Ganhador.com

Futebol

27ª Rodada do Brasileirão não mexe no G-4, mas agita o meio da tabela

Yerry Mina do Palmeiras

Marcada por zebras e partidas com muitos gols, a 27ª Rodada do Campeonato Brasileiro sacudiu o meio da tabela, enquanto reafirmou a supremacia dos times que estão na zona de classificação para a Libertadores. O momento é decisivo. Fluminense e Atlético Mineiro disparam em busca do G-4. Cruzeiro cai para a zona da degola. Internacional sofre a quarta derrota consecutiva. E faltam apenas 11 rodadas para o fim da competição.

Confira o resumo, jogo a jogo:

 

Palmeiras 2 x 1 Coritiba

Palmeiras começa o primeiro tempo davagar, esbarrando na defesa bem estruturada do Coritiba. Com vários gols perdidos, Gabriel Jesus demonstra com clareza sua frustração. Porém, no segundo tempo, Leandro Pereira entra no lugar de Erik e abre o placar de cabeça, mostrando porque o Palestra é o melhor ataque da competição. Com jogada ensaiada, Yerry Mina marca o segundo gol e comemora com dancinha. Iago faz o gol de honra do Coxa e a partida termina em 2 a 1. O Palmeiras se mantém líder da competição e o Coritiba cai para o 14º lugar, empatado em pontos com o Sport, mas contando com uma vitória a menos.

 

Sport 1 x 0 Santos

O Leão da Ilha aproveita o descuido do Peixe e surpreende. Começa o jogo já na ofensiva, criando boas oportunidades e fazendo finalizações. Aos 11 minutos, Rogerio dribla três zagueiros e faz o gol da vitória. O Santos tenta reagir, mas Lucas Lima perde chance de fazer o gol do empate. Aos 27 minutos do segundo tempo, Elano recebe cartão vermelho e deixa a equipe na desvantagem. A vitória coloca o Sport um passo mais longe da zona da degola, enquanto o Santos, apesar de perder a invencibilidade de três jogos, segue no G-4, a dois pontos do 5º colocado, Fluminense.

 

América Mineiro 1 x 0 Botafogo

Apesar de ser o lanterna da competição, o Coelho não está para brincadeira. Jogando de igual para igual com o Botafogo, faz boas jogadas em equipe e cria boas oportunidades. Destaque para as belas defesas do goleiro Fernando Leal. Do outro lado, os zagueiros botafoguenses têm boa atuação, mas a bola entra aos 19 minutos do segundo tempo, com cruzamento de Ernandes e finalização de Jonas. Com segunda vitória consecutiva e quase um mês de invencibilidade, o América-MG sonha com a permanecer na Série A. Mas vai precisar de muito mais vitórias e uma pitada de sorte, pois as chances de ser rebaixado estão em 96,7%. Por sua vez, o Botafogo perde uma posição na tabela e fica em 10º.

 

Atlético Paranaense 3 x 0 Ponte Preta

Jogo equilibrado, começa com muitas finalizações para os dois lados. O Furacão abre o placar no acréscimo do primeiro tempo, com pênalti sofrido por Lucas Fernandes e convertido por Thiago Heleno. No segundo tempo, a Ponte substitui Felipe Azevedo por William Pottker, mas o atacante recebe cartão vermelho logo em seguida. O Furação aproveita a desestruturação do adversário, adianta o time e Leo Morais marca o segundo gol. O zagueiro Thiago Heleno marca o terceiro e se consagra artilheiro da partida. O Atlético-PR vai a 6º lugar e mira o G-4, enquanto o Ponte Preta cai uma posição e fica na 9ª.

 

Figueirense 3 x 1 Santa Cruz

Em duelo dentro da Z-4, Figueira abre a partida com gol relâmpago de Ayrton e desestrutura o time adversário. Lins encerra o primeiro tempo com o segundo gol, e Danny Morais marca um contra, consolidando o Santa Cruz como pior defesa do campeonato. Keno ainda marca seu oitavo gol na competição, mas é tarde demais para uma recuperação do time Tricolor. A derrota afunda ainda mais o Santa Cruz na zona da degola. Enquanto isso, na estreia do técnico Marquinhos Santos o Figueirense coloca a cabeça para fora d’água e vê com otimismo o próximo duelo contra o Internacional, que vive péssimo momento.

 

Vitória 2 x 0 São Paulo

O São Paulo tentou, chutou na trave, perdeu várias oportunidades e até viu a bola balançar a rede, mas o lance estava impedido. Com cinco derrotas nos últimos dez jogos, o desespero começou a bater. Com falta cometida por Eugenio Mena dentro da área, o Tricolor Paulista deu a chance que o Rubro-Negro Baiano precisava para abrir o placar. Marinho cobra o pênalti, o goleiro Denis até toca na bola, mas é gol para o Vitória. Mais uma falta aos 25 do segundo tempo, Marinho chuta para o gol, o zagueiro Lyanco desvia, mas a bola bate no travessão e cai para dentro. Gol contra, a favor do Vitória. Após breve momento na Z-4, o Vitória se agarra à tábua de salvação e conquista a 15ª posição, uma acima da rodada passada. Por sua vez, o São Paulo estacionou no 12º lugar, em uma campanha morna no Brasileirão.

 

Flamengo 2 x 1 Cruzeiro

Enfrentar o vice-líder da competição em casa é uma tarefa árdua, que o Cruzeiro desempenhou muito bem no primeiro tempo da partida. Com muitos grandes momentos, jogadas sensacionais e defesa do goleiro Rafael até em finalização de bicicleta, a Raposa mostrou-se oponente à altura. Desafiou a marcação cerrada do Rubro-Negro durante toda a partida e abriu o placar aos 29 do segundo tempo. No entanto, a derrota em Cariacica não era uma opção para o Fla, que há quatro semanas se mantém a apenas um ponto da liderança. Reagiu e recuperou. O peruano Guerrero fez o gol do empate aos 38 do segundo tempo, e o argentino Mancuello virou o jogo aos 43 minutos. O Flamengo segue ameaçando a liderança do Palmeiras e o Cruzeiro perde duas posições e afunda na zona da degola.

 

Corinthians 0 x 1 Fluminense

Depois de, na mesma semana, ser eliminado da Copa do Brasil em jogo com três gols anulados contra o Timão, o Flu retorna a Itaquera para duelo com sabor de revanche. A partida se manteve levemente equilibrada, com destaque para as defesas sensacionais de Walter, o goleiro alvinegro escalado como titular para substiuir o lesionado Cássio. Tudo indicava o empate. Contudo, aos 49 minutos do segundo tempo, Cícero aproveitou o rebote e chutou para dentro do gol, definindo o triunfo tricolor em lance controverso. O Fluminense se mantém na “montanha-russa” de vitórias e derrotas e garante a 5ª colocação na tabela. O Corinthians cai para a 7ª posição, se afastando ainda mais do sonhado G-4, e se torna o único mandante da rodada a ter que amargar a derrota.

 

Grêmio 1 x 0 Chapecoense

Depois de sete jogos sem vitória, inclusive um pela Copa do Brasil, em que precisou disputar nos pênaltis a vaga nas Quartas de Final, o Grêmio foi com tudo para cima do Chapecoense. Pedro Rocha marcou aos 10 minutos do primeiro tempo. Não conseguiu alargar a vantagem, mas já foi o suficiente para sair do jejum. O Grêmio sobre três posições e deixa a Ponte, o Botafogo e o próprio Chapecoense comendo poeira.

 

Atlético Mineiro 3 x 1 Internacional

Já virou até meme na Internet. Com seu histórico de nunca ter sido rebaixado, o Internacional vai ficando para o fundo da tabela, com 69,3% de chances de cair para a Série B, e piorando a cada rodada. Nos últimos jogos, apanhou para o Atlético-PR, para o Vitória, e até para o lanterna América Mineiro. Agora, perdeu também para o Atlético-MG. Tudo começou com o gol de Fred, aos 15 do primeiro tempo. Clayton fez o segundo aos 29 minutos. Logo em seguida, Gustavo Ferrareis marcou belíssimo gol e colocou o Inter de volta no jogo. Brotou um novo ânimo no time Colorado, mas não foi suficiente para inverter o placar. Aos 35 minutos do segundo tempo, Lucas Pratto fez o terceiro para o Galo. O Atlético-MG se mantem na 3ª colocação, e o Internacional se mantém na 18ª. O que muda, no entanto, é a vantagem no G-4 para um, e a distância para escapar do Z-4, para o outro.

 

Veja como fica a tabela:

  1. Palmeiras, 54 pontos
  2. Flamengo, 53 pontos
  3. Atlético-MG, 49 pontos
  4. Santos, 45 pontos
  5. Fluminense, 43 pontos
  6. Atlético-PR, 42 pontos
  7. Corinthians, 41 pontos
  8. Grêmio, 40 pontos
  9. Ponte Preta, 39 pontos
  10. Botafogo, 38 pontos, 11 vitórias
  11. Chapecoense, 38 pontos, 9 vitórias
  12. São Paulo, 34 pontos
  13. Sport, 33 pontos, 9 vitórias
  14. Coritiba, 33 pontos, 8 vitórias
  15. Vitória, 32 pontos
  16. Figueirense, 31 pontos
  17. Cruzeiro, 30 pontos pontos
  18. Internacional, 27 pontos
  19. Santa Cruz, 23 pontos
  20. América-MG, 21 pontos

Nessa quarta-feira acontecem os jogos de ida das Quartas de Final da Copa do Brasil, e o Brasileirão volta no sábado.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar