Copa do Brasil

Cruzeiro pode empatar com o Atlético-PR para seguir adiante na Copa do Brasil

Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Jogo de volta das oitavas de final está marcado para logo mais às 20h00 no Mineirão

 

Em 16 de maio, o Cruzeiro derrotou o Atlético-PR em Curitiba por 2 a 1 e ficou bem próximo de chegar entre os oito melhores da Copa do Brasil de 2018. Naquele dia, Thiago Carleto abriu a contagem para o Furacão, só que a Raposa virou graças a Henrique e Raniel. Exatamente dois meses depois ele se encaram novamente, desta vez em Belo Horizonte. Confira abaixo o prognóstico do encontro.

 

Histórico

O Cruzeiro tem boa vantagem no confronto direto como Atlético-PR ao longo da história. São 25 triunfos mineiros, contra 16 dos paranaenses. Também ocorreram 18 empates.

No jogo de ida desta Copa do Brasil, a Raposa bateu o Furacão por 2 a 1 em Curitiba. Foi o último encontro entre ambos. Com este resultado, basta ao Azul Celeste empatar para seguir adiante na competição.

 

Cruzeiro manteve titulares

O Cruzeiro conseguiu segurar sua espinha dorsal. Nenhum titular foi negociado (emprestado ou vendido). Isso pode ser uma grande vantagem para as 26 rodadas que faltam para o término do Brasileirão da Série A. Rivais importantes, como Flamengo, Corinthians e Palmeiras, se desfizeram de peças fundamentais.

A torcida cruzeirense pode se orgulhar do esforço feito pelos seus cartolas. O argentino Hernán Barcos, que estava na LDU de Quito, já está na capital de Minas Gerais e já assinou contrato com o Azul Celeste. Ele é uma ótima opção de ataque para Mano Menezes, já que Fred e Sassá ainda se recuperam de lesões no departamento médico.

Cinco atletas que estavam sem chances na Toca da Raposa foram emprestados ou vendidos. Refiro-me aos desconhecidos Digão (agora no Fluminense), Arthur (Nacional-POR), Victor Luiz (Londrina), Vitinho (Brugge) e Lucão (sem clube).

Arrascaeta, que estava com a seleção uruguaia está de volta e à disposição da comissão técnica.

Desportivamente falando, o quadro mineiro entrou em campo duas vezes de maneira oficial e não venceu: revés de 2 a 0 e empate em 2 a 2. Ambos os duelos foram contra o Corinthians.

 

Inspiração no passado

Em 2013, o Atlético-PR perdeu na Arena da Baixada para o Palmeiras por 2 a 1 pela Copa do Brasil e precisou vencer em São Paulo para conquistar a vaga. Não apenas ganhou os três pontos, como goleou por 3 a 0. Será que o filme se repete contra o Cruzeiro?

Aos poucos Tiago Nunes começa a dar sua cara à nova formação do Furacão. Ele abandonou de vez o esquema 3-4-3 utilizado por seu antecessor. O time entra em campo no 4-3-3 e pode alternar para o 4-4-2 dependendo  das circunstâncias do jogo.

Três caras novas chegaram a Curitiba: Marcelo Cirino, devolvido pelo Al Nasr, Bruno Nazário, que pertencia ao Honffenheim, mas que defendia o Guarani, e Rony, que vestia a camisa do Albirex Niigata.

 

Prováveis escalações

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha, Thiago Neves e Ariel Cabral; Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes.

Atlético-PR: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Wanderson (Paulo André) e Thiago Carleto; Camacho, Bruno Guimarães e Matheus Rossetto; Nikão, Pablo e Bergson. Técnico: Tiago Nunes.

Palpite

O Cruzeiro me parece mais preparado para este compromisso. Não apenas sofreu poucas e irrelevantes modificações no plantel, como atuou duas vezes contra o poderoso Corinthians. Os resultados foram decepcionantes, porém. No entanto, os jogadores mantiveram o ritmo de jogo e o entrosamento.

O Atlético-PR não fez nenhuma grande contratação no período da Copa do Mundo, nem realizou amistosos oficiais. Isso é muito pouco para uma agremiação que está em penúltimo lugar da Série A e em desvantagem na Copa do Brasil. O rubro-negro pode cair em ambas as competições, sendo que o fracasso na primeira divisão da liga, faz com que ele desfile na segunda divisão em 2019.

Prevejo Cruzeiro 2 a 0.

 

Situação do torneio

Quem sobreviver entre Atlético-PR e Cruzeiro pega o Santos, que tirou o Luverdense, nas quartas de final.  O sorteio da CBF determinou que a primeira partida terá mando de campo santista e a segunda acontecerá em Belo Horizonte ou Curitiba. O adversário da semifinal será ou Bahia, Palmeiras ou Vasco da Gama.

As finais da Copa do Brasil estão previstas para acontecerem em dezembro. Seu campeão garante uma vaga na fase de grupos da Taça Libertadores da América do ano que vem.

 

Jogos de volta das oitavas de final da Copa do Brasil

Segunda-feira, 16 de julho:

  • 20h00: Cruzeiro x Atlético-PR – palpite:
  • 20h00: Vasco da Gama x Bahia – palpite: Vasco da Gama.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar