Ganhador.com

Copa Banco Suruga

Independiente conquista a Copa Banco Suruga de 2018

Independiente recebendo o troféu da Copa Banco Suruga
Foto: Kaz Photography/Getty Images

Foi o décimo-oitavo título internacional oficial dos Rojos

O desafio anual entre o Campeão da Copa do Imperador do Japão e o Campeão da Copa Sul-Americana aconteceu na manhã desta quarta-feira (horário de Brasília) em Osaka. O Independiente derrotou o Cerezo Osaka e conquistou seu décimo-oitavo título internacional oficial, voltando a ser assim o Rey de Copas. Confira abaixo como foi.

 

Cerezo Osaka 0, Independiente 1

O comandante sul-coreano Yoon Jong-Hwan tem uma maneira estranha de trabalhar. Ele escala os titulares somente na J-League e põe os reservas para correr atrás da bola na Champions League Asiática, na Copa do Imperador, na Copa da Liga e também na Copa Banco Suruga. Apesar da estratégia, os de camisas rosas caíram somente no certame continental e seguem vivos nos dois mata-matas nacionais. O Independiente, que não tem nada a ver com isso, saiu dos vestiários com sua força máxima.

Quando o árbitro apitou o início da peleja, os japoneses pareciam querer levar o embate para os pênaltis e se fecharam. O Independiente foi chegando, chegando e chegou. Numa rápida troca de passes na entrada da área, a bola sobrou para Silvio Romero, que driblou o goleiro e tirou o zero do placar.

No segundo tempo, mesmo em desvantagem, os japoneses continuaram fechados e retrancados. Os argentinos não conseguiram ampliar a vantagem, porém. Somente nos últimos minutos que o Cerezo Osaka foi para cima e quase empatou, mas não deu.

 

Independiente empatou com o Boca Jrs.

O Rey de Copas, apesar do apelido, havia sido ultrapassado nos últimos anos pelo eterno rival Boca Jrs. Agora, eles estão empatados com 18 conquistas internacionais oficiais. Vamos conhece-las?

  • Independiente: 2 Mundiais Interclubes, 7 Taças Libertadores da América, 2 Copas Sul-Americana, 1 Recopa Sul-Americana, 2 Supercopas, 3 Copas Interamericanas e 1 Copa Banco Suruga.
  • Boca Jrs.: 3 Mundiais Interclubes, 6 Taças Libertadores da América, 2 Copas Sul-Americana, 4 Recopas Sul-Americana, 1 Supercopa, 1 Copa Master e 1 Copa Ouro Nicola Leóz.

O terceiro colocado neste ranking histórico é o São Paulo, com doze títulos.

  • São Paulo: 3 Mundiais Interclubes, 3 Taças Libertadores da América, 1 Copa Sul-Americana, 2 Recopas Sul-Americana, 1 Supercopa, 1 Copa CONMEBOL e 1 Copa Master.

Ficha técnica

Cerezo Osaka: Kenta Tanno; Kota Fujimoto (Matej Jonjic), Reiya Morishita, Tatsuya Yamashita (Souza); Noriyuki Sakemoto, Osmar Barba, Daichi Akiyama, Yusuke Tanaka (Elichi Katayama); Takaki Fukumitsu (Toshiki Onozawa), Toshiyuki Takagi (Atomu Tanaka); Hirofumi Yamauchi (Mizuki Ando). Técnico: Yoon Jong-Hwan.

Independiente: Martín Campaña; Fabricio Bustos, Alan Franco, Nicolás Figal, Sánchez Miño; Francisco Silva (Nicolás Domingo), Pablo Hernández (Fernando Gaibor); Maximiliano Meza (Guillermo Burdisso), Silvio Romero (Carlos Benavídez), Martín Benítez (Ezequiel Cerutti); Emmanuel Gigliotti. Técnico: Ariel Holan.

Local: Estádio Yanmar Nagai, em Osaka, Japão.

Público pagante: 10.035

Árbitro: Matthey Conger.

Cartões Amarelos: Daichi Akiyama e Emmanuel Gigliotti.

Gol: Silvio Romero.

 

Os campeões da Copa Banco Suruga

  • Kashima Antlers, 2 (2012 e 2013).
  • Independiente, 1 (2018).
  • Arsenal, 1 (2008).
  • Internacional, 1 (2009).
  • Tóquio FC, 1 (2010).
  • Júbilo Iwata, 1 (2011).
  • Kashiwa Reysol, 1 (2014).
  • River Plate, 1 (2015).
  • Independiente Santa Fé, 1 (2016).
  • Urawa Red Diamonds, 1 (2017).

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar