Ganhador.com

Futebol: Podcast

São Paulo reencontra a vitória depois de 9 jogos; Corinthians empata novamente e vê o Grêmio se aproximar

Se a 15ª rodada do Campeonato Brasileiro – até aqui – não foi exatamente um “teste para cardíaco”, com certeza foi uma das mais interessantes. No podcast de hoje falamos sobre a vitória do São Paulo, depois de 9 rodadas, o empate do Corinthians contra o Avaí – um dos lanternas do Brasileirão –, a vitória do Grêmio (que em dois jogos diminuiu em 4 pontos a vantagem corintiana), o frustrante empate entre Flamengo e Palmeiras na Ilha do Urubu e a vitória do Santos sobre a Chapecoense.

Ah, sim: também teve a derrota do Atlético-MG em casa (mais uma…).

Aperte o play e curta nossas Caneladas com o resumo da quarta-feira no Brasileirão 2017.

 

A 15ª rodada

São Paulo 1 x 0 Vasco

Depois de anunciar a volta do meia Hernanes – por empréstimo – o time do São Paulo foi recebido no Morumbi por um “caminho” de sal grosso (cortesia da torcida tricolor que também fez o “descarrego” no banco de reservas dos donos da casa). E, à exemplo do mal-olhado de Renato Gaúcho que segue derrubando o Corinthians, a mandinga dos torcedores deu certo e no primeiro minuto de jogo, Lucas Pratto abriu o placar. Festa na arquibancada, gritos de “sai, zica”, coros de “time grande não cai” e só.

Tirando um ou outro lampejo de Cueva, o São Paulo, embora taticamente mais organizado, foi aquele time sem imaginação de sempre e que, pra variar, tomou uma certa pressão dos visitantes. Tivesse o Vasco um pouco mais de qualidade, o tricolor poderia se complicar. Como não tem, o 1 a 0 ficou de bom tamanho – mas não foi o bastante para tirar o time do Morumbi do Z-4.

Flamengo 2 x 2 Palmeiras

O jogo mais esperado da rodada foi também o mais movimentado. Flamengo e Palmeiras fizeram um duelo cheio de alternativas mas que terminou em um empate decepcionante. Pior para o Palmeiras que, assim como o Flamengo, mantém inalterada sua distância para o líder Corinthians por mais uma rodada e de quebra leva para o jogo contra o Sport no próximo domingo uma quantidade considerável de desfalques: Dudu, Borja e Tchê-tchê levaram o terceiro cartão amarelo e não jogam, enquanto que o atacante William sofreu uma contusão e precisará ser reavaliado antes do jogo. Se sua ausência for confirmada, o recém-contratado Deyverson pode fazer sua estréia com a camisa do Verdão.

O jogo começou com o Flamengo pressionando o Palmeiras. A pressão deu certo e Pará abriu o placar no comecinho do jogo. Aos poucos os visitantes foram equilibrando as ações e William, na primeira finalização palmeirense – em um vacilo patético da defesa do Flamengo –, igualou o jogo. Minutos depois, em rápido contra-ataque, Roger Guedes, na segunda finalização do Palmeiras no jogo, pôs o alviverde na frente. Guerrero empatou, novamente, em seguida. No segundo tempo, o jogo seguiu igual e ainda teve um pênalti à favor do Flamengo cobrado por Diego e brilhantemente defendido por Jaíson – que “barrou” Fernando Prass na meta palmeirense. E foi só.

Avaí 0 x 0 Corinthians

Jogando na Ressacada, o líder do Brasileirão tentou impôr sua superioridade técnica pra cima do Avaí – um dos lanternas do campeonato –, mas não deu. Ainda sofrendo os reflexos da praga rogada por Renato Gaúcho, o Corinthians pressionou, chutou duas bolas na trave do goleiro Douglas Friedrich, esperneou, bufou, xingou e tudo o que conseguiu foi um empate e perder 2 titulares: Pablo sentiu novamente a contusão na coxa direita – que o tirou do jogo contra o Atlético-PR no final de semana – e Jadson que se machucou em choque com o zageiro Betão. Ainda não se sabe se algum deles terá condições de encarar o Fluminense no Maracanã no próximo domingo.

Com o segundo empate seguido, o Timão segue invicto mas vê a diferença para o vice-líder, Grêmio, cair em duas rodadas de 10 para 6 pontos. Preocupante, sim.

Vitória 1 x 3 Grêmio

Embalado pelos dons premonitórios de Renato Gaúcho – ou Pai Renato de Bagé para os iniciados –, o Grêmio encarou o Vitória no Barradão e, à exemplo que fez contra a Ponte Preta no último domingo, marcou logo 3 gols para não correr riscos de sofrer o empate.

Com o resultado, o tricolor gaúcho diminui ainda mais a diferença para o Corinthians – agora são apenas 6 pontos –, e reacende de vez a luta pelo título, que segue, agora, mais aberta do que nunca.

Já o Vitória… o que dizer? Continua no Z-4, lançando olhares de saudades para a Série B.

Ponte Preta 4 x 0 Coritiba

Depois de 3 derrotas seguidas, a Ponte Preta não quis saber de crise e goleou o Coritiba por 4 a 0 no Moisés Lucarelli, em Campinas. Com o resultado, a Macaca subiu duas posições na tabela e ajudou o técnico Pachequinho a subir no telhado do Coxa. Os maus resultados e a campanha com apenas 42.2% de aproveitamento no Brasileirão derrubaram o “professor” ainda no vestiário. O Coritiba deve ir às compras nos próximos dias em busca de um novo técnico.

Santos 1 x 0 Chapecoense

Sem jogar um futebol de encher os olhos, o Santos fez o suficiente para vencer a Chapecoense por 1 a 0 na Vila Belmiro. Com o resultado, o Peixe se mantém em 3º lugar na tabela, 2 pontos à frente do Flamengo e 4 atrás do Grêmio, enquanto que a Chape cai mais um pouquinho e agora está há apenas 3 pontos do Z-4.

Atlético-MG 0 x 2 Bahia

Ano passado o técnico Roger Machado era cobiçado pelo principais clubes brasileiros depois de seu bom trabalho à frente do Grêmio. Acabou fechando com o Atlético-MG. Este ano, com um elenco de respeito, pintou como um dos candidatos ao título de Campeão Brasileiro. Hoje, 15 rodadas depois do início do Brasileirão, sua equipe coleciona decepções em casa. O Horto, antes temido dada a superioridade do Galo em seus domínios, hoje é mais um estádio comum e sem segredos. Que o diga o Bahia que na noite de ontem não tomou conhecimento dos donos da casa e venceu por 2 a 0 – nos últimos 5 jogos foram 3 empates e 2 vitórias. O Atlético, por sua vez, deu sorte e mantendo seus 20 pontos não subiu e nem desceu na tabela (segue em 11º). Mas continua com um aproveitamento sofrível no Brasileiro: dos últimos 15 pontos disputados, conquistou apenas 7 (2 vitórias e 1 empate). Pra sorte da comissão técnica e alegria da torcida, o desempenho do time na Libertadores tem sido melhor.

 

Jogos de hoje

A 15ª rodada do Campeonato Brasileiro se completa com os seguintes jogos:

  • 19:30 – Fluminense x Cruzeiro (Premiere)
  • 20:00 – Sport x Atlético-GO (Premiere)
  • 21:00 – Atlético-PR x Botafogo (Premiere, SporTV)

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. Pingback: O Futebolista: A culpa é de Pai Renato? | Ganhador.com

  2. Pingback: Paixão Nacional: Pós-rodada | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar