Copa do Mundo Rússia 2018

O jogo mais desequilibrado das oitavas? Veja de quanto a Bélgica vai vencer o Japão

Seleção Belga
Foto: David Ramos - FIFA/FIFA via Getty Images

Melhor equipe da primeira fase do Mundial, os Diabos Vermelhos não devem tomar conhecimento dos Samurais – que já estão fazendo hora extra na Rússia

Agora é pra valer! Após passear na primeira fase da copa do Mundo, chegou a hora da Bélgica mostrar toda a sua força na hora da decisão. Quem perder volta para casa!  Já projetando um possível encontro com o Brasil nas quartas de final, os Diabos Vermelhos buscam confirmar o favoritismo diante do Japão – que conseguiu avançar para a segunda fase pelo critério de ‘fair play’ no Grupo H. A Telstar vai rolar às 15h (de Brasília) desta segunda-feira em Rostov.

 

O melhor time da Copa do Mundo?

É realmente de encher os olhos o que a Bélgica vem fazendo até aqui na Copa do Mundo da Rússia: o time passeou no Grupo G e, mesmo com o time completamente reserva, venceu a Inglaterra em um duelo sonolento. Mesmo sem mostrar tanta vontade de vencer o English Team, pensando em um chaveamento ‘mais fácil’, Januzaj acertou um chutaço no gol de Pickford e colocou o time no caminho do Brasil em um possível encontro nas quartas de final.

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Roberto Martinez deixou claro que quem quer ser campeão não pode ficar escolhendo adversários. E esse time possui totais condições de fazer história com um título inédito na Rússia! Quando jogou com os titulares, foram oito gols marcados em dois duelos – duas vitória bem contundentes contra Panamá e Tunísia.

O 3-4-2-1 de Martinez, até o momento, vem funcionando muito bem: Meunier recompõe com maestria quando necessário, De Bruyne vem rendendo muito bem vindo de trás, Hazard e Mertens trocam de posição com muita velocidade e todos buscam abastecer a ‘fome de gols’ do matador Romelu Lukaku. O grande questionamento é que a defesa ainda não foi devidamente testada, mas não será contra o Japão que isso acontecerá.

 

Japão ‘sem honra’ fazendo hora extra no Mundial

Foi extremamente curioso vendo o Japão, uma das referências no mundo em relação a honra, educação e respeito ao próximo, se prestar a um papelão daqueles na defnição do Grupo H: mesmo perdendo para a Polônia, a equipe ficou naquele ‘anti-jogo’ clássico esperando a vitória da Colômbia se confirmar no outro duelo. No fim, os japoneses empataram com Senegal em quase todos os critérios e acabaram passando pelo número menor de cartões amarelos – o chamado ‘desempate no fair play’.

O pessoal da Terra do Sol Nascente que me desculpe, mas a realidade é que o Japão já está fazendo hora extra no Mundial da Rússia. Mesmo com um jogador a mais o jogo inteiro, o time pouco criou e quase não venceu a Colômbia. Depois de um empate contra Senegal, buscando duas vezes a igualdade, os Samurais chegaram para o embate contra a Polônia precisando de apenas um pontinho para avançar.

Na prática, o que se viu foi uma equipe com extrema dificuldade de criação contra a defesa polonesa e que sequer teve forças para buscar o empate. Os Samurais já pareciam conformados com a eliminação – até que o golzinho de Mina no outro confronto  recolocou os asiáticos na disputa.

 

Como chegam as equipes

Sem nenhuma baixa, o time da Bélgica chega com a força máxima dos dois primeiros jogos e totalmente descansado – após Martinez poupar todo mundo na terceira rodada. Já no Japão, a tendência é que o técnico Akira Nishino desfaça as seis mudanças que fez contra a Polônia e volte com a formação das duas primeiras partidas.

 

Prováveis escalações

Bélgica (3-4-2-1): Courtois; Alderweireld, Kompany (Boyata), Vertonghen; Meunier, De Bruyne, Witsel, Carrasco; Mertens, Hazard; Lukaku.

Japão (4-2-3-1): Kawashima; Sakai, Yoshida, Shoji, Nagatomo;  Hasebe, Shibasaki; Haraguchi, Kagawa, Inui; Osako.

 

Vitória belga com tranquilidade

Fica extremamente complicado não apostar na Bélgica depois do que eles fizeram até o momento: nove pontos, nove gols marcados e um futebol de encher os olhos. Se jogar metade do que pode, os belgas não devem sofrer demasiadamente para avançar contra o Japão.

Os Samurais realmente precisam de um milagre – a diferença de talento é assustadora. Além do mais, os japoneses não marcaram gols em cinco das últimas seis vezes que enfrentaram times europeus. Vai dar Bélgica com muita tranquilidade.

Palpite: Bélgica 3 x 0 Japão

 

Oitavas de final da Copa do Mundo

Segunda-feira, 2 de julho

  • 15:00 – Bélgica 3×2 Japão

Terça-feira, 3 de julho

  • 11:00 – Suécia 1×0 Suíça
  • 15:00 – Colômbia x Inglaterra

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Anônimo

    2 de julho de 2018, às 16:24

    UÉ?

    Hahaha futeboleiro de sofá é complicado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.