Dicas de Apostas

70 anos de Maracanã: relembre grandes jogos e confira as cotações de dez momentos inesquecíveis do maior estádio brasileiro

Maracana Estádio 70 Anos
Getty

Dia de festa para os amantes do futebol. O Maracanã completa 70 anos nesta terça-feira, 16 de junho de 2020. O aniversário da partida inaugural, entre as seleções do Rio de Janeiro e São Paulo, em 16 de junho de 1950. Nas semanas seguintes, o novíssimo estádio municipal carioca foi palco da Copa do Mundo vencida pelo Uruguai na mítica finalíssima com a seleção brasileira, a partida de maior público da história do futebol.

 

Em 2014, o Estádio Jornalista Mário Filho alcançou o Azteca, da Cidade do México, ao receber sua segunda decisão de Mundial. Mas o Maraca é mesmo inigualável: apenas ele recebeu também uma abertura de Olimpíada, além de decisões de Copa América, final do futebol nos Jogos Olímpicos e, claro, as incontáveis finais e clássicos envolvendo grandes clubes brasileiros.

 

Para marcar a data, o Ganhador reuniu momentos marcantes da história do Maracanã e aproveitou para matar a curiosidade dos fãs das apostas em futebol, que muitas vezes se perguntam sobre quais seriam as cotações de alguns duelos memoráveis das sete décadas do Maracanã. Em alguns casos, usamos os próprios odds disponíveis nas casas de apostas como o Bodog; em outros, adotamos outros duelos mais recentes como referência para simular as cotações. Confira quanto você poderia ter lucrado em cada uma delas!

 

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

 

Veja também:

As partidas que fizeram história no Maracanã

Não é nada fácil elaborar uma lista com os confrontos mais importantes já realizados no Maraca. Afinal, o estádio foi palco de centenas de jogaços, assistiu ao desfile dos maiores craques de todos os tempos e recebeu finais que marcaram época, e não só em Copas do Mundo – como já lembramos acima, teve Olimpíada e Copa América, e também Mundial de Clubes, Libertadores, Brasileirão… A seguir, relacionamos dez momentos marcantes do estádio e as cotações envolvidas nessas partidas.

Brasil 1 x 2 Uruguai – Copa do Mundo de 1950

A partida mais marcante da história do Maracanã foi, infelizmente, a primeira derrota do Brasil em uma final de Copa. O clima de “já ganhou” era notório na imprensa e entre os torcedores. Não havia casas de apostas regulamentadas no país naquela época, mas dá para imaginar que a seleção da casa era barbada contra os uruguaios, com uma cotação de cerca de R$ 1,40 para 1. Os visitantes teriam odds na casa dos R$ 4,50 para 1, com o empate – que, vale lembrar, também daria o título ao Brasil – cotados em cerca de R$ 3,50 para 1. O lucro seria ainda maior para quem apostasse na zebra e também em uma virada no placar: o 2 a 1 com o Uruguai saindo atrás no marcador valeria por volta de R$ 22,00 para 1.

Alemanha 1 x 0 Argentina – Copa do Mundo de 2014

A segunda final de Copa do Mundo da história do Maraca não teve o Brasil em campo. Os alemães, carrascos da nossa seleção na semi, chegaram como claros favoritos diante da Argentina, pagando R$ 1,60 para 1 em caso de conquista do tetra. Já Messi e companhia devolveriam R$ 2,20 para 1 se fossem tricampeões na casa dos arquirrivais. O gol salvador de Götze, na prorrogação, impediu que os argentinos levantassem a taça em pleno Rio de Janeiro. Vale lembrar que, antes do Mundial, o Brasil era favorito ao título com odds de R$ 4,00 para 1, enquanto a Argentina devolvia R$ 5,00 e a Alemanha, R$ 7,00.

 

Veja também:

Brasil 2 x 0 Uruguai – Eliminatórias da Copa de 1994

A seleção brasileira carimbou seu passaporte para o Mundial dos Estados Unidos com uma linda vitória sobre a Celeste. O dono do jogo naquele 19 de setembro de 1993 foi Romário – ele retornou de forma triunfal à equipe e marcou os dois gols brasileiros, já dando uma amostra do que iria aprontar na Copa. Um triunfo brasileiro naquele dia devolveria cerca de R$ 2,00 para 1, enquanto vitória uruguaia devolveria R$ 3,20. Vale lembrar que o time de Parreira estava desacreditado e havia muita gente que não apostava no tetra.

Brasil 1 x 0 Uruguai – Copa América de 1989

Alguns anos antes daquele clássico pelas Eliminatórias, Brasil e Uruguai mediram forças na decisão da Copa América de 1989. Assim como em 1950, o palco era o Maracanã e o jogo não era a final de fato, mas sim a partida que encerrava o quadrangular decisivo. Em 16 de julho de 1989, porém, não houve Maracanazo: Romário fez o único gol do jogo e garantiu o título ao Brasil – e um lucro de R$ 1,90 para 1 nas casas de apostas. Como Bebeto era o artilheiro da competição, quem apostaria que o gol seria de Romário lucraria ainda mais –um retorno de cerca de R$ 2,50 para 1.

Brasil 3 x 1 Peru – Copa América de 2019

Trinta anos depois do show de Romário, a seleção brasileira voltou ao Maracanã para mais uma decisão de Copa América – desta vez, porém, contra um adversário menos perigoso e tradicional. Os odds de R$ 1,30 para 1 no Bodog premiaram quem fez o investimento mais seguro no triunfo brasileiro sobre o Peru (que pagaria R$ 9,00 caso surpreendesse). Quem cravou o resultado de 3 a 1 recebeu excelentes R$ 9,50 para 1.

 

Veja também:

Brasil 1 x 1 Alemanha – Jogos Olímpicos do Rio-2016

A garotada da seleção brasileira conquistou nossa primeira medalha de ouro olímpica no futebol em 20 de agosto de 2016, contra a Alemanha, mesma seleção que havia detonado a reputação da camisa amarela dois anos antes, com o fatídico 7 a 1 do Mineirão. É claro que o ouro na Rio-2016 não apagou aquele trauma, mas serviu para o torcedor fazer as pazes com a seleção. De quebra, rendeu excelentes lucros. O empate tempo normal (1 a 1, com gols de Neymar e Meyer), tinha odds de R$ 1,25 para 1 no Bodog. Quem cravou esse placar exato faturou ainda mais: R$ 6,50 para 1. Com o triunfo nos pênaltis, por 5 a 4, o Brasil proporcionou retorno de R$ 1,45 para 1 aos que confiavam na conquista do ouro.

Flamengo 5 x 0 Grêmio – Libertadores de 2019

A partida mais brilhante da era Jorge Jesus no Flamengo garantiu a equipe na finalíssima da Libertadores do ano passado. Depois de um empate (1 a 1) em Porto Alegre, o Fla era o claro favorito a vencer em casa, com odds de R$ 1,60 para 1 no Bodog (o Grêmio estava cotado a R$ 5,88). Mas brilhante mesmo foi quem teve a ousadia de cravar um 5 a 0, que rendeu um lucro de inacreditáveis R$ 40,00 para 1. Deu até para pagar a viagem até Lima para a grande final da Liberta!

Fluminense 3 x 2 Flamengo – Carioca de 1995

Não dava para faltar um Fla-Flu em qualquer lista de grandes momentos do Maracanã. E a final do Estadual de 1995 é um dos clássicos mais lembrados no histórico do confronto. O jogo do famoso “gol de barriga” de Renato – que foi oficialmente creditado a Aílton, autor do cruzamento – foi eletrizante, com o Flu abrindo 2 a 0, o Fla empatando na etapa final e o Tricolor fazendo a festa faltando poucos minutos para o encerramento. O Rubro-Negro fez melhor campanha na primeira fase, mas não havia um claro favoritismo: cotação de R$ 2,65 para 1 em caso de triunfo tricolor e R$ 2,35 se desse Mengo. Mas quem fez a festa foi Renato Gaúcho, o “Rei do Rio” naquela temporada.

 

Veja também:

Vasco 0 x 0 Corinthians – Mundial de Clubes de 2000

De um lado, Romário, Edmundo, Juninho Pernambucano e Mauro Galvão; do outro, Dida, Rincón, Luizão e Marcelinho Carioca. Há 20 anos, a decisão do Mundial de Clubes colocou frente a frente dois clubes brasileiros em pleno Maracanã. Com um ataque fortíssimo e a vantagem de jogar no Rio, o Vasco era ligeiro favorito: dá para estimar os odds para uma possível vitória vascaína em R$ 2,30 para 1. Triunfo corintiano pagaria cerca de R$ 2,90, e o empate devolveria em torno de R$ 3,40 para 1. O empate no tempo normal e no tempo extra levou a decisão para os pênaltis, e os paulistas levaram a melhor: 4 a 3, com o ídolo Edmundo, um dos grandes craques da história do Maraca, perdendo a última cobrança.

Milésimo gol de Pelé

O Rei chegou à marca histórica em 19 de novembro de 1969, na partida Vasco 1 x 2 Santos (válida pela Taça Roberto Gomes Pedrosa). Ao converter sua cobrança de pênalti, Pelé se consagrou definitivamente como o goleador mais impiedoso do futebol internacional. Sua rotina de artilheiro era impressionante. Como não existem odds da época, a gente poderia usar como base de comparação o desempenho de Lionel Messi nas partidas do Barcelona por La Liga: odds de cerca de R$ 2,00 para 1 no Bodog caso o camisa 10 balance as redes em algum momento de uma partida comum, como visitante, pelo Campeonato Espanhol.

 

Não deixe de conferir nossas outras matérias sobre apostas em futebol!

 

 

Confira mais sobre as apostas em futebol e as principais ligas do futebol internacional.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.