Ganhador.com

Dicas de Apostas

Com Felipão, Palmeiras se mantém como favorito ao título da Libertadores da América

Jogadores do Palmeiras

Torneio tem também como alguns concorrentes ao troféu Corinthians, Santos e Boca

A disputa da Taça Libertadores da América de 2018 volta nesta semana com as partidas de ida das oitavas de final. Em campo, na terça (7), quarta (8) e quinta-feira (9), vamos acompanhar Grêmio, Flamengo, Cruzeiro, Corinthians e Palmeiras. O Santos joga apenas na outra semana. Das 16 equipes envolvidas na competição, as grandes favoritas ao título são brasileiras.

 

Palmeiras

Não é segredo para ninguém que o grande sonho do palmeirense nos últimos anos é ser campeão continental pela segunda vez em sua história. A primeira foi em 1999, diante do Deportivo Cali, da Colômbia. Em 2018, na atual edição, o antigo Palestra Itália fez uma boa primeira fase, tendo a melhor campanha, o que dá o direito de decidir as partidas de volta das eliminatórias diante da própria torcida, no Allianz Parque, em São Paulo. No Grupo 8, foram 5 vitórias e 1 empate, com 14 gols feitos e apenas 3 sofridos. Os adversários foram: Boca Juniors, da Argentina; Alianza Lima, do Peru; e Junior Barranquilla, da Colômbia.

Outro detalhe importantíssimo que aumenta as chances de título do Verdão, pelo menos na minha opinião, é a recente chegada do técnico Luiz Felipe Scolari. Campeão mundial com o Brasil na Copa de 2002, na Coreia do Sul e no Japão, ele era o comandante do Porco na primeira conquista internacional, citada no parágrafo acima. Na quinta-feira, o rival é o Cerro Porteño lá no Paraguai. Jogo encardido e complicado.

 

Corinthians

Por incrível que pareça, logo atrás do Palmeiras vem o Corinthians no ranking de favoritos ao troféu. Digo isto porque o clube da Fiel está se acertando na temporada desde a saída de Fábio Carille para a Arábia Saudita. No início do trabalho, antes do começo da Copa do Mundo da Rússia, Osmar Loss encontrou dificuldades. Agora, a situação deu uma melhorada com a invencibilidade de 5 partidas, sendo 3 resultados positivos e 1 empate. Agora, o principal trunfo alvinegro é a força da torcida na Arena Itaquera. Quarta-feira, os corintianos vão estar no Chile para encararem o Colo-Colo, do meia Valdívia, ex-Palmeiras. Lembrando que eles foram campeões em 2012.

O Corinthians foi líder do Grupo 7, com 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas diante de Millonarios, da Colômbia; Independiente, da Argentina, e Deportivo Lara, da Venezuela.

 

Santos

Olha, o Santos no terceiro lugar da lista de favoritos eu não concordo, pelo menos no momento. Sob o comando de Cuca, que chegou na semana passada à Vila Belmiro, o time tenta se acertar. O treinador, que já esteve no banco de reservas em duas oportunidades, ainda não conseguiu colocar o Peixe nos trilhos, tanto que o jejum é de oito partidas. Para justificar esta colocação vai ser preciso jogar muita bola no dia 21 de agosto, em Avellaneda, na Argentina, frente ao Independiente.

No Grupo 6, o time do Rei Pelé liderou a chave com 3 triunfos, 1 revés e 2 igualdades, tendo também 6 gols marcados e 4 levados. Nesta etapa da competição, a formação da Baixada duelou com Real Garcilaso, do Peru; Estudiantes, da Argentina; e Nacional, do Uruguai.

 

Boca Juniors

O tradicionalíssimo Boca Juniors, potência continental em um passado recente, é a primeira equipe do ranking sem ser do Brasil. Nossos hermanos, que contam como Carlitos Tevez, precisam resgatar o passado vitorioso para obterem sucesso. Isso porque no Grupo 8, quase que fica de fora do mata-mata. A classificação veio no fim da primeira fase, e contou com 2 resultados positivos, 1 negativos e 3 empates, fazendo 4 gols e levando também 4. É importante ficar ligado neste time, que costuma crescer em momentos decisivos. O Boca encara os paraguaios do Libertad na quarta.

 

Grêmio

Atual campeão, o Grêmio não figura entres os três primeiros times favoritos, mas não é por isso que pode ser esquecido. Renato Gaúcho vem mesclando o time entre jogadores titulares e reservas para ter hoje, nesta terça-feira, um bom rendimento contra o Estudiantes, na cidade de La Plata, na Argentina. O Imortal Tricolor costuma, na maioria das vezes, apresentar o mesmo futebol quando atua dentro e fora de sua arena, em Porto Alegre.

No Grupo A, os gaúchos se classificaram de maneira invicta depois de jogarem com Monagas, da Venezuela; Cerro Porteño, do Paraguai; e Defensor Sporting, do Uruguai. Ao todo, em 6 compromissos, foram 4 vitórias e 2 empates.

 

Cruzeiro

A Raposa tem totais condições de gritar “é campeão” no final da temporada.  A tática que o treinador Mano Menezes adotou em apresentações recentes é parecido com a do Renato Gaúcho. O Cruzeiro jogou com o time titular na partida de ida da Copa do Brasil, mas no Brasileirão mandou a campo os reservas. Quem tem Thiago Neves, Dedé, De Arrascaeta, Rafael Sóbis e Hernán Barcos não pode ser subestimado.

A campanha na primeira fase do torneio começou de maneira turbulenta, com uma derrota na Argentina para o Racing. Depois, os mineiros deslancharam, tanto que ficaram com o topo da chave, vencendo 3 vezes, perdendo 1 uma e empatado outra. Vasco e Universidade de Chile foram os demais oponentes do Grupo 5.  A formação azul vai a campo na quarta em um jogaço com o Flamengo no Maracanã.

 

Flamengo

Depois de alguns anos caindo na fase de grupos, os rubro-negros quebraram a desconfiança da torcida e avançaram na chave 4 perante River Plate, da Argentina; Independiente Santa Fe, da Colômbia; e Emelec, do Equador.  O retrospecto foi de 6 triunfos e 2 igualdades. A expectativa é para saber se o Urubu vai sentir o peso do fato de ter que se dividir entre Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro, onde luta pela primeira posição com o São Paulo.

 

Palpite

Olha, palpitar em quem vai ser campeão da Libertadores da América não é tarefa fácil, não. Em 2018, todos os times que estão na disputa são grandes em seus países e têm tradição. No momento, a corrida está bem aberta, mas aposto no Palmeiras sendo o vencedor em função da chegada do Felipão. O profissional vai proporcionar aquele momento de virada e arranque. Um possível título verde paga R$ 5,50 a cada R$ 1,00 investido por você nas casas de apostas.

 

Jogos da semana da Libertadores

Terça-feira, 7 de agosto
  • 21:45 – Estudiantes (R$ 2,87) x (R$ 2,87) Grêmio. Empate: R$ 2,80 – Palpite: empate
Quarta-feira, 8 de agosto
  • 19:30 – Boca Juniors (R$ 1,40) x (R$ 9,00) Libertad. Empate: R$ 4,10 – Palpite: Boca Juniors
  • 21:45 – Flamengo (R$ 1,80) x (R$ 5,00) Cruzeiro. Empate: R$ 3,25 – Palpite: Flamengo
  • 21:45 – Colo-Colo (R$ 2,25) x (R$ 3,60) Corinthians. Empate: R$ 2,90 – Palpite: empate

Quinta-feira, 9 de agosto

  • 19:30 – Racing (R$ 2,30) x (R$ 3,10) River Plate. Empate: R$ 3,00 – Palpite: empate
  • 21:45 – Atlético Tucumán (R$ 2,50) X (R$ 3,00) Atlético Nacional. Empate: R$ 2,95 – Palpite: Atlético Nacional
  • 21:45 – Cerro Porteño (R$ 2,80) x (R$ 2,60) Palmeiras. Empate: R$ 2,88 – Palpite: Palmeiras

 

Ranking de favoritos ao título

  1. Palmeiras – R$ 5,50
  2. Corinthians – R$ 7,00
  3. Santos – R$ 8,00
  4. Boca Juniors – R$ 9,00
  5. Grêmio – R$ 9,00
  6. River Plate – R$ 10,00
  7. Cruzeiro – R$ 11,00
  8. Racing – R$ 13,00
  9. Atlético Nacional – R$ 15,00
  10. Flamengo – R$ 17,00
  11. Independiente – R$ 21,00
  12. Libertad – R$ 26,00
  13. Estudiantes – R$ 26,00
  14. Atlético Tucumán – R$ 26,00
  15. Cerro Porteño – R$ 67,00
  16. Colo-Colo – R$ 81,00

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar