Ganhador.com

Futebol: Podcast

Corinthians cai em Campinas pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro e vê o São Paulo derrubar Levir Culpi no Santos e fugir do Z-4

O final de semana que foi de pura alegria para Dorival Júnior e o São Paulo, trouxe demissão no Santos e dores de cabeça para o Corinthians que após a derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta em Campinas pela 31ª rodada do Brasileirão da Série A passa a noite de hoje torcendo pelo Cruzeiro contra o Palmeiras na esperança de ver sua vantagem na liderança do campeonato ser mantida em 6 pontos. Fábio Carille e seus comandados sabem que não será fácil.

Aperte o play e ouça nosso comentário sobre a rodada e leia a seguir nosso resumo para os jogos do final de semana.

 

Peixe morre na praia?

Depois da bagunça feita pela diretoria no caso da “não-demissão” de Levir Culpi, estava na cara que o Santos iria para o jogo contra o São Paulo numa tiriça de dar dó. E não deu outra: sem vontade, sem tática, sem Zeca – que pediu pra sair – e sem Lucas Lima – que foi, entrou em campo, tocou na bola e nada fez –, o Peixe foi presa fácil para o São Paulo que, sem jogar o fino da bola, tomou os sustos de sempre com Sidão, mas viu Hernanes dominar a partida, dar os passes para os gols de Marcos Guilherme e Cueva (e ainda dar mais um para Petros carimbar a trave de Vanderlei) e definir a vitória tricolor por 2 a 1 (Alisson diminuiu para o Santos).

Com o resultado o São Paulo coloca preciosos 5 pontos entre ele e o Z-4 e pode respirar aliviado. Ainda não está salvo, é claro, mas o risco de rebaixamento é cada vez menor.

A diretoria do Santos aproveitou o resultado para corrigir o erro da semana passada – tem que ser  muito ingênuo mesmo para acreditar que o técnico que chegou a ser demitido, via imprensa, pela manhã, foi mantido pela vontade do elenco na hora do almoço e que já sabe que não seguirá no clube na temporada seguinte é mesmo a pessoa mais indicada para continuar no comando do time até o fim da temporada. Isto só piora o que não vem bem e expõe mais uma vez o amadorismo dos cartolas brazucas. De todo modo, a exemplo de Vanderlei Luxemburgo na última quinta-feira, Levir Culpi foi demitido ainda no vestiário do Pacaembu. Elano – que segundo o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, não tem chances de ser efetivado –, será o técnico pelo restante do Brasileiro.

 

Despencou, sim, meu filho

E se alguém tinha dúvidas com relação à poderosa mandinga de Pai Renato de Bagé, elas se acabaram ontem.

Depois de um primeiro tempo pavoroso – e de ir para o vestiário perdendo por 1 a 0 – em Campinas, o técnico Fábio Carille mexeu na “formação que não perdeu nesta temporada” e com Clayson e, depois, Pedrinho nos lugares de Gabriel e Romero (menos útil que uma cadeira de palha), fez o Corinthians pressionar a Ponte Preta durante todo o segundo tempo. O Timão, entretanto, parou na atuação impecável de Aranha, que pegou tudo e mais um pouco para garantir a vitória que não tira a Macaca do Z-4 mas acende todos os sinais de alerta possíveis no líder do Brasileirão.

Ao perder para o São Paulo, o Santos deixou escapar a oportunidade de se aproximar do Corinthians e lutar pelo título. O Palmeiras, entretando, se vencer o Cruzeiro no jogo de logo mais, no Allianz Parque, pode chegar para o clássico contra o Timão pela 32ª rodada a apenas 3 pontos de diferença do líder e com enormes chances de ser Campeão Brasileiro.

O campeonato pega fogo nas últimas rodadas e o ambiente no Praque São Jorge também. Com desempenho, no segundo turno, de candidato ao rebaixamento, o Corinthians corre o rsico de colocar em sua história a perda do Campeonato Brasileiro mais ganho de sua vida. O alvinegro queimou particamente toda a gordura que tinha acumulado no primeiro turno e, embora siga dependendo apenas de si para ser campeão, precisa voltar a somar mais pontos do que os rivais para conquistar o seu objetivo.

 

Final de semana de empates

Em uma rodada onde apenas 3 jogos realmente interessavam na luta pelo título (São Paulo x Santos, Ponte Preta x Corinthians e Palmeiras x Cruzeiro), o festival de empates serviu para encher os torcedores de sono.

Para começar, nenhum time carioca venceu.

O Fluminense empatou em 1 a 1 com o Bahia no Maracanã, no domingo, em um jogo movimentado, mas dentro dos limites daquilo que os dois elencos podem produzir. Ainda assim foi infinitamente melhor que insosso 0 a 0 entre Flamengo e Vasco que o mesmo Maracanã viu no sábado. Com uma falta de pontaria terrível, os dois grandes do Rio jogaram para o gasto e jogaram também o tempo dos torcedores no lixo. Pior para o Vasco que perdeu a oportunidade de ultrapassar o rubro-negro na classificação e entrar no G-6 (Libertadores).

Subir na tabela também era o objetivo de Botafogo e Atlético-MG, que sem muita inspiração não saíram do 0 a 0 – apesar das tentativas do Galo. O resultado não muda nada para nenhum dos dois times em termos de classificação. Ou melhor: muda para o Botafogo, que ultrapassa o Cruzeiro e chega ao 5º lugar. Mas a Raposa joga hoje e pode recuperar a posição.

Além disso, em mais um jogo sonolento além da conta, Atlético-PR e Chapecoense não saíram do 0 a 0 em uma partida que merecia a derrota dos dois times e a devolução do dinheiro gasto com o ingresso.

Mantendo sua sina de não vencer em casa neste Campeonato Brasileiro, o Vitória empatou em 1 a 1 com o Atlético-GO. Um resultado importante no objetivo das duas equipes que é tirarem o visto de trabalho da Série B.

Avaí 2 x 2 Grêmio (reserva) foi um pouco mais divertido, com o tricolor gaúcho saindo na frente por duas vezes, tendo um gol legítimo anulado e ainda contando com a boa atuação de Paulo Vítor no gol no final para segurar a pressão dos donos da casa e garantir o pontinho fora. Não que o Brasileirão ainda interesse ao Grêmio, mas manter-se no G-4 faz parte do ‘Plano-B”, então, todo ponto é importante. Infelizmente para o Avaí, o resultado recoloca a equipe no Z-4. Uma pena.

 

Show de gols

Meio que para compensar o miserê de gols da rodada, Sport e Coritiba fizeram o jogo mais divertido do domingo. Por duas vezes o Coritiba esteve à frente no placar na Ilha do Retiro – e ainda viu Wilson defender 2 pênaltis. O Sport, que demitiu o técnico Vanderlei Luxemburgo na última quinta-feira mostrou um pouco mais de disposição que em outros jogos, mas isso não impediu que aos 45 do segundo tempo o Coxa marcasse e fechasse o duelo em 4 a 3, resultado que tira o time de Marcelo Oliveira do Z-4 (pelos menos até a próxima rodada).

 

Fechando

A rodada temina hoje, a partir das 20 horas com a partida entre Palmeiras e Cruzeiro no Allianz Parque – duelo que pode colocar o Verdão na vice-liderança isolada do campeonato, a 3 pontos do líder Corinthians.

 

Resultados da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro

Sábado, 28 de outubro de 2017

  • 17:00 – São Paulo 2 x 1 Santos
  • 19:00 – Flamengo 0 x 0 Vasco
  • 21:00 – Atlético-PR 0 x 0 Chapecoense

Domingo, 29 de outubro de 2017

  • 17:00 – Fluminense 1 x 1 Bahia
  • 17:00 – Atlético-MG 0 x 0 Botafogo
  • 17:00 – Ponte Preta 1 x 0 Corinthians
  • 18:00 – Sport 3 x 4 Coritiba
  • 18:00 – Vitória 1 x 1 Atlético-GO
  • 19:00 – Avaí 2 x 2 Grêmio

Segunda-feira, 30 de outubro de 2017

  • 20:00 – Palmeiras x Cruzeiro – palpite: Cruzeiro

 

Classificação do Campeonato Brasileiro

Até o momento, o Brasileirão tem a seguinte classificação:

  1. Corinthians, 59 – Campeão + Taça Libertadores da América.
  2. Palmeiras, 53 – Taça Libertadores da América.
  3. Santos, 53 – Taça Libertadores da América.
  4. Grêmio, 51 – Taça Libertadores da América.
  5. Botafogo, 48 – Taça Libertadores da América.
  6. Cruzeiro, 47 – Taça Libertadores da América (campeão da Copa do Brasil).
  7. Flamengo, 47 – Taça Libertadores da América.
  8. Vasco, 44 – Copa Sul-Americana.
  9. Atlético-PR, 42 – Copa Sul-Americana.
  10. Atlético-MG, 42 – Copa Sul-Americana.
  11. São Paulo, 40 – Copa Sul-Americana.
  12. Chapecoense, 39 – Copa Sul-Americana.
  13. Bahia, 39 – Copa Sul-Americana.
  14. Fluminense, 39 – Copa Sul-Americana.
  15. Sport, 35
  16. Coritiba, 35
  17. Ponte Preta, 35
  18. Avaí, 35 – Série B
  19. Vitória, 34 – Série B.
  20. Atlético-GO, 27 – Série B

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar