Copa Sul-Americana

Sete jogos abrem a segunda fase da Copa Sul-Americana esta semana

Defensa y Justicia
Foto: TF-Images/Getty Images

Brasileiros só entram em campo semana que vem

Logo após o fim da Copa do Mundo e sem muito alarde, a Copa Sul-Americana volta à cena com sete partidas. Por causa dos compromissos com o Brasileirão, os clubes tupiniquins ainda não voltam a jogar pelo torneio internacional. Mesmo assim, teremos times de camisa e tradição correndo atrás da redonda, como Nacional-URU, Deportivo Cali, Atlético Júnior, Nacional-EQU e Independiente Santa Fé.

 

Sol de América x Nacional-URU

O Sol de América terminou o Torneo Apertura paraguaio na sexta posição. Na Copa Sul-americana superou o bom time do Independiente de Medellín. Já o Nacional estreia no certame, pois foi repescado da Taça Libertadores. Por esta competição, o Tricolor eliminou Chapecoense e Banfield e caiu na fase de grupos terminando atrás de Estudiantes e Santos, mas à frente do Real Garcilaso. Os do Parque Central também comemoram a conquista do Torneo Apertura local. A promessa é de um bom jogo no acanhado estádio Luis Alfonso Giagni.

 

Lanús x Atlético Júnior

Atual vice-campeão da Libertadores, o Lanús quase caiu na Copa Sul-Americana para o Sporting Cristal. Na Superliga Argentina, os grenás terminaram em 21º numa competição que contou com 28 participantes. O Atlético Júnior estava na Libertadores no primeiro semestre, onde desclassificou Olimpia e Guaraní antes de terminar em terceiro lugar no grupo 8, que tinha Palmeiras, Boca Jrs. e Alianza. No Campeonato Colombiano, os tubarões terminaram o Torneo Apertura na quinta posição. Prevejo um triunfo magro dos argentinos nesta primeira partida.

 

Defensa y Justicia x Nacional-EQU

O Defensa y Justicia é franco favorito para este mata-mata. Além de ter desclassificado o tradicional América de Cali na primeira fase, os justiceiros encerraram sua campanha na Superliga Argentina em nono lugar. Enquanto isso, o Nacional-EQU está arranhando  sua imagem. Os Puros Criollos terminaram a primeira fase do Campeonato Equatoriano, que tem apenas doze clubes, na modestíssima nona posição. Menos mal que bateu o San José-BOL na primeira fase da Copa Sul-Americana.

 

Rampla Jrs. x Independiente Santa Fé

Prevejo uma eliminatória de baixo nível técnico, apesar do favoritismo colombiano. É que os uruguaios, apesar de terem tirado a fraca Universidad Técnica de Cajamarca-PER da Copa Sul-Americana, terminaram o Torneo Apertura local em 15º, entre dezesseis concorrentes. Já os alvirrubros cafeteiros estavam na Libertadores, onde bateram Táchira e Wanderers-CHL nas etapas preliminares e chegaram em terceiro lugar no grupo 4, que tinha River Plate, Flamengo e Emelec. No cenário doméstico, não conseguiram passar para os playoffs do Torneo Apertura.

Deportivo Cali x Bolívar

Não duvide que o Deportivo Cali se classifica com um pé nas costas nesta chave. Os açucareiros passaram pelo Danubio na rodada anterior e terminaram o Torneo Apertura colombiano na sexta posição. Já o Bolívar caiu no quadrangular mais fraco da Libertadores, que tinha Nacional-COL, Colo Colo e Delfín. Dentro de casa, perdeu o título do Torneo Apertura ao ser batido nas semifinais pelo The Strongest.

 

Deportivo Cuenca x Jorge Wilstermann

Se o Jorge Wilstermann tiver uma atuação como a que teve contra o Vasco da Gama em seus domínios, o Deportivo Cuenca ficará em apuros. É que os equatorianos precisaram dos pênaltis para eliminar o Sportivo Luqueño e terminaram em décimo lugar a primeira fase da liga doméstica. Já o Aviador conquistou o Torneo Apertura boliviano. Na Libertadores, não custa lembrar que nocauteou o Oriente Petrolero e quase conseguiu uma virada histórica contra o Gigante da Colina: depois de perder por 4 a 0 no Rio de Janeiro, deu o troco por 4 a 0 na altitude e forçou os pênaltis, onde foi incompetente.

 

Caracas x Sport Huancayo

O Caracas é a última esperança internacional da Venezuela em 2018. Os Vermelhos de Ávila tiraram o Everton-CHL na primeira fase da contenda continental e terminaram em terceiro lugar o Torneo Apertura do país de Nicolás Maduro. Já o Sport Huancayo se sagrou vice-campeão do Torneio de Verão peruano e surpreendeu a Unión Española na primeira fase da Copa Sul-Americana.

 

Jogos de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana de 2018

Terça-feira, 17 de julho:

  • 19h30: Caracas x Sport Huancayo
  • 21h45: Lanús x Atlético Júnior 

Quarta-feira, 18 de julho:

  • 19h30: Defensa y Justicia x Nacional-EQU
  • 21h45: Sol de América x Nacional-URU
  • 21h45: Deportivo Cali x Bolívar 

Quinta-feira, 19 de julho:

  • 19h30: Deportivo Cuenca x Jorge Wilstermann
  • 21h45: Rampla Jrs. x Independiente Santa Fé 

Quarta-feira, 25 de julho:

  • 19h30: LDU de Quito x Vasco da Gama
  • 21h45: Boston River x Banfield
  • 21h45: Bahia x Cerro 

Quinta-feira, 26 de julho:

  • 19h30: Atlético-PR x Peñarol
  • 21h45: General Díaz x Millonarios
  • 21h45: San Lorenzo x Deportes Temuco 

Quarta-feira, 01 de agosto:

  • 19h30: Nacional-PAR x Botafogo 

Quinta-feira, 02 de agosto:

  • 19h30: São Paulo x Colón
  • 21h45: Fluminense x Defensor

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar