UFC

Em luta emocionante, Thiago Marreta nocauteia Eryk Anders no UFC São Paulo

Thiago Marreta nocauteou Eryk Anders no UFC São Paulo
Foto: Divulgação / UFC

A luta principal do UFC São Paulo, que aconteceu neste sábado, no Ginásio do Ibirapuera, pode ser considerada um “teste pra cardíaco” para os fãs brasileiros. Em sua estreia nos meio-pesados, Thiago Marreta venceu Eryk Anders por nocaute técnico após o terceiro round após uma verdadeira guerra. O brasileiro sofreu para resistir às investidas do americano nas derrubadas, mas conseguiu sobreviver e encaixar os melhores golpes na trocação para fazer o adversário desistir.

Embora tenha alcançado o êxito em sua primeira luta como meio-pesado, o preparo fisico foi um fator importante. O brasileiro não teve o tempo adequado para se preparar, mas ainda assim teve mais tempo que o rival, que entrou na luta com menos de uma semana de aviso. O brasileiro foi melhor na trocação, mas gastou muita energia tentando se manter de pé e perdeu potência nos golpes. A cena rara foi ver Anders desabando após o fim do terceiro round. O americano não aguento chegar ao seu córner após o soar do gongo do terceiro assalto, caiu no octógono e foi declarado perdedor.

Com o resultado, Marreta estreia com vitória na categoria dos meio-pesados. O brasileiro vinha de duas vitórias como peso-médio e queria se testar na divisão até 83,9kg. Já Eryk Anders, perde a segunda luta na carreira. Ele soma 11 vitórias e dois reveses em 13 combates no MMA.

A luta

O primeiro round foi movimentado, mas com bastante estudo. Anders tomou o centro do cage logo de início em busca de tomar o controle das ações. O americano buscou a luta agarrada e Marreta teve de se desvencilhar por três vezes das mãos do adversário.

No segundo assalto, Marreta logo acertou um chute na costela que só pelo barulho já deu para saber que tinha surtido efeito. Eryk fez cara feia, o brasileiro sentiu o bom momento e avançou. Marreta chegou a aplicar bons golpes no corpo e na cabeça de Anders, mas não conseguia liquidar a luta. Ele esteve perto de finalizar, mas Anders mostrou resistência. Ao fim do segundo assalto, ambos pareciam cansados.

No terceiro round, Eryk começou mais esperto, chegou a abalar Marreta com um soco e quase encaixou uma finalização com a luta no solo. O brasileiro sobreviveu, se levantou e conseguiu boa sequência de socos de pé. Ambos os lutadores demonstraram muito cansaço e ficaram mais lentos na troca de golpes. No fim da etapa, enquanto Anders buscava as pernas de Marreta para uma nova derrubada, o brasileiro aplicou cotoveladas e alguns socos por cima do rival. Ao fim do assalto, Anders desabou de cansaço e o árbitro declarou o fim da luta por nocaute técnico.

Confira os resultados do UFC São Paulo

Thiago Marreta nocauteou Eryk Anders no terceiro round
Alex Cowboy nocauteou Carlo Pedersoli no primeiro round
Rogério Minotouro nocauteou Sam Alvey no segundo round
Andre Ewell venceu Renan Barão na decisão dividida dos juízes
Marina Rodriguez e Randa Markos empataram após três rounds
Card preliminar
Charles Do Bronx finalizou Christos Giagos no segundo round
Francisco Massaranduba nocauteou Evan Dunham no segundo round
Ryan Spann venceu Luis Henrique KLB na decisão dos juízes
Augusto Sakai nocauteou Chase Sherman no terceiro round
Serginho Moraes finalizou Ben Saunder no segundo round
Maira Bueno finalizou Gillian Robertson no primeiro round
Thales Leites venceu Hector Lombard na decisão unânime dos juízes
Elizeu Capoeira nocauteou Luigi Vendramini no primeiro round
Livinha Souza nocauteou Alex Chambers no primeiro round

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar