Futebol Europeu

Real x Atlético: clássico madrilenho decide a Supercopa da Europa

Jogadores do Real Madrid

Final reúne vencedores da Champions x Liga Europa; Real não tem mais Zidane 

Em uma demonstração de força do futebol espanhol, Real Madrid e Atlético de Madrid decidem nesta quarta-feira (15), a partir das 16 horas (horário de Brasília), o título da Supercopa da Europa, disputa que reúne os vencedores das Ligas dos Campeões e Europa. O clássico acontece no acanhado Lillekula Stadium, na Estônia, que tem capacidade para apenas 9.300 torcedores.

Saiba como chegam os rivais para o duelo que pode garantir o primeiro caneco da temporada 2018-19.

 

Real Madrid venceu os últimos três jogos

O Real Madrid conquistou quatro vezes a Supercopa da Europa (2002, 2014, 2016 e 2017), e busca o quinto título para se igualar a Barcelona e Milan, os maiores vencedores da competição. A decisão será o primeiro jogo oficial da equipe sob o comando de Julen Lopetegui, treinador a quem coube a ingrata tarefa de substituir o supercampeão Zinedine Zidane.

Os Galáticos apresentaram uma boa evolução durante a pré-temporada. A equipe foi derrotada em seu primeiro compromisso, diante do Manchester United, pela International Champions Cup, nos Estados Unidos, mas se recuperou com duas vitórias sobre Juventus e Roma. No último sábado, o Real superou mais um time italiano, o Milan, e conquistou o Troféu Santiago Bernabéu.

O destaque até aqui tem sido Gareth Bale, que enfim parece reivindicar o papel de protagonista. O ex-flamenguista Vinícius Junior também vem causando boa impressão, e certamente ganhará uma nova oportunidade ao longo do jogo. Lopetegui, no entanto, não poderá contar com Alvaro Odriozola e Jesus Vallejo, que se encontram aos cuidados do departamento médico. Recém-contratado, o goleiro belga Thibaut Courtois ainda terá que esperar mais um pouco para estrear. A meta merengue será defendida por Navas.

 

Atlético de Madrid investiu em reforços

O Atlético de Madrid fez algumas das mais interessantes contratações da temporada no futebol espanhol. O clube investiu em jogadores promissores, como o meia Rodri, que se destacou no Villarreal, o campeão mundial com a seleção francesa Thomas Lemar, e o atacante português Gelson Martins, de 23 anos, que atuava pelo Mônaco.

A melhor notícia, porém, foi a manutenção de seus principais jogadores, como Godin, Juanfran, Lucas e Gimenez. O craque Antoine Griezmann, que vinha sendo especulado no Barcelona, renovou o vínculo com o clube até 2023. O francês ainda se encontra fora de forma. Ele entrou de férias após a Copa do Mundo, e retomou os treinamentos há apenas uma semana. O atacante estará em campo no dérbi, mas é pouco provável que aguente jogar os 90 minutos.

Os Colchoneros não empolgaram nos amistosos de pré-temporada. Em Cingapura, o time foi superado pelo Arsenal (nos pênaltis), e o PSG, e ao retornar ao Velho Continente ficou no empate com o Stuttgart, amargou um novo revés diante da Inter de Milão, e venceu apenas o modesto Cagliari.

 

Retrospecto de Real Madrid x Atlético de Madrid

O Real Madrid sobra no duelo contra seu rival local. Em 110 dérbis, foram 61 vitórias do time Merengue, contra 21 dos Colchoneros e 28 empates.

Os times madrilenhos fizeram duas decisões da Liga dos Campeões nos últimos anos, e em ambas foi o Real que levou a melhor. Na temporada 2013-14, o Atlético esteve a um minuto da conquista do título, mas permitiu o empate nos últimos instantes da etapa complementar, e desmoronou na prorrogação. No fim das contas, os Galáticos acabaram goleando por 4×1 no Estádio da Luz, em Lisboa.

Os Colchoneros tiveram a chance de dar o troco dois anos depois, mas acabaram sucumbindo novamente. Jogando no Estádio San Ciro, em Milão, o time começou perdendo, mas chegou ao empate quando restavam 10 minutos para o fim. A decisão foi para os pênaltis, e uma cobrança desperdiçada por Juanfran decretou a conquista do 11º título pelo Real Madrid.

Em 2016-17, os Blancos cruzaram o caminho do Atlético nas semifinais, e foram os responsáveis por mais uma eliminação do time de Diego Simeone. O Real Madrid venceu o jogo de ida por 3×0, e avançou à final mesmo com uma derrota por 2×1 no segundo confronto.

O Atlético de Madrid está invicto há três clássicos. Depois da vitória dos Colchoneros pela Liga dos Campeões em 2017, os times empataram duas vezes pelo Campeonato Espanhol.

Últimos jogos

  • 08/04/2018 – Real Madrid 1 x 1 Atlético de Madrid
  • 18/11/2017 – Atlético de Madrid 0 x 0 Real Madrid
  • 10/05/2017 – Atlético de Madrid 2 x 1 Real Madrid
  • 02/05/2017 – Real Madrid 3 x 0 Atlético de Madrid
  • 08/04/2017 – Real Madrid 1 x 1 Atlético de Madrid

Prováveis escalações

Real Madrid: Navas, Carvajal, Varane, Sérgio Ramos, Marcelo; Casemiro, Kroos, Isco, Assensio, Bale; Benzema. Técnico: Julen Lopetegui

Atlético de Madrid: Oblak; Juanfran, Gimenez, Godin, Filipe Luís; Rodri, Saúl, Koke, Lemar; Griezmann, Diego Costa. Técnico: Simeone

 

Palpite

O Atlético de Madrid, em tese, deveria estar em um estágio superior em termos de preparação, já que perdeu poucos jogadores e conseguiu manter a base que vem obtendo sucesso nos últimos anos. No entanto, o clube fez uma pré-temporada decepcionante, com apenas uma vitória em cinco jogos, e o craque do time, Griezmann, ainda não se encontra em sua forma física ideal.

O Real Madrid, por seu turno, tem se saído melhor do que o esperado na ausência de Cristiano Ronaldo e Modric, vem de três triunfos consecutivos, e desponta como favorito para a conquista de mais um título.

Acredito em uma vitória dos merengues pelo placar de 2×1.

 

Supercopa da Europa 2018 – Final

Quarta-feira, 15 de agosto
  • 16:00 – Real Madrid x Atlético de Madrid – Palpite: Real Madrid

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar