WNBA

Vem aí a WNBA 2018, com novo favoritismo de Minnesota Lynx e Los Angeles Sparks

Minnesota Lynx vs Los Angeles Sparks
Foto: Hannah Foslien/Getty Images

Melhor basquete feminino do mundo abre a sua temporada nesta sexta (18) com a previsão de mais um embate decisivo entre Lynx e Sparks                       

O brasileiro que gosta de basquete não tem mesmo do que reclamar. Além de estarmos na decisão do NBB e nas finais de conferência da NBA, uma outra competição de altíssimo nível está prestes a lançar a bola ao alto para abrir mais uma nova temporada: trata-se da WNBA, que arranca nesta sexta (18) a sua temporada regular que vai durar até 19 de agosto.

 

A velha rivalidade

As gigantes americanas devem voltar a fazer mais um duelo emocionante e equilibrado entre as franquias que dominam o basquete feminino no país nos últimos anos. Em 2017, por exemplo, a decisão entre Los Angeles Sparks e Minnesota Lynx foi exatamente a esperada, e o time de Minnesota ficou com o título em um dramático Jogo 5, decidido por 85 a 76.

Pelo que se sente nos Estados Unidos hoje em dia, tanto Sparks quanto Lynx vão manter a supremacia e caminhar tranquilos para mais uma decisão. Em material de divulgação publicado pela WNBA, a equipe favorita ao título é realmente o Los Angeles Sparks (33%), seguido de perto pelo Minnesota Lynx (25%). Completaram a lista de votos Phoenix Mercury e Connecticut Sun (17%, cada) e Dallas Wings (8%).

A grande estrela de Los Angeles segue a incrível ala-pivô Candace Parker, a MVP das últimas finais. Ela merece mesmo ser tida como a melhor jogadora da atualidade. Com 32 anos, 1,93 e 79 quilos, é um espetáculo por si só vê-la em quadra demonstrando todo o seu repertório de ataque e defesa, com um jogo atlético realmente primordial para uma atleta que tenha tamanha obrigação de conduzir a sua equipe aos títulos.

Outro grande valor retido pelo time de Los Angeles é a ala Nneka Ogwumike, de 30 anos, que também não foge do jogo pesado e constitui uma excelente dupla com Parker.

Pelo lado do Minnesota, há também a permanência da “dupla dinâmica” formada por Sylvia Fowles e Maya Moore. Sylvia é uma pivô de 33 anos, experiente como poucas outras na história, sabendo com perfeição o quê e quando fazer. Já Maya é a baixinha acelerada que quebra a defesa com as suas passadas precisas e com o seu arremesso que muitas vezes é capaz de garantir pontuações altas e favoráveis à sua equipe.

 

Sistema de disputa

Como nos anos anteriores, a WNBA 2018 vai contar com 12 franquias participantes. A lista completa é esta, por ordem de favoritismo ao título: Minnesota Lynx, Los Angeles Sparks, Washington Mystics, Phoenix Mercury, New York Liberty, Connecticut Sun, Dallas Wings, Seattle Storm, Atlanta Dream, Chicago Sky, Indiana Fever e Las Vegas Aces.

Cada uma terá 34 jogos previstos para cumprir na temporada regular. Esta fase termina no dia 19 de agosto, com os playoffs tendo início logo na sequência, a partir do dia 21.

O sistema de disputa do playoff é bem diferente da NBA. Cada conferência classifica quatro das seis equipes para o mata-mata – o que, por si só, deixa a temporada regular um pouco esvaziada de interesse por dificilmente haver definição sobre quem fica ou sai do campeonato.

O líder de cada conferência se classifica automaticamente para as semifinais, que são definidas em sistema de melhor de cinco partidas.

Nesta toada, é provável que tanto o Minnesota Lynx (pelo Oeste) quanto o Washington Mystics (no Leste) sejam os soberanos que vão poder só treinar enquanto as demais equipes se eliminam. Os outros times se enfrentam em duas fases prévias em jogos únicos, com os ganhadores de cada chave avançando para as semifinais – que dão, naturalmente, a vaga à grande decisão, de novo em melhor de cinco jogos.

A temporada da WNBA não invade o ano seguinte, como ocorre na NBA. O playoff final das mulheres está previsto para terminar por volta do dia 16 de setembro.

Os maiores campeões da história da WNBA são o Houston Comets (extinto em 2008) e o Minnesota Lynx, que briga para defender a sua conquista obtida no ano passado.

 

Jogos da temporada regular da WNBA 2018

Sexta-feira, 18 de maio 

  • 23:00 – Phoenix Mercury x Dallas Wings – Palpite: Mercury 

Sábado, 19 de maio 

  • 14:00 – Indiana Fever x Chicago Sky – Palpite: Sky 

Domingo, 20 de maio 

  • 14:00  – Connecticut Sun x Las Vegas Aces – Palpite: Sun
  • 14:00  – Washington Mystics x Indiana Fever – Palpite: Mystics
  • 16:00  – Dallas Wings x Atlanta Dream – Palpite: Wings
  • 18:00  – Minnesota Lynx x Los Angeles Sparks – Palpite: Lynx
  • 20:00  – Chicago Sky x New York Liberty – Palpite: Liberty
  • 22:00  – Dallas Storm x Phoenix Mercury – Palpite: Mercury

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.