Itália
  • 0 x 1 – Robertão 1970 (Mineirão)
  • 0 x 1 – Brasileiro 1973 (Mineirão)
  • 1 x 2 – Mercosul 2000 (Mineirão)
  • 0 x 1 – Brasileiro 2008 (Mineirão)
  • 1 x 2 – Brasileiro 2009 (Mineirão)
  • 2 x 3 – Copa do Brasil 2015 (Mineirão)

Mas, se o histórico da diferença em gols não é favorável, o desempenho do Palmeiras contra o Cruzeiro em mata-matas é melhor. O encontro já aconteceu em 10 oportunidades e em 7 delas os paulistas se classificaram ou conquistaram os títulos.

 

Possíveis escalações

Apesar do suspense da véspera, Mano Menezes e Felipão não tem tantas surpresas assim para mandarem a campo. Deste modo, o mais provável é que os times iniciem o jogo com as seguintes formações:

Cruzeiro

Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Thiago Neves, Robinho e Rafinha; Barcos.

Palmeiras

Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Bruno Henrique; Moisés, William e Dudu; Borja.

 

Palpite para Cruzeiro x Palmeiras

Com técnicos com estilos bem parecidos e times eficientes em seus sistemas defensivos não é difícil imaginar que o duelo de hoje termine em um empate com (poucos) gols. O Palmeiras, inevitavelmente, partirá para cima, se aproveitando da velocidade de William e Dudu. Isso dará ao Cruzeiro o contra-ataque – exatamente aquilo que Mano Menezes quer. É possível que os donos da casa saiam na frente, recuem, levem o gol de empate e aceitem a pressão do alviverde até o final que levará a Raposa à defesa do título contra Corinthians ou Flamengo.

 

Dicas de aposta

Clique aqui e acesse o post de Douglas Nunes para conferir as dicas do Ganhador para faturar com os duelos finais entre Cruzeiro x Palmeiras e Corinthians x Flamengo

 

JOGOS DE VOLTA DA SEMIFINAL DA COPA DO BRASIL 2018

QUARTA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO
  • 21:45 – Corinthians x Flamengo – Palpite: Corinthians
  • 21:45 – Cruzeiro x Palmeiras – Palpite: Empate

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar