Eliminatórias da Copa do Mundo 2018

Brasil de Tite vence o Peru e conquista sexta vitória consecutiva

Foto: AP Photo/Enrique Cuneo

E o Brasil não decepcionou! Na última rodada do ano pelas Eliminatórias da Copa do Mundo na América do Sul, a seleção pentacampeã confirmou nossas previsões. Foi até Lima e, com garra e trabalho em equipe, conseguiu vencer o Peru e aumentar a vantagem da liderança.

 

Peru 0 x 2 Brasil

O primeiro tempo começou devagar para os brasileiros, enquanto a Seleção Peruana esteve bastante ofensiva desde o início. Em bela jogada, Carrillo chegou a acertar uma bola perigosíssima na trave brasileira. Mas a maré virou no segundo tempo. Inspirada, a Seleção Brasileira partiu para o ataque. Phillipe Coutinho se embolou com três zagueiros e acabou indo parar no chão da grande área, mas a bola perfeita sobrou para Gabriel Jesus, que finalizou com tranquilidade e fez o primeiro gol para o Brasil. Neymar arriscou de longe algumas vezes, mas foi Renato Augusto quem marcou o segundo, com assistência de Gabriel Jesus.

Tendo Jesus ao nosso lado, chega a ser covardia com as outras seleções.

 

Argentina 3 x 0 Colômbia

Poucas horas antes da partida do Brasil começar, a Argentina dava um show de futebol para cima da Colômbia. Como era de se esperar, o nome do craque é Messi. Mas a equipe inteira teve boa sinergia, fez belíssimas jogadas e dominou a partida. Primeiro, Messi abriu o placar com gol em cobrança de falta. Depois, desafiou a marcação pesada e fez o levantamento no capricho para Lucas Pratto, que marcou o segundo de cabeça.

Para encerrar e levar a torcida à loucura, Messi foi o foco de uma jogada impressionante. Primeiro, confundiu os zagueiros ao devolver a bola para Pérez com toque de letra. Pérez foi desarmado em seguida, mas Messi disparou como um míssil e retomou a posse tão de repente que deixou o zagueiro sem reação. Invadiu a pequena área, tocou para Higuaín, que escorregou e falhou em finalizar, mas Di María entrou na jogada e encerrou o duelo com chave de ouro.

Ontem os torcedores argentinos foram dormir felizes, apesar da rouquidão por tanto gritar “olé”. Tendo conquistado o placar de 3 a 0, encerram o ano na 5ª posição. Se as eliminatórias terminassem hoje, iriam para a repescagem. Mas ainda temos seis jogos pela frente, e a Argentina está a apenas 1 pontinho da primeira seleção dentro da zona de classificação para a Copa do Mundo. Os corações estão prontos para um 2017 de grandes conquistas.

As notícias não são tão boas para a Colômbia. A derrota custou caro. Três posições, para ser mais exato. Muito trabalho os espera no ano que vem.

 

Chile 3 x 1 Uruguai

Como esperado, o Uruguai começou dando trabalho. Logo de cara, fez o goleiro adversário trabalhar bastante. Na boa estratégia “tanto bate até que fura”, aos 16 minutos Cavani garantiu o primeiro gol da partida, obrigando a Seleção Chilena a buscar a virada. Das cinco seleções que sofreram derrotas na rodada, foi a única a conseguir marcar um gol.

Mas a equipe chilena não demorou a reagir. Ainda no primeiro tempo, aumentou a posse de bola, o que culminou no gol de Vargas, de cabeça, que deixou o placar igual. O segundo tempo foi de Alexis Sánchez, que fez o gol da virada e ainda ampliou. O goleiro chileno Claudio Bravo chegou a assustar a equipe no finazinho da partida, ao cometer pênalti contra Gastón Ramírez. Mas ele mesmo resolveu o problema, defendendo a cobrança de Luis Suárez.

Com a vitória, o Chile ganha uma posição e agora está dentro da zona de classificação. O Uruguai se mantém estacionado na vice-liderança.

 

Equador 3 x 0 Venezuela

Outra equipe que prometeu e cumpriu foi o Equador. No primeiro tempo, esbarrou na defesa adversária. Mas os venezuelanos pareceram perder o fôlego na etapa final, em que o time da casa deslanchou. Com gols de Arturo Mina, Miller Bolaños e, três minutos depois, Enner Valencia, garantiu o 3 a 0.

O Equador também sobe uma posição e não dá moleza para o Chile. As duas equipes somam a mesma pontuação, mas os equatorianos têm a vantagem no saldo de gols, que lhes garante a 3ª colocação na tabela.

 

Bolívia 1 x 0 Paraguai

Mesmo jogando em casa, foi uma vitória difícil para a Bolívia, que enfrentou um primeiro tempo bem equilibrado. A situação se complicou ainda mais com a expulsão de Valverde aos 15 minutos da etapa final. A Seleção Boliviana precisou se virar com um a menos, uma tarefa e tanto, que só foi possível pelo lance bonito de Marcelo Moreno. Ele aproveitou a saída do goleiro Anthony Silva, driblou-o e — lado a lado com o gol — tocou para Ballivián, mas a bola nunca chegou. Foi interceptada pelo zagueiro Gustavo Gómez e resvalou para a rede. Assim, os paraguaios ficam mais longe da Copa do Mundo.

 

Os odds da rodada

A 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo na América do Sul foi dominada pelos times que já contavam com nosso favoritismo. Nenhuma zebra galopou, e o lucro dos apostadores foi certeiro. O que melhor rendeu foi a vitória difícil da Bolívia.

Confira abaixo quais eram as cotações da rodada. Os números são de acordo com o OddsShark.com/br e refletem o valor que os investidores receberam para cada R$ 1 aplicado nas casas de apostas.

  • Bolívia 1 x 0 Paraguai — vitória da Bolívia: R$ 2,30
  • Equador 3 x 0 Venezuela — vitória do Equador: R$ 1,22
  • Chile 3 x 1 Uruguai — vitória do Chile: R$ 2,20
  • Argentina 3 x 0 Colômbia — vitória da Argentina: R$ 1,40
  • Peru 0 x 2 Brasil — vitória do Brasil: R$1,60

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar