Brasileirão Série A

Atlético-PR e Santos se enfrentam nesta quinta-feira em Curitiba para fugir da zona de rebaixamento antes da pausa para a Copa

Santos
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Furacão e Peixe somam os mesmos seis pontos, mas os paulistas têm um jogo a menos

Restando apenas duas semanas para a bola rolar na Rússia, o clima de Copa do Mundo já começa a tomar conta da torcida, mas o Brasileirão terá cinco rodadas importantíssimas até a pausa, e ninguém vai querer passar a intertemporada na zona de rebaixamento.

Por isso, a vitória é fundamental para Atlético Paranense e Santos, que se enfrentam nesta quinta-feira (31), às 21 horas (horário de Brasília), na Arena da Baixada. Empatados com seis pontos, os dois times flertam com a zona perigosa, apesar do Peixe ter um jogo a menos. O ultimo triunfo do Furacão aconteceu na estreia contra a Chapecoense,no dia 15/04 .

 

Com todos os titulares, Furacão tenta voltar a vencer

O Atlético Paranaense adotou uma estratégia diferente de seus concorrentes ao poupar seus titulares do campeonato estadual. O plano, que pareceu uma jogada de mestre quando o time estreou no Brasileirão com uma goleada por 5×1 sobre a Chapecoense, começa a ser colocado em xeque após uma sequência desastrosa. Entre jogos do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, o Furacão chegou à 45 dias em um único triunfo, e hoje estaria rabaixado para a Série B. Sob o comando de Fernando Diniz, a equipe somou apenas seis pontos em sete rodadas, um aproveitamento de 28,6%.

Jogando em casa, o Rubro-Negro terá mais uma oportunidade para acabar com a má fase, e para isso contará com o retorno do polivalente Esteban Pavez, que tanto pode entrar na zaga, substituindo Wanderson, como na lateral, ocupando a vaga de Matheus Rossetto. Sem problemas de contusão ou jogadores suspensos, Diniz terá todo o plantel à sua disposição.

 

Em crise, Santos é pressionado pela torcida

A derrota em casa para o Cruzeiro na última rodada deflagrou de vez uma crise no Santos, que já não vinha bem há alguns jogos. O Peixe venceu pela última vez no dia 13/05, quando pegou o lanterna Paraná, e levou a melhor na Vila Belmiro. Desde então, acumulou fracassos contra Luverdense, São Paulo e Real Garcilaso, que acabaram amenizados pela classificação do time para as quartas-de-final da Copa do Brasil e oitavas da Libertadores, mas o técnico Jair Ventura já começa a colocar as barbas de molho.

O CT do clube amanheceu pichado, e membros de torcidas organizadas foram pessoalmente pressionar os jogadores. Diante de uma situação tão delicada, o presidente José Carlos Peres, que é chefe da delegação brasileira na Copa do Mundo, antecipou seu retorno em uma semana.

Para o duelo de Curitiba, o time terá os desfalques de Alison, Victor Ferraz , Vitor Bueno e Arthur Gomes, entregues ao departamento médico, e ainda corre o risco de perder Renato, com mialgia nas costas. A boa notícia é que, apesar de não terem participado dos últimos treinamentos, Bruno Henrique e Lucas Veríssimo estão se recuperando, e foram relacionados.

 

Retrospecto de Atlético-PR x Santos

No geral, o Santos leva grande vantagem no retrospecto contra o Atlético-PR, com 27 vitórias, 14 empates e 15 derrotas, 89 gols marcados e 62 sofridos. No entanto, a coisa muda quando o recorte considera apenas as partidas disputadas na Arena da Baixada. Por lá, é o Furacão quem dá as cartas, com um total de nove triunfos, cinco empates e apenas três derrotas.

O Peixe levou a melhor nos últimos cinco jogos, três dois quais pelos Campeonatos Brasileiros de 2016 e 2017, e outros dois pelas quartas-de-final da Libertadores do ano passado.

Últimos jogos

  • 23/09/2017 – Santos 1 x 0 Atlético-PR
  • 10/08/2017 – Santos 1 x 0 Atlético-PR
  • 05/07/2017 – Atlético-PR 2 x 3 Santos
  • 11/06/2017 – Atlético-PR 0 x 2 Santos
  • 01/10/2016 – Santos 2 x 0 Atlético-PR

 

Prováveis escalações

Atlético-PR: Santos; Pavez (Wanderson), Thiago Heleno e José Ivaldo; Matheus Rossetto (Pavez), Camacho, Lucho González e Thiago Carleto; Nikão, Guilherme e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Diego Pituca, Renato (Léo Cittadini) e Jean Mota; Gabigol, Eduardo Sasha e Rodrygo. Técnico: Jair Ventura

 

Palpite

A situação está difícil para os dois lados, que precisam desesperadamente pontuar. O Santos foi um time extremamente apático nos últimos jogos, mas depois da “visita” dos chefes de torcida ao CT Rei Pelé, provavelmente jogará, no mínimo, com mais empenho. Os retornos de Bruno Henrique e Lucas Veríssimo podem ser a chacoalhada que o elenco precisa para voltar a vencer.

Não acredito que o Peixe consiga superar o Furacão, que está ainda mais pressionado, em plena Arena da Baixada, mas o empate parece um resultado bastante plausível.

Meu palpite é que será uma partida tensa e de baixa qualidade técnica, com o placar final de 0x0.

 

Jogos da 8ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Quarta-feira, 30 de maio

  • 19:30 – Vitória 2×3 Internacional
  • 19:30 – Vasco 1×0 Paraná
  • 19:30 – Sport 3×2 Atlético-MG
  • 21:00 – Chapecoense 2×0 Ceará
  • 21:00 – São Paulo 3×2 Botafogo
  • 21:45 – Cruzeiro 1×0 Palmeiras
  • 21:45 – Grêmio 0x0 Fluminense

Quinta-Feira, 31 de maio

  • 16:00 – Flamengo x Bahia – Palpite: Flamengo
  • 18:00 – Corinthians x América-MG – Palpite: Corinthians
  • 21:00 – Atlético-PR x Santos – Palpite: empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar