Ganhador.com

Brasileirão Série A

Vitória x Paraná: briga direta contra a zona da degola marca retorno de baianos e paranaenses na Série A

Vitória
FOTO: MAURICIA DA MATTA/EC VITORIA

Uma posição acima do Z-4, Leão recebe o Tricolor Paranaense, antepenúltimo colocado, no Barradão 

O Brasileirão recomeça com a briga contra o rebaixamento “pegando fogo”. Duas das equipes ameaçadas ao descenso, Vitória e Paraná se enfrentam nesta quarta-feira (18 de julho) em um jogo de seis pontos. Quem vencer o embate válido pela 13ª rodada da Série A, em Salvador, pode ter alguns dias de respiro em um campeonato que não para até dezembro.

 

Chegadas e saídas

Descontentes com o início dos dois planteis neste Brasileirão, as diretorias de Vitória e Paraná foram bastante ativas durante a pausa de Copa do Mundo. O Leão, por exemplo, foi um dos times da elite tupiniquim que mais se movimentaram até agora, trazendo oito peças no total: Ruan Renato, Erick, Marcelo Meli, Marcelo Benítez, Bruno Gomes, Arouca, Walter Bou e João Gabriel.

Os principais destaques deste pacotão são Arouca, que estava no Atlético Mineiro, e o atacante argentino Walter Bou, irmão de Gustavo Bou, goleador do Racing. O hermano foi emprestado pelo Boca Juniors, que nesta temporada teve a chegada de Mauro Zárate como carro-chefe. Com 27 jogos pelo time xeneize, Bou anotou seis gols pelo time de Buenos Aires na temporada passada.

O argentino pode ser uma importante arma para um setor considerado carente no rubro-negro. Com as saídas de Denilson e Jonatas Belusso, André Lima era o único 9 disponível no elenco. Com a inclusão do matador do Boca e de Bruno Gomes, a equipe poderá melhorar o seu desempenho no Brasileirão.

Já no Paraná, a equipe mais perdeu do que ganhou até agora nesta janela. Foram cinco saídas (Matheus Pereira, Luan Viana, Alemão, Neris e Diego Gonçalves) – e ainda pode ser ampliada com Cleber Reis, que foi afastado por falta disciplinar grave – e apenas duas contratações: Nadson e Rodolfo. A dupla chega para reforçar o ataque, que hoje é o pior da Série A ao lado do Ceará com apenas sete gols marcados.

Apesar das perdas, o Tricolor pôde comemorar a permanência do técnico Rogério Micale. Especulado na seleção do Iraque, o campeão com a Seleção Olímpica em 2016 recusou a proposta e deve ficar na Vila Capanema.

 

Os clubes na tabela

Vitória e Paraná brigam nesta quarta-feira para saber quem dormirá a 13ª rodada na zona do rebaixamento. Em 16º lugar com 12 pontos, os rubro-negros só não estão no Z-4 por conta do número de gols marcados. Empatado nos quesitos número de vitórias e saldo de gols com o rival Bahia, adversário no próximo domingo, o Leão foi as redes adversárias em 16 oportunidades, contra 10 do Tricolor Baiano.

Mas uma derrota em casa coloca Vagner Mancini e companhia no grupo dos quatro últimos. Isso porque o Paraná, 18º colocado, possui 10 pontos. Apesar de o campeonato ainda ter muito chão pela frente, o jogo é sim considerado de vida ou morte.

 

Os desfalques

Apesar das contratações, rubro-negros e tricolores ainda precisam regularizar seus jogadores. Isso porque o período de inscrição para atletas recém-chegados de fora do país só se abriu na segunda-feira (16 de julho). A lista de desfalques baiana é aumentada com Neilton, artilheiro do clube na temporada com 18 gols, e Yago, que cumprem suspensão. Por outro lado, o clube poderá ter a estreia de Arouca entre os 11 titulares.

Já em relação ao Paraná, o meia Nadson ainda se recupera de um desconforto muscular, enquanto Rodolfo, que foi adquirido junto ao Dibba Al Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos, ainda não tem condições legais para estrear. Além disso, atacante Carlos e o meia Guilherme Biteco seguem no estaleiro.

 

Palpite

Ainda que Vagner Mancini não possa contar com a maioria dos reforços, o Vitória é favorito para vencer o Paraná jogando em casa. Mesmo com uma fraca campanha no Barradão – apenas duas vitórias – , os rubro-negros pegam um adversário que ainda não venceu longe de Curitiba. É por isso que o Leão deve fazer sua parte.

 

Confira os jogos da 13ª rodada do Brasileirão da Série A

Quarta-feira, 18 de julho

  • 19:30 – Ceará x Sport – Palpite: empate
  • 21:00 – Vitória x Paraná – Palpite: Vitória
  • 21:45 – Flamengo x São Paulo – Palpite: empate
  • 21:45 – Corinthians x Botafogo – Palpite: Corinthians
  • 21:45 – Grêmio x Atlético Mineiro – Palpite: Grêmio

Quinta-feira, 19 de julho

  • 19:30 – Cruzeiro x América-MG – Palpite: Cruzeiro
  • 19:30 – Chapecoense x Bahia – Palpite: Chapecoense
  • 20:00 – Vasco x Fluminense – Palpite: Fluminense
  • 20:00 – Santos x Palmeiras – Palpite: empate
  • 21:00 – Atlético Paranaense x Internacional – Palpite: Atlético Paranaense

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar