Ganhador.com

Florida Cup

Ainda contando com Henrique Dourado, Fluminense encerra sua participação na Florida Cup diante do Barcelona de Guayaquil

Foto: Fluminense FC - Facebook Oficial

Artilheiro manifestou desejo de deixar o clube, mas deve enfrentar os equatorianos na noite desta segunda-feira

Nesta segunda-feira (15), às 19 horas (horário de Brasília), Fluminense e Barcelona de Guayaquil medirão forças no Spectrum Stadium, em Orlando. A partida marcará o encerramento das participações de ambos os times na Florida Cup.

Com um ponto somado no empate contra o PSV, seguido de derrota na disputa por pênaltis, o Tricolor carioca já não tem mais chances de conquistar o título. Os Amarillos, por sua vez, estrearam com vitória sobre os poloneses do Legia Varsóvia por 3×2, e se conseguirem superar o time brasileiro por uma boa margem de gols ainda poderão chegar lá. O líder até o momento é o Rangers, da Escócia, que soma seis pontos, mas disputou uma partida a mais que seus concorrentes.

 

Com apenas um ponto somado, Flu entra em campo para cumprir tabela

O Fluminense abriu os trabalhos da temporada 2018 tal qual encerrou 2017, jogando mal. Diferentemente de outros brasileiros que disputam a Florida Cup, o Tricolor carioca levou a campo sua força máxima, mas sem ritmo de jogo e cheio de caras novas, encontrou dificuldades para impôr seu jogo diante do PSV.

O técnico Abel Braga, no entanto, gostou do que viu na noite da última sexta-feira: “Se o Dourado sair, terei perdido oito jogadores titulares do ano passado fora. A garotada competiu e enfrentou o líder do Holandês. O jogo foi pegado. Tivemos as dificuldades inerentes ao primeiro jogo. Eles estão no meio da temporada, a gente tem oito dias de treino. Me surpreendeu”, ponderou o comandante, sem mencionar o fato de que o PSV atuou com seu terceiro time.

A preocupação com a permanência de Dourado se justifica. O artilheiro do último Brasileirão desperta interesse do Corinthians, e declarou no intervalo da partida contra o PSV que deseja deixar o Flu. O clube já perdeu no início do ano o meia Gustavo Scarpa, que entrou na justiça pleiteando a rescisão de seu contrato, e dispensou o goleiro Diego Cavalieri, outro atleta importante no plantel, para reduzir os gastos com o Departamento de Futebol. A contrapartida apresentada até aqui não agradou aos torcedores. Foram contratados o lateral-direito Gilberto, ex-Vasco, e o volante Jadson, que em 2017 defendeu a Ponte Preta.

Dez atletas tiveram seu retorno ao Brasil antecipado visando a preparação para a estreia do time pelo Campeonato Carioca, diante do Boavista, e não enfrentarão o Barcelona. São eles: Júlio César, Frazan, Reginaldo, Ayrton, Luiz Fernando, Marlon Freitas, Robinho, Romarinho, Pedro e Matheus Alessandro. Na tarde deste domingo, os suplentes disputaram um jogo-treino contra a equipe local do SIMA Montverde Academy, e venceram por 2×1.

 

Barcelona de Guayaquil tem excelente retrospecto recente contra brasileiros

Apesar de ter sido eliminado pelo Grêmio na última Libertadores, o Barcelona de Guayaquil foi uma pedra no sapato dos brasileiros em 2017. Os Amarillos levaram a melhor sobre Botafogo, Santos, Palmeiras, e até mesmo o próprio Grêmio, e esperam repetir a dose diante do Fluminense para seguir com chance de conquistar o título da Florida Cup.

Em sua segunda participação no torneio, os equatorianos estrearam com uma vitória por 3×2 diante do Legia Varsóvia, da Polônia, e agora brigam com Atlético Nacional e Rangers pela primeira colocação. Para isso, precisarão vencer o Flu por pelo menos dois gols de diferença, e torcer para que o Atlético Nacional não faça o mesmo diante do Legia Varsóvia.  A definição ficará apenas para o próximo sábado, quando poloneses e colombianos ficarão frente a frente em São Petesburgo.

Os Amarillos devem entrar em campo com sua força máxima, e se repetirem a atuação da estreia, causarão muitos problemas para o Tricolor das Laranjeiras.

 

Prováveis escalações

Fluminense: Marcos Felipe, Renato Chaves, Gum, Ibañez , Gilberto; Richard, Douglas, Marlon e Sornoza; Marcos Junior e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga

Barcelona de Guayaquil: V.Mendoza; M.Pineida, D.Aimar, L.Caicedo, B.Caicedo; G.Marques, M.Oyola, E.Esterilla, M.Caicedo, D.Díaz,  A.Nahuelpán. Técnico: Guillermo Almada

 

Palpite

O embate do Spectrum Stadium estará à feição para mais um triunfo do Barcelona de Guayaquil. O time equatoriano atravessa uma das melhores fases de sua história, tem uma equipe bem entrosada, precisa fazer saldo, e chegará muito mais motivado pela possibilidade de ficar com o título.

O Fluminense, por sua vez, entrará em campo com um time montado na base do improviso, com jogadores titulares ausentes, e precisará contar com os gols de um atacante que não esconde de ninguém o desejo de deixar o clube. Além disso, em quatro participações na Florida Cup, o time carioca nunca conseguiu vencer sequer uma partida.

O futebol é pródigo em reviravoltas inesperadas, e é isso que o torna o esporte mais popular do mundo, mas, neste caso, tudo conspira à favor dos Amarillos. Acredito em um placar de 3×1.

 

Jogos da 3ª rodada da Florida Cup 2018

Segunda-feira, 15 de janeiro

  • 19:00 – Fluminense x Barcelona de Guayaquil – Palpite: Barcelona de Guayquil

Sábado, 20 de janeiro

  • 21:00 – Legia Varsóvia x Atlético Nacional – Palpite: Atlético Nacional

 

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar