Ganhador.com

Vôlei

Mundial Feminino de Vôlei: quais os prognósticos e as chances de título do Brasil no torneio disputado no Japão?

Seleção Brasileira de Vôlei Feminino
Foto: DIvulgação/FIVB

Nem só de futebol vive o fanático por esporte do Brasil. E uma excelente opção de apostas para este começo de outubro é o Mundial Feminino de Vôlei que está sendo disputado no Japão. O Ganhador acompanha com atenção tudo o que acontece na temporada feminina e está com a sensação de que o Brasil pode, enfim, conquistar o título deste Mundial que tanto tem escapado das comandadas por José Roberto Guimarães.

É claro que a concorrência vai ser pesada e que qualquer palpite nos Estados Unidos, por exemplo, faz todo o sentido. Mas vale a pena olhar com atenção para as nossas observações e o nosso prognóstico na hora de investir os seus créditos. E é bom que o torcedor-apostador tenha uma verdadeira paciência de monge japonês: os jogos são disputados na madrugada, no horário de Brasília, e a competição, que está na fase inicial, só vai terminar no dia 20.

Palpite: Título do Brasil, com odds a R$ 6,00 no Bet365.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Por que os Estados Unidos são favoritos?

Uma olhada atenta na lista dos odds disponíveis vê a perigosa seleção norte-americana como a favorita ao título do Mundial Feminino, devolvendo R$ 3,50 a cada R$ 1,00 apostado. E a campanha delas está fazendo jus a esta avaliação. São quatro vitórias em quatro jogos disputados, todos por 3 sets a 0. É claro que o nível do Mundial só deve esquentar mesmo na terceira fase, mas a temporada em si das americanas tem sido mesmo muito boa.

Não custa reforçar: os Estados Unidos ganharam, até com certo sossego, a Liga das Nações disputada neste ano, não dando chance nem às equipes mais tradicionais e nem às forças emergentes, como a surpreendente Turquia, que terminou com o vice. O time norte-americano tem a capacidade de ataque como grande ponto positivo, demonstrando que Dixon, no bloqueio, e Hackley, com suas violentas cortadas, são mesmo atletas que merecem muita atenção no Japão.

E o Brasil?

A seleção comandada por José Roberto Guimarães aparece na quarta colocação na lista dos favoritos ao título. Além das americanas, as brasileiras ficam atrás também de sérvias e chinesas. A ordem de forças faz sentido. O Brasil terminou a Liga das Nações, competição que substitui o Grand Prix, na exata quarta colocação, mas dá sinais de que pode melhorar o nível com a entrada de Natália, uma atacante importantíssima que precisa de mais ritmo até voltar a ser a jogadora essencial de sempre.

O Brasil é, neste Mundial, uma mescla de atletas experientes e jovens testadas neste nível pela primeira vez. É uma aposta de risco – mas eis a campeã Polônia entre os homens para demonstrar que é possível que o time vencedor fuja da lista dos favoritos. Com Natália em condições de jogo, a capacidade ofensiva sobe demais. Ela ficou sete meses sem saltar devido a uma tendinite no joelho.

Apostas em total de sets

Engana-se quem pensa que as partidas de vôlei oferecem apenas a possibilidade de escolher a equipe vencedora. É possível lucrar também que a maneira como cada time chega a este placar. Tendo como exemplo o Brasil x Cazaquistão da madrugada desta quinta (4), os odds que eram demonstrados no total de sets eram os seguintes: uma vitória brasileira por 3 a 0 pagava R$ 1,10 a cada R$ 1,00 apostado, enquanto um 3 a 1 ao Brasil, por exemplo, rendia R$ 6,50, de acordo para o Bet365. Há, mesmo, uma infinidade de combinações que podem oferecer ganhos interessantes. Fica o convite a se conferir desde já.

Melhor palpite para o Mundial Feminino

Talvez a gente precise mesmo explicar o que fazemos colocando o Brasil e os seus odds de R$ 6,00/R$ 1,00 pelo título (de acordo com o Bet365) como palpite principal para este Mundial. A seleção, como falamos, está em um nível abaixo das demais, isso é um fato. O outro é que a equipe tem boas chances de dar um salto realmente enorme ao longo da competição com jogadores importantes como Natália e Dani Lins ganhando ritmo e voltando a demonstrar que fazem parte da elite mundial. O cenário feminino tampouco tem uma força tão dominante para descartar as chances brasileiras.

Favoritos ao título do Mundial Feminino de Vôlei (outrights)

  • Estados Unidos – R$ 3,50
  • Sérvia – R$ 4,00
  • China – R$ 5,00
  • Brasil – R$ 6,00
  • Itália – R$ 12,00
  • Holanda – R$ 15,00
  • Rússia – R$ 17,00
  • Japão – R$ 27,00

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Palpite para a 2ª fase do Mundial Feminino de Vôlei | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar