Ganhador.com

Copa do Brasil

Comandados pelos veteranos Felipão e Mano Menezes, Palmeiras e Cruzeiro lutam por uma vaga na final da Copa do Brasil

Duelo de Veteranos

Multicampeões, Felipão e Mano Menezes lutam para chegar à final da Copa do Brasil

Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação

Habituados aos mata-mata, Felipão e Mano Menezes se enfrentam hoje no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil e garantem que um representante da escola gaúcha de futebol – marcada pela solidez defensiva – estará na grande final.

Hoje no Allianz Parque, a partir das 21:45, o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil entre Palmeiras e Cruzeiro terá nada menos que seis títulos do torneio nos bancos de reservas. O duelo, com transmissão da TV Globo para Varginha, Araxá, Coronel Fabriciano, Montes Claros e Belo Horizonte, e do SportTV2, colocará frente a frente as quatro conquistas de Luiz Felipe Scolari e as duas de Mano Menezes.

Com trajetórias profissionais muito parecidas – gaúchos, com início em clubes do interior do Rio Grande do Sul, com passagens por clubes paulistas e pela Seleção Brasileira – Felipão e Mano farão nesta quarta-feira o seu terceiro confronto. Antes de 2014, os técnicos nunca haviam se enfrentado porque viviam momentos diferentes em suas carreiras. Somente no Brasileirão daquele ano eles se enfrentaram pela primeira vez. À frente de Corinthians e Grêmio, respectivamente, Mano e Scolari conquistaram uma vitória cada. O duelo de hoje marcará o reencontro entre o maior campeão da Copa do Brasil (Scolari) contra o atual campeão (Mano). Quem chegar a final, pelo momento atual, terá um ligeiro favoritismo sobre Corinthians ou Flamengo que fazem a outra semifinal.

 

Como chega o Palmeiras

Ainda vivo nas três competições que disputa (Copa do Brasil, Brasileiro e Libertadores), o Palmeiras festeja boa fase do time desde a chegada de Luiz Felipe Scolari ao comando da equipe. Com um elenco repleto de opções e bem qualificado, Felipão tem conseguido rodar o time – sem perder a qualidade e a intensidade – e segue encarando as competições com os jogadores “inteiros”. Invicto no Brasileirão desde a saída de Roger Machado, o Palmeiras chega para o duelo de hoje embalado pela “tranquila” vitória sobre o Corinthians no último domingo. Dos prováveis titulares para o duelo de hoje, apenas Weverton, Thiago Santos e Dudu estiveram em campo no Dérbi.

Adepto de um mistério e da política de não antecipar a escalação do time, Felipão tenta “complicar” a vida de Mano Menezes. Nos 10 minutos em que o treino de terça-feira foi aberto para a imprensa, Bruno Henrique e Borja, que foram poupados na 24ª rodada do Campeonato Brasileiro em função de dores na panturrilha, não participaram da atividade inicial. Entretanto, diferente dos desfalques certos de Gustavo Scarpa, com uma inflamação no calcanhar e dos suspensos Deyverson e Felipe Melo, o volante brasileiro e o centro-avante colombiano deverão ir para o jogo sim.

 

Como chega o Cruzeiro

Mano Menezes, assim como Felipão, tem adotado o rodízio de jogadores no Campeonato Brasileiro. A exemplo do Palmeiras, o Cruzeiro é o único time que segue vivo nas três competições que disputa. A questão é que, diferente do clube paulista que segue bem em todas as frentes, a Raposa vem perdendo pontos preciosos no campeonato por pontos corridos e tem, neste momento, pouquíssimas chances de título.

Nos mata-mata, a história é outra. O time joga no limite do risco: quando sai na frente, fecha-se em sua defesa, aguenta a pressão e garante a vantagem mínima – se der para ampliar no contra-ataque, melhor. Quando sai atrás, pressiona até conseguir um resultado menos prejudicial.

Para o duelo de hoje, o Cruzeiro terá importantes reforços: Arrascaeta e Romero voltaram a treinar e devem estar em campo – fato que aumenta a qualidade da equipe de Mano Menezes. O zagueiro Dedé, que estava com a Seleção Brasileira, chega ao Brasil na manhã desta quarta-feira e será avaliado pelos médicos do Cruzeiro que determinarão se o atleta poderá ou não atuar no jogo de hoje. Caso não vá para o campo, Murilo deverá ficar com a vaga no miolo de zaga da Raposa. Manoel, outro zagueiro do elenco, corre por fora.

 

Possíveis escalações

Palmeiras

Acreditando que a não-participação de Bruno Henrique e Borja no início dos trabalhos em campo ontem não passa de um grande “migué” de Felipão, o mais provável é que o Palmeiras comece o jogo de hoje com:

Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Borja

Cruzeiro

Sem poder contar com Fred e Sassá que seguem em fase final de recuperação e com a incógnita de Dedé – que pouco fez ontem no amistoso da Seleção contra o poderoso time de El Salvador e deverá estar em campo –, o mais provável é que o Cruzeiro vá a capo com o seguinte time:

Fábio; Edílson, Dedé (Murilo), Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Raniel.

 

Palpite para Palmeiras x Cruzeiro

O jogo de hoje a noite dificilmente terá um caminhão de gols. Duas das melhores defesas do Brasil estarão em campo. Em 11 jogos sob o comando de Felipão, o Palmeiras sofreu apenas 2 gols – um na derrota para o Cerro Porteño (1 a 0) e outro na vitória por 2 a 1 sobre a Chapecoense pela 22ª rodada do Brasileirão.

O Cruzeiro também não fica atrás: conquistou o Mineiro com a melhor defesa do torneio – seis gols em 16 partidas – e não levou gol em 26 das 52 partidas oficiais que disputou.

No Brasileiro, o Verdão tem a terceira melhor defesa com 17 gols sofridos e é seguido justamente pela Raposa que sofreu 19.

O maior fiel desta balança, porém, é Felipão. Sua chegada mudou o Palmeiras de status, o jogo começou a fluir e os resultados vieram “facilmente”. Entra em campo hoje com um ligeiro favoritismo (joga em casa, está num momento melhor e chega menos pressionado para o duelo). Tem grandes chances de fechar o jogo com a vitória – mas vale lembrar que uma derrota por 1 gol de diferença ainda seria uma desvantagem administrável para o Cruzeiro no Mineirão no próximo dia 26.

Não devemos esquecer, também, que o Cruzeiro não sabe o que é perder para o Palmeiras desde agosto de 2015, quando perdeu em casa por 3 a 2 pela Copa do Brasil. Tabu também entra em campo e um empate manterá o status entre os dois times e não será, de maneira alguma, um resultado improvável.

 

Faturando alto

E se você se animou a testar sua sorte neste e no outro jogo da noite (Flamengo x Corinthians), o Ganhador te mostra todo o caminho para apostar na Copa do Brasil e ganhar com o desempenho dos times. Leia aqui o “tutorial” de Matías Carranza sobre o assunto e boa sorte.

 

JOGOS DE IDA DAS SEMIFINAIS DA COPA DO BRASIL 2018

QUARTA-FEIRA, 12 DE SETEMBRO
  • 21:45 – Flamengo x Corinthians – palpite: empate
  • 21:45 – Palmeiras x Cruzeiro – palpite: Palmeiras

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Humor: milagre! | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar