Ganhador.com

Humor

Paixão Nacional: não foi tudo isso…

Em um Campeonato Brasileiro muito equilibrado – nivelado de forma mediana uma vez que nossos melhores atletas ganham a Europa cada vez mais precocemente e nossos árbitros seguem abusando do direito de fazer bobagem – foram necessárias apenas 3 rodadas para que o último time 100% caísse. O duelo entre Atlético-MG e Corinthians, ontem no Horto foi marcado por grandes controvérsias. Primeiro, Roger Guedes teve um gol confirmado e depois anulado após muito “debate” entre os árbitros se houve ou não um toque de mão de Ricardo Oliveira antes da conclusão de Guedes – e, sim, houve. Pouco depois, Maycon foi puxado na área do Galo pelo lateral Patric. Pênalti claro que o apitador deixou por isso mesmo.

Mas é óbvio que os problemas de arbitragem não escondem a sonolência do Timão ontem no Horto. Mais “aceso”, o Atlético-MG definiu a vitória com o mesmo Roger Guedes do primeiro tempo, no finalzinho do jogo. Roger Guedes, aliás, que estava no elenco do Palmeiras – aquele mesmo Palmeiras que em 90 minutos não conseguiu marcar um gol sequer neste Corinthians na polêmica decisão do Campeonato Paulista.

Ironias que só acontecem no futebol.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar