Ganhador.com

Copa do Brasil

Embalado Cruzeiro busca ampliar a crise do Atlético-PR em duelo pelas oitavas da Copa do Brasil

Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Paranaenses perderam os últimos dois jogos na Arena da Baixada

Nesta semana acontecerá o primeiro jogo do duelo entre Atlético-PR e Cruzeiro. Este é o único confronto que ainda não havia começado pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O duelo ocorre na Arena da Baixada, mas os paranaenses chegam de duas derrotas no local e encaram um adversário embalado, o que promete com que a partida seja bem equilibrada.

 

Atlético-PR em queda livre

A goleada por 5 a 1 sobre a Chapecoense foi o último grande ato do Atlético-PR. Depois disso, o clube engatou seis jogos sem vencer, sendo três derrotas seguidas. O Furacão inclusive perdeu as duas apresentações recentes na Arena da Baixada. Primeiro para o Palmeiras, por 3 a 1, e em seguida diante do Atlético-MG, por 2 a 1.

Estes reveses em casa tiraram a confiança da equipe, que costumava atropelar o adversário no seu estádio. Agora, já são 31 dias sem vitórias, o que aumenta a pressão sobre o comandante Fernando Diniz, que havia sido contratado cercado de expectativas.

Ao menos o técnico terá boas notícias nesta quarta-feira. Isso porque o zagueiro Thiago Heleno e os volantes Matheus Rossetto e Lucho González estão recuperados e disponíveis para a partida. Os dois reforços compensam algumas baixas significativas, pois o lateral-direito Jonathan e o meia Nikão estão lesionados. Outro que não joga é Guilherme, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Com isso, o Atlético-PR deve ir para campo com: Santos; Zé Ivaldo, Pavez e Thiago Heleno; Matheus Rossetto, Camacho, Lucho González e Carleto (Renan Lodi); Matheus Anjos (Nikão), Pablo e Bergson.

Esta formação tenta apagar os fiascos recentes, mas dificilmente conseguirão um bom resultado nesta quarta-feira. O ponto positivo é que como a competição não tem mais o critério de gols fora de casa, o Furacão poderá se arriscar mais ao ataque, pois não será fácil furar a defesa do adversário.

 

Cruzeiro pode se inspirar no rival

O triunfo do Atlético-MG serviu para mostrar que a missão de ganhar na Arena da Baixada não é tão complicada. Principalmente com a boa fase recente do Cruzeiro, que como esperado, bateu o Sport Recife, pelo Brasileirão, e embalou de vez.

O clube agora está há cinco jogos sem perder e cinco sem sofrer gols. O ótimo rendimento no triunfo de 2 a 0 sobre o Rubro-Negro pernambucano agradou tanto o técnico Mano Menezes que o técnico decidiu repetir a escalação, com: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Arrascaeta e Rafinha; Sassá.

Com esta equipe, a Raposa tem condições de voltar para casa com um resultado positivo. Principalmente porque ao longo de toda a temporada, o clube só sofreu mais de um gol em apenas duas oportunidades, contra o Racing, pela Libertadores, e o Atlético-MG, na final do estadual. Um número bem expressivo e que aponta a regularidade da dupla de defesa formada por Léo e Dedé, além do veterano goleiro Fábio.

O ataque, por sua vez, ainda não demonstra tanta confiança, mas a quantidade de opções ofensivas segue sendo um perigo para qualquer adversário. Isso porque além do centroavante Sassá, os meias Arrascaeta, Robinho e Rafinha estão sempre rondando a área do oponente. Outra boa característica é a bola aérea, que resultou em dois gols nos últimos dois jogos, com Dedé, de cabeça.

Sendo assim, a expectativa é que o Cruzeiro volte com um empate da Arena da Baixada ou até ganhe por um placar apertado.

 

Retrospecto do confronto

As duas equipes já se enfrentaram 57 vezes e o Cruzeiro aparece com a vantagem. Foram 24 triunfos dos mineiros contra 15 do Atlético-PR e 18 empates. Até mesmo se considerar apenas os duelos na Arena da Baixada a Raposa surge na frente, com nove vitórias, dez empates e somente oito derrotas.

Pela Copa do Brasil, os dois times se encontraram em três edições. Em 1999, o Furacão avançou graças ao critério de gols fora de casa após dois empates. No ano seguinte, o Cruzeiro ganhou em casa e segurou um empate no Sul e deu o troco. Em 2012 foi a vez do Atlético-PR voltar a se classificar neste duelo ao ganhar as duas partidas.

 

Jogos das oitavas de final da Copa do Brasil 2018

Quarta-feira, 16 de maio

  • 19:30 – Chapecoense x Atlético-MG. Palpite: Atlético-MG vence por 2 a 1
  • 21:45 – Atlético-PR x Cruzeiro. Palpite: 1 a 1

Quinta-feira, 17 de maio

  • 19:15 – Luverdense x Santos. Palpite: 0 a 0

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar