Ganhador.com

Copa Libertadores

Flamengo x Emelec: primeira vitória rubro-negra em casa na Copa Libertadores pode garantir clube nas oitavas

Flamengo
Foto: Staff Images / Flamengo

Vice-líder do Grupo 4 com seis pontos, Mengão depende de um triunfo para se assegurar no mata-mata e finalmente acabar com a fantasma que ronda o Maracanã na atual edição do torneio continental

 Em meio ao duro golpe que foi a extensão da suspensão por doping ao atacante Paolo Guerrero, que viu sua pena ir de seis para 14 meses e consequentemente perder a oportunidade de disputar a Copa do Mundo, o Flamengo retorna ao seu dia a dia desde que a temporada de 2018 começou: sem o craque peruano como opção para o ataque. Diferentemente do ambiente carregado que antecedeu a primeira partida contra o Emelec, no Equador, o jogo desta quarta-feira (16 de maio), às 21h45, no estádio Maracanã, é tudo o que os jogadores rubro-negros precisam para trazer de vez a massa do Urubu ao seu lado. Dependendo de uma vitória para carimbar a classificação para as oitavas de final do torneio continental após longos sete anos, o Mengão tenta encerrar um outro jejum jogando em seus domínios. Será que desta vez vai? Confira a análise da partida!

 

Flamengo + torcida + Maracanã = vitória

Depois de cumprir dois jogos de punição com portões fechados na Libertadores pelo caos proporcionado por parte da torcida na final da Copa Sul-Americana do ano passado, o Flamengo terá finalmente a sua camisa 12 “em campo”. Com mais de 40 mil ingressos vendidos no reencontro dos torcedores rubro-negros com a competição continental no Macaranã, é hora de o elenco do Mengão mostrar a verdadeira força.

Após dois empates consecutivos atuando na Cidade Maravilhosa, contra River Plate e Santa Fé, o clube da Gávea quer acabar com o jejum, que pode lhe garantir a vaga antecipada para o mata-mata. Atuais segundos colocados do Grupo 4 com seis pontos, os cariocas precisam dos três pontos para assegurarem a classificação, já que os rivais colombianos, terceiros na tabela com quatro pontos, só têm um confronto pela frente. Se a vitória ocorrer logo mais, o time brasileiro ampliaria a vantagem para sete pontos sobre os concorrentes diretos. Assim, o Urubu disputaria com os argentinos, atuais líderes com 11 pontos, a ponta da chave na rodada final, no Monumental de Núñez.

Mais do que vencer os equatorianos no Rio de Janeiro, o Flamengo pode encerrar um tabu de sete anos sem ir às oitavas de final do torneio. Isso porque a equipe acumula recentes fracassos nas últimas três edições da competição, caindo todas as vezes na fase de grupos: em 2012, 2014 e 2017. A última vez que o clube disputou o mata-mata foi em 2010, quando foi eliminado nas quartas pelo Universidad de Chile.

 

O momento

Apesar da polêmica derrota com um time misto para a Chapecoense na rodada passada do Brasileirão, encerrando uma invencibilidade de nove jogos, o Fla continua líder do Nacional e vê sua equipe subir de produção ao longo das últimas semanas.

Se o jogo é decisivo, nada melhor do que ter um jogador experiente para comandar as ações do clube em campo. Estamos falando do meia Diego, que após três jogos fora, retornou ao time titular no revés contra a Chape. O maestro é a principal novidade do técnico Mauricio Barbieri nesta quarta, que terá um ataque formado por Vinicius Junior, aquele mesmo que anotou os dois gols da vitória em Guayaquil, e Henrique Dourado.

Missão impossível

O Emelec chega para o jogo no Maracanã bastante pressionado pelas fracas campanhas na temporada. Se na liga local o clube é apenas o quarto colocado, estando nove pontos atrás do líder LDU, a situação no torneio continental é constrangedora. A equipe é a última colocada da chave com apenas um ponto em quatro embates realizados, situação que deixou insustentável a permanência do técnico Alfredo Arias. Em meio ao pedido de demissão, o comandante fará seu último jogo pela equipe no Rio de Janeiro. Se vencer, dá esperança ao clube, que receberá o Santa Fé em Guayaquil. Se perder, deixa uma última impressão negativa em sua passagem de dois anos pelo Equador.

Palpite

É bom o flamenguista se preparar porque é finalmente hora de o clube vencer na Copa Libertadores de 2018. Pode ser no sufoco como tem ocorrido em todos os jogos da equipe nesta edição do torneio continental, mas a vitória virá com Henrique Dourado.

 

Confira os jogos desta semana da Copa Libertadores

Terça-feira, 15 de maio de 2018

  • 19:15 – Defensor 0x1 Cerro Porteño – Palpite: Cerro Porteño
  • 19:15 – Delfín 1×0 Atlético Nacional – Palpite: Atlético Nacional
  • 21:30 – Monagas 1×2 Grêmio – Palpite: Grêmio
  • 21:30 – Colo-Colo 2×0 Bolívar – Palpite: Colo-Colo

Quarta-feira, 16 de maio de 2018

  • 21:45 – Flamengo x Emelec – Palpite: Flamengo
  • 21:45 – Boca Juniors x Alianza Lima – Palpite: Boca Juniors
  • 21:45 – Palmeiras x Junior Barranquilla – Palpite: Palmeiras

Quinta-feira, 17 de maio de 2018

  • 19:15 – Peñarol x The Strongest – Palpite: Peñarol
  • 19:15 – Libertad x Atlético Tucumán – Palpite: Libertad
  • 21:30 – Deportivo Lara x Corinthians – Palpite: empate
  • 21:30 – Millonarios x Independiente – Palpite: empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar