Ganhador.com

Copa do Brasil

Buscando título inédito, São Paulo estreia na Copa do Brasil contra Madureira sem técnico

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Tricolor Paulista tenta quebrar tabu de não nunca ter vencido o torneio mata-mata; instável na temporada, são-paulinos pegam rival carioca em crise

Todo início de Copa do Brasil é a mesma história. O São Paulo começa mais uma edição buscando o inédito título. Parece até batido nas capas de jornais e sites, mas não deixa de ser verdade e continua sendo uma pedra no sapato para uma equipe é que tricampeã mundial e hexa nacional. Será que chegou a hora de acabar este tabu? Por pouco o clube não venceu em 2000, mas parou no Cruzeiro na decisão. Agora, em processo de reconstrução após uma temporada que quase culminou no rebaixamento para a Série B do Brasileirão, o Tricolor Paulista busca a calmaria em sua 18ª participação, que pode vir contra o Madureira, adversário que também não está nada bem. Confira a análise da partida.

 

Hora de convencer

O São Paulo encara o Madureira em Londrina, em uma daquelas partidas em que o time da casa – no caso o time carioca – vende o seu mando de campo para faturar um trocado com bilheteria, querendo se encontrar em 2018. Passados quatro jogos no Paulistão, o Tricolor ocupa a vice-liderança do Grupo B com quatro pontos – uma vitória, um empate e duas derrotas. Apesar de o campeonato estar ainda no início, os jogadores já sentiram a pressão da torcida pelos maus resultados. O principal deles foi a derrota para o rival Corinthians por 2×1 no sábado passado.

Tentando acalmar os ânimos, o clube dirigido por Dorival Júnior conta com um adversário considerado ideal para espantar a má fase. Após avançar ao mata-mata da Taça Guanabara do ano passado e conseguir a sexta colocação geral no Carioca, fato que lhe garantiu a disputa da Copa do Brasil de 2018, o Madureira coleciona uma série de más performances na temporada.

Com apenas dois pontos em quatro rodadas no Estadual, o Tricolor Suburbano viu seu técnico, o experiente Paulo César Gusmão, ser mandado embora dois dias atrás. Sem um comandante – Acácio assume temporariamente -, os cariocas buscam encontrar forças para passar por este momento delicado. A esperança passa pelos pés do experiente Souza, atacante com passagens pelos principais clubes do Rio de Janeiro, além de Corinthians, Bahia e Goiás.

 

Uns chegam, outros saem

Ainda em busca da formação ideal, Dorival Júnior tenta mesclar a garotada vindo de Cotia, como Brenner e Shaylon, com jogadores mais experientes, como Jucilei, Anderson Martins e Diego Souza. Para dar mais força ao time considerado titular, o comandante são-paulino ganha a cada dia novos jogadores.

O meio-campista Nenê, ex-Vasco da Gama, e o colombiano Santiago Tréllez, vindo do Vitória, são as principais novidades do clube nesta semana. Eles podem ser as peças que faltam no quebra-cabeça do treinador tricolor, que ainda continua fazendo testes na equipe.

Apesar das novidades, a dupla de reforços não estará em campo no estádio do Café. Isso porque eles ainda não foram regularizados junto à CBF, situação que deve ocorrer até o fim de semana. Quem também está fora de combate é o volante Petros, que foi expulso contra o Bahia, em jogo do Brasileirão de 2017, e posteriormente punido em duas partidas pelo STDJ.

Aumentando a lista de desfalques tricolor estão Cueva e Maicosuel. Enquanto o primeiro continua na geladeira após “criar caso” para sair forçadamente do clube em razão de uma proposta do futebol árabe, o Mago já foi liberado por Raí para procurar um novo time. Com contrato até 2020, o jogador atuou apenas em nove oportunidades com a camisa Tricolor em razão de algumas lesões.

 

O que eu acho

O momento são-paulino não é dos melhores, mas o clube sabe que precisa dar uma resposta rápida aos críticos. Até por isso Dorival Júnior deve enviar força máxima para o Paraná. Azar do Madureira, que tem tudo para ver sua crise ser aumentada com uma possível goleada.

 

Confira os jogos da primeira fase da Copa do Brasil 2018

Terça-feira, 30 de janeiro

  • 20:00 – Vitória da Conquista 0x0 Boa Esporte – Palpite: Vitória da Conquista
  • 21:30 – Caxias 0x0 Atlético-PR – Palpite: Empate

Quarta-feira, 31 de janeiro

  • 16:00 – Nova Iguaçu x Bragantino – Palpite: Bragantino
  • 19:30 – Boavista x Internacional – Palpite: Internacional
  • 19:30 – Caldense x Fluminense – Palpite: Fluminense
  • 20:00 – Tubarão x América-RN – Palpite: Tubarão
  • 20:00 – Aimoré x Cuiabá – Palpite: Cuiabá
  • 20:30 – Uberlândia x Ituano – Palpite: Ituano
  • 21:30 – Novo x Salgueiro – Palpite: Novo
  • 21:30 – Floresta x Botafogo-PB – Palpite: Botafogo-PB
  • 21:30 – Cordino x Náutico – Palpite: Empate
  • 21:30 – Treze x Figueirense – Palpite: Figueirense
  • 21:30 – Itabaiana x Joinville – Palpite: Joinville
  • 21:30 – Independente-PA x Sampaio Corrêa – Palpite: Sampaio Corrêa
  • 21:30 – Interporto x Juventude – Palpite: Juventude
  • 21:45 – Madureira x São Paulo – Palpite: São Paulo
  • 22:00 – Real Ariquemes x Londrina – Palpite: Londrina
  • 22:30 – Flu de Feira x Santa Cruz – Palpite: Flu de Feira

Quinta-feira, 1º de fevereiro

  • 19:15 – URT x Paraná – Palpite: Paraná
  • 21:30 – Novo Hamburgo x Paysandu – Palpite: Paysandu

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar