Futebol

Sucessos e tropeços na Libertadores e na Copa do Brasil; Grêmio, Botafogo e Santos vão a campo hoje e fecham a rodada nas duas competições

Rodrigol

Rodriguinho marca, Cruzeiro vence o Emelec e segue com 100% de aproveitamento na Libertadores.

Foto: Vinícius Silva/Cruzeiro/Reprodução

Se a rodada foi boa para os atléticos (mineiro e paranaense) que conseguiram vencer seus jogos na Libertadores, foi ruim para Internacional e Flamengo que perderam os 100% de aproveitamento que tinham na competição (diferente do Cruzeiro que venceu o Emelec com gol de Rodriguinho, pagou 2,35/1,00 e manteve sua superioridade no Grupo B). Mas nada superou a ruindade de San Lorenzo x Palmeiras (Libertadores), Corinthians x Ceará e Luverdense x Fluminense (Copa do Brasil). Sonolentos, os jogos – para quem se arriscou a assistí-los – foram tão semelhantes em sua ruindade que a sensação final foi de um grande e insuportável jogo de 270 minutos. Só não foram piores porque este Ganhador previu a desgraça que seria o jogo do Fluminense (que pensa na semifinal do Campeonato Carioca) e indicou, com números do Bodog, o empate como a melhor opção de aposta (3,50/1,00). Mas se equivocou ao acreditar que o Timão-preguiça, com o placar a favor construído no duelo de ida, derrubaria o Ceará de Lisca que, no final, pagou interessantes 6,23/1,00 (ou R$ 623,00 em uma aposta de R$ 100,00). A aposta no empate do Palmeiras também não se concretizou e a derrota por 1 a 0 na Argentina fez bem aos torcedores do San Lorenzo que faturaram 3,02/1,00.

No caso de Internacional x River Plate, o feeling do Ganhador estava certo e com odds a 3,10/1,00 se deu bem quem investiu no empate (indicado como a melhor dica de aposta). Pagando 8,91/1,00, os uruguaios do Peñarol fizeram a alegria da parcela de sua torcida que acreditou na vitória e derrubaram a nossa indicação de um triunfo rubro-negro. Antes e depois do jogo, como era de se esperar, as torcidas dos dois times se uniram na selvageria e arrumaram brigas pelas ruas do Rio de Janeiro.

Os atléticos confirmaram os odds e enquanto a equipe paranaense sobrou em campo para confirmar os 2,45/1,00 indicados pelo Bodog, sua contraparte mineira sofreu e no sufoco faturou os três pontos e pagou 1,16/1,00.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Copa Libertadores

Deu gosto

Com direito a hattrick de Marco Ruben, o Athletico-PR não tomou conhecimento do sempre perigoso Boca Juniors e apesar de alguns pequenos sustos, aplicou sua segunda goleada na Copa Libertadores (3 a 0) e vai nadando de braçada rumo aos mata-mata da competição e projetando ser um osso duro de roer no Campeonato Brasileiro. Em poucas palavras: um jogão.

Após fechar o primeiro tempo perdendo por 2 a 0 para o Zamora, o Atlético-MG voltou para o segundo tempo com uma postura completamente diferente e com gols de Maicon Bolt, Vinícius e Fábio Santos conseguiu a emocionante virada, somou seus primeiros pontos na Libertadores e segue vivo na luta por uma vaga na fase de mata-mata. Não jogou o fino da bola, mas provou que é uma equipe com brios e lenha para queimar (quando quer).

O Cruzeiro foi até o Equador e com o gol de Rodriguinho ainda no primeiro tempo, derrubou o Emelec, conquistou sua terceira vitória na fase de grupos da Libertadores, manteve os 100% de aproveitamento e, diferente do sufoco que foi a classificação em 2018, já colocou um pé nos mata-mata do torneio. Um jogo com a cara de Mano Menezes – para o bem e para o mal.

 

Desgosto

Parecia que o jogo seria um passeio do Internacional: Nico López abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo, ao completar cruzamento de Iago, e Edenílson, aos 30, recebeu de Rodrigo Dourado, disparou contra a zaga argentina e ampliou. Mas, na bola parada, o River Plate mostrou porque é o atual campeão da América e um adversário que merece respeito sempre: aos 41 minutos, Lucas Pratto, em cobrança de pênalti, diminuiu; no segundo tempo, em cobrança de falta perfeita de De La Cruz aos 15, veio a igualdade. Fatou ao Inter força para buscar uma nova vantagem, mas o empate manteve o Colorado na liderança do Grupo A com 7 pontos – 3 à mais que o Palestino, segundo colocado.

Mas ruim mesmo foi a derrota do Flamengo para o Peñarol em pleno Maracanã. Em seu pior jogo na temporada, sem criatividade e nervoso – Gabigol foi expulso aos 29 minutos do segundo tempo – o Flamengo perdeu os 100% de aproveitamento que tinha na Libertadores e caiu aos 42 da etapa final quando Viatri, que saiu do banco de reservas, desviou de cabeça e sacramentou a derrota por 1 a 0 em uma noite onde as torcidas dos dois clubes mostraram a pior face que o futebol tem, espalhando violência e selvageria pelas ruas do Rio de Janeiro.

Sem Ricardo Goulart e Gustavo Scarpa, o Palmeiras foi até a Argentina enfrentar o San Lorenzo mas esqueceu-se de retirar o futebol da equipe na alfândega do aeroporto e o que se viu em campo foi um Verdão que viveu de pequenos lampejos mas que em 90% do duelo da última terça-feira se arrastou e deu sono nos bravos que seguiram vendo a partida contra um San Lorenzo que vem tropeçando na própria falta de qualidade no Campeonato Argentino. Derrota merecida mas que não deve afetar a classificação palmeirense para os mata-mata.

 

Fechando a rodada

O Grêmio vai à campo hoje, contra a Universidad Católica, fechando a participação brasileira na terceira rodada dos grupos da Libertadores. Clique aqui e confira os prognósticos do Ganhador para o jogo de logo mais.

 

Copa do Brasil

Deu sono

Com uma vantagem de 3 a 1 construída no jogo de ida, o Corinthians recebeu o Ceará no Itaquerão na noite desta quarta-feira e com uma preguiça irritante cozinhou o jogo o máximo que pôde, segurando o resultado e fazendo quase nada para colocar o goleiro Richard no jogo. Como a bola gosta de punir e jogar com preguiça é péssimo negócio, aos 20 minutos do segundo tempo, Ralf fez um recuo que nem na várzea se faz, complicou a vida de Cássio que meteu a mão na bola fora da área e foi, corretamente, expulso. Com um a menos, o Timão se fechou ainda mais e o Ceará – que foi a São Paulo para pelo menos tentar jogar bola – lançou-se ao ataque. Como o Timão gosta de jogar fechadinho, apenas aos 42 minutos da etapa final Roger fez valer a “lei do ex” e mandou a bola para o fundo do gol de Walter – que tem fama de “goleiro que chama gol” mas que com duas defesas importantes, impediu o segundo gol cearense – resultado que levaria o jogo para os pênaltis e que seria um castigo merecido para o time que levou a campo uma proposta de matar de tédio os cerca de 30 mil torcedores que foram ao Itaquerão. No final, vitória cearense e classificação corintiana.

Muita posse de bola e pouca objetividade. Assim pode ser resumido o comportamento do Fluminense no duelo de ida contra a Luverdense pela Copa do Brasil na noite da última quarta-feira, dia 3. Com Paulo Henrique Ganso mais uma vez entregue à marcação adversária – e fazendo o mundo lembrar porquê o atleta não se firmou em nenhum clube por onde passou desde que recuperou-se de lesão quando ainda era jogador do Santos –, o jogo foi, em resumo, sonolento e sem emoção. Se enfileirado junto com o outro jogo da noite (Corinthians x Ceará) e o San Lorenzo x Palmeiras da terça-feira se transforma em um insuportável jogo de 270 minutos de péssimo futebol. Mudam apenas as cores das camisetas. Que a volta, na próxima terça-feira, dia 9, no Maracanã seja minimamente melhor.

 

Esperança de jogos melhores

A Copa do Brasil continua nesta quinta-feira com os jogos entre Atlético-GO x Santos e Botafogo x Juventude e com eles a nossa esperança de ver em campo times que, pelo menos, querem jogar bola. Porque Corinthians e Fluminense não quiseram.

 

JOGOS DA 3ª FASE DA COPA DO BRASIL 2019

TERÇA-FEIRA, 2 DE ABRIL
  • 19:15 – CRB (R$ 3,12) 1 x 1 (R$ 2,42) Bahia. Empate: R$ 3,00
QUARTA-FEIRA, 3 DE ABRIL
  • 19:15 – Aparecidense (R$ 3,21) 2 x 0 (R$ 2,16) Ponte Preta. Empate: R$ 3,25
  • 19:15 – Luverdense (R$ 5,76) 0 x 0 (R$ 1,58) Fluminense. Empate: R$ 3,64
  • 20:30 – Londrina (R$ 2,01) 3 x 3 (R$ 3,25) Botafogo-PB. Empate: R$ 3,25
  • 21:30 – ABC (R$ 2,29) 1 x 0 (R$ 2,86) Santa Cruz Empate: R$ 3,27
  • 21:30 – Corinthians (R$ 1,53) 0 x 1 (R$ 6,23) Ceará. Empate: R$ 3,58
QUINTA-FEIRA, 4 DE ABRIL
  • 19:15 – Atlético-GO (R$ 4,00) x Santos (R$ 1,80). Empate: R$ 3,25
  • 21:30 – Botafogo (R$ 1,426) x Juventude (R$ 7,00). Empate: R$ 3,25

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. Pingback: Palpites para as semifinais do Campeonato Mineiro | Ganhador.com

  2. Pingback: Quem seguirá na Copa do Nordeste? | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.