Vôlei

Dentil/Praia Clube x Sesc-RJ: o que esperar da grande briga deste fim da Superliga Feminina?

Foto: Divulgação Dentil/Praia Clube

Time do experiente técnico Bernardinho assume a liderança provisória na melhor fase de grupos dos últimos tempos

A Superliga Feminina já está em contagem regressiva para saber quem, afinal, vai terminar a fase de classificação na liderança. Restam apenas mais duas rodadas para o final, e a vantagem neste momento é do Sesc-RJ, que nesta quarta (7) foi até Marília, no interior de São Paulo, e levou a melhor sobre o Vôlei Bauru (SP) com uma vitória por 3 sets a 1 (25/18, 25/27, 25/23 e 25/18) no Ginásio Neusa Galetti, que recebeu um público de 2.800 pessoas.

O triunfo colocou o Sesc-RJ na liderança provisória da competição, com 52 pontos (18 vitórias e uma derrota). Há grande chance de esta ponta virar um segundo lugar ainda nesta semana, pois o Dentil/Praia Clube, invicto com 18 vitórias, enfrenta o lanterninha Sesi-SP, que tem apenas uma vitória em 18 partidas. A partida será às 19h30 (de Brasília) desta quinta (8), em Uberlândia (MG).

É de se esperar um triunfo do Praia Clube até mais fácil do que foi a vitória do Sesc, que contou com uma enorme noite da ponteira Drussyla, com 20 pontos – a maior pontuadora da partida, ao lado da oposta Tifanny, do Vôlei Bauru (SP).

“O jogo foi bem difícil no início e tivemos dificuldades no segundo set. Estudamos bastante o time delas, conseguimos marcar bem a Tifanny e defendemos bem. Além disso, os nossos contra-ataques funcionaram e acredito que esse foi o diferencial da partida”, analisou Drussyla.

As outras partidas desta quarta (7) contaram com vitórias de Hinode Barueri (ante o BRB/Brasília Vôlei), São Cristóvão Saúde/São Caetano (contra o Pinheiros) e Fluminense (sobre o Renata Valinhos/Country).

Além do Praia Clube e do Sesc, as primeiras colocações na Superliga Feminina contam com Vôlei Nestlé, Camponesa/Minas e Hinode Barueri, que fecham as cinco primeiras posições. O grupo das oito classificadas aos playoffs tem hoje também as equipes do Fluminense, Pinheiros e Bauru.

O grande atrativo deste final da fase de grupos vai ser o duelo entre as líderes da competição, Praia Clube e Sesc, que se enfrentam no próximo dia 27, no Ginásio do Praia Clube, em Uberlândia.

 

Revanche marca Superliga Masculina

A quinta rodada entre os homens seguirá com quatro jogos nesta quinta (8). O mais aguardado deles é o encontro entre o Sesi-SP e o Minas Tênis Clube (MG) às 19h, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo. Promete ser um jogaço. No primeiro turno, os mineiros ganharam por 3 sets a 1, em 8 de novembro, com parciais de 20/25, 25/23, 25/21 e 25/22. O Sesi-SP é o terceiro colocado na tabela, com 35 pontos, enquanto a equipe mineira ocupa a quinta posição, com 31.

“Não conseguimos jogar bem e, por outro lado, eles fizeram uma partida muito boa. O Minas é uma equipe que tem uma base que joga junto há um tempo e, por isso, está muito bem entrosada, e que conseguiu encontrar um equilíbrio ainda maior com as chegadas do Marlon e do Bob”, comentou Lucão, o experiente central do Sesi.

“O Minas trabalha muito bem com os jogadores mais jovens, criando uma identidade bacana para a equipe, o que deixa o jogo sempre complicado. Estratégica e taticamente, eles jogam muito bem. Por isso, com certeza vai ser mais uma partida difícil e temos que fazer de tudo para conseguir os três pontos que, para o nosso time, que está tentando subir na tabela, são muito importantes.”

O Sada Cruzeiro (MG) lidera a classificação da Superliga Cimed masculina, com 43 pontos, seguido pelo Sesc-RJ, que tem 39. O Sesi-SP é o terceiro colocado, com 35 pontos, enquanto o EMS Taubaté Funvic (SP) tem 33. O Minas é o quinto, com 31 pontos.

A rodada teve início no dia 31 de janeiro, com a vitória do Sada/Cruzeiro (MG) sobre o Lebes Canoas (RS) por 3 sets a 0, em jogo antecipado devido à participação da equipe mineira no Campeonato Sul-Americano de Clubes. E o último jogo será na sexta (9), entre Vôlei Renata (SP) e Montes Claros Vôlei (MG), às 20h30 (de Brasília), no Taquaral, em Campinas (SP), com transmissão ao vivo do SporTV.

 

Jogos da 5ª rodada do returno da Superliga Masculina

Quinta-feira, 8 de fevereiro

  • 19:00 – Sesi-SP x Minas Tênis Clube – Palpite: Sesi
  • 19:30 – JF Vôlei x EMS Taubaté Funvic – Palpite: Taubaté
  • 20:00 – Corinthians-Guarulhos x Copel Telecom Maringá – Palpite: Corinthians
  • 20:00 – Sesc-RJ x Ponta Grossa Caramuru  – Palpite: Sesc
  • 20:30 – Vôlei Renata x Montes Claros Vôlei   Palpite: Renata

 

Jogos da 9ª rodada do returno da Superliga Feminina

Quarta-feira, 7 de fevereiro

  • Pinheiros 2×3 São Cristóvão Saúde/São Caetano
  • Vôlei Bauru 1×3 Sesc-RJ
  • Brasília Vôlei 1×3 Hinode Barueri
  • Fluminense 3×0 Renata Valinhos Country

Quinta-feira, 8 de fevereiro

  • 19:00 – Camponesa/Minas x Vôlei Nestlé – Palpite: Minas
  • 19:30 – Dentil/Praia Clube x Sesi-SP – Palpite: Praia Clube

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar