Paulista A2 e A3

Nacional e Inter de Limeira fazem primeiro jogo da final do Paulistão A3; confira o prognóstico

Foto: Divulgação Inter de Limeira

Apesar do foco na luta pelo título, as duas equipes já conquistaram o principal objetivo na competição, que foi o acesso à Série A2 no ano que vem.

E a Série A3 do Paulistão vai chegando aos seus momentos derradeiros. Depois de uma longa disputa, que começou no dia 28 de janeiro, é a hora da decisão. Serão duas partidas – a primeira neste sábado (20) e a segunda, no próximo dia 27 – entre a Inter de Limeira e o Nacional. O primeiro jogo da final irá acontecer no estádio Comendador Souza às 10h30 (horário de Brasília), com o mando de campo do Naça.

 

NACIONAL X INTER DE LIMEIRA

Aliás, a presença do Nacional na disputa pelo título é uma surpresa, já que a equipe foi a sexta colocada na fase de classificação e, tanto nas quartas de final como na semifinal, somente conseguiu buscar a vaga com vitórias na casa dos adversários. Na fase anterior, o clube do bairro da Água Branca, em São Paulo, despachou um dos grandes favoritos ao título, o Olímpia, que foi a melhor equipe da primeira fase.

Depois de perder o primeiro confronto da semi, em seus domínios, por 2 a 1, o Naça derrotou o Super-Galo, em pleno Estádio Maria Tereza Breda, pelo placar mínimo. Com isso, a decisão da vaga foi para os pênaltis, quando a representação da capital fez 4 a 2. A Internacional teve um caminho um pouco menos tortuoso, já que havia empatado em 1 a 1 com o Monte Azul, fora, e ratificou a classificação e o acesso à Série A2 ao vencer o Azulão por 2 a 1, em Limeira.

Depois de dez anos, o Nacional irá disputar a Segundona do Campeonato Paulista, em mais uma tentativa de retomar seus melhores dias. Para se ter uma ideia da tradição do clube, Charles Miller, famoso por ter trazido o futebol para o Brasil, jogou com a camisa do Naça. Na história, a equipe teve como principais títulos as duas conquistas na própria Série A3, em 1994 e 2000. A última participação na elite do futebol paulista foi em 1974.

Já a Inter de Limeira dispensa apresentações. O auge do Leão da Paulista foi na década de 1980, quando faturou seu título mais importante, o Paulistão de 1986, em final realizada contra o Palmeiras, sendo a primeira agremiação do interior a alcançar tal feito. Dois anos depois, o clube alcançou outro grande feito que foi a conquista da Série B do Brasileirão. Na A2 paulista, a Inter ergueu três taças: em 1978, 1996 e 2004. Agora, o time de Limeira pode ganhar a Série A3 pela segunda vez, já que a primeira foi no longínquo ano de 1966.

 

OS TRUNFOS DE NACIONAL E INTER DE LIMEIRA PARA A DECISÃO DA A3

Pelos lados da Inter, há um treinador pé quente no banco de reservas. Comandante do Leão, João Vallim obteve seu sétimo acesso de divisão em cinco clubes diferentes: Itararé, Taboão da Serra, Velo Clube, Taubaté, além da própria representação de Limeira, por quem espera conquistar o primeiro título como técnico da equipe alvinegra. Já pelos lados do Nacional, a força fora de casa impressiona. E é bom a Internacional não se descuidar, pois pode ver o rival dando a volta olímpica no estádio Major José Levy Sobrinho (Limeirão), no sábado da próxima semana (27).

 

COMPARATIVO DAS CAMPANHAS

Na primeira fase, jogando em casa, a Inter de Limeira venceu o Naça por 1 a 0. Aliás, o triunfo foi importante, pois garantiu a classificação do Leão para o mata-mata. E a consistência do campeão paulista de 1986 foi uma marca na atual edição da Série A3. Na primeira etapa da competição, os comandados de João Vallim perderam apenas quatro vezes e mantiveram a invencibilidade nas quartas e na semifinal. Já o Nacional amargou seis derrotas na primeira fase da competição e perdeu para o Olímpia no duelo de ida da semi.

 

Prováveis escalações:

NACIONAL: Felipe Lacerda; Thiaguinho, Luiz Henrique, Jeferson e Ricardinho; Caio (Jobson), Everton, Negueba e Emerson Mi; Éder Loko (Célio Guilherme) e Léo Castro (Laércio).
Técnico: Tuca Guimarães

INTERNACIONAL DE LIMEIRA: Rafael Pim; Balardim, Carlão, Murilo e Calixto; Marquinhos, Teco e André Mococa; Lucas Douglas, Tom (Éder Paulista) e Wesley (Ricardinho).
Técnico: João Vallim

 

Palpite:

A Inter de Limeira é a grande favorita à conquista do título da A3. O Nacional já está satisfeito com o acesso. Como na fase de mata-mata, o Naça não venceu em casa, as chances de o Leão alcançar a vitória no primeiro jogo da decisão são grandes. E é o que deve acontecer neste sábado, sempre com um gol de diferença, marca do time de Vallim.

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Jose Pessini

    20 de maio de 2017, às 08:40

    Grande Azul Celeste. Agora vamos segiir em frente para nunca mais voltar. Parabens a todos nacionalistas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.