UFC

Lyoto Machida vence Anders no UFC, desafia Bisping, mas falta de brilho preocupa futuro

Foto: Divulgação/UFC

O Dragão está de volta! Ao menos de volta às vitórias. Na madrugada deste sábado, pelo UFC Fight realizado em Belém, Lyoto Machida superou Eryk Anders na luta principal do evento e fez a festa do público presente. Embora seja bom ver o brasileiro com o braço erguido novamente, a atuação do carateca foi longe do esperado, e seu triunfo foi controverso. Apesar do combate apertado, muita gente discordou fortemente do resultado.

O duelo entre Machida e Anders foi bem morno. O brasileiro investiu em.movimentação e chutes, enquanto Eryk o cercou e deixou sua mãe engatilhada durante boa parte do.combate. Ambos tiveram bons.momentos e chegaram a ser derrubados em alguns momentos da luta, mas sem competência para finalizarem a disputa. Nos momentos finais do confronto, para se ter uma ideia, o público se dividiu entre vaias pela apresentação pouco empolgante de ambos e incentivos para que Lyoto ganhasse força e energia para encerrar o duelo com algum golpe espetacular. O povo gosta é de show mesmo. Não tem jeito. Mas não rolou.

Com a vitória, Machida sai de braço erguido, mas sem brilho. Aos 39, o carateca lutou em casa, com um lutador novo, que apesar de invicto até então nem está ranqueado e mesmo assim teve muita dificuldade para vencer a luta na decisão controversa  (vamos aceitar) dos juízes laterais. Foi um desempenho quase preocupante para quem ainda sonha em disputar o cinturão dos médios do UFC.

Após a luta, Lyoto desafiou Michael Bisping. É uma luta interessante para os fãs, e de certa forma competitiva. Mas se o o brasileiro quiser sonhar com título e encarar nomes difíceis como Luke Rockhold, York Romero, Melvin Gastelum ou o campeão Robert Whittaker, muita coisa tem se melhorar.

Mas não vamos ver tudo pelo lado ruim, né? Exaltemos o triunfo de uma lenda brasileira do UFC, que fechou com chave de ouro um evento com nove vitórias de brasileiros contra gringos. Após um início de ano difícil, os atletas tupiniquins mostraram que a torcida da casa faz a diferença.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar