Ganhador.com

Brasileirão Série A

Ponte Preta e Cruzeiro se encontram em Campinas, em jogo válido pela 9ª rodada do Brasileirão

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Partida começa às 19h30.

Ponte Preta e Cruzeiro somam 11 pontos e estão na zona de classificação à Copa Sul-Americana. Quem vencer o desafio entrará seriamente na briga pelas primeiras posições do certame.

 

Como os dois rivais chegaram até aqui?

A Ponte Preta deseja manter os cem por cento de aproveitamento no Moisés Lucarelli. Para isso, o treinador Gilson Klein contará com as vozes vindas da arquibancada e também com a força máxima de seu plantel. Com o retorno de Nino Paraíba, que cumpriu suspensão, todos os titulares serão escalados. É possível que esta já não seja a realidade para o fim de semana, pois a comissão técnica recomenda que Emerson Sheik seja poupado para evitar um desgaste muscular.

Todos em Campinas elogiaram muito o adversário de logo mais. Apesar das palavras bonitas, os atletas também souberam valorizar os pontepretanos. O goleiro Aranha acredita que o ano será tranquilo no alvinegro e que se fizerem o trabalho direito não há porque temer o rebaixamento. O fato de se apresentar em domicílio também é importante para o atacante Lucca. É neste campo que ele marcou oito gols no ano.

Em outras frentes, a diretoria acertou a contratação de Jean Patrick, que estava no Albirex Niigata, do Japão. Já Matheus Jesus deve se despedir dos companheiros. Seu destino é o São Paulo ou o exterior.

Semana que vem, os campineiros estrearão na segunda fase da Copa Sul-Americana. Na quinta-feira, receberão o Sol de América. O enfrentamento no Paraguai está previsto para 26 de julho.

Os seguidos compromissos da temporada começam a fazer vítimas no Cruzeiro. O argentino Ariel Cabral e Diogo Barbosa sentiram um desgaste muscular, após o embate contra o Grêmio e não enfrentarão a Macaca. Outro que está vetado é Henrique, que ainda se recupera de um corte na perna. Em contrapartida, Mano Menezes pôde relacionar Sassá para o banco de reservas, já que o atacante foi regularizado na CBF.

Os mineiros sabem que o jogo será duro. Murilo alertou sobre o estado do gramado do Majestoso, que está pesado e careca em algumas áreas.

Enquanto isso, os cartolas preparam a apresentação da nova camisa cruzeirense, inspirada nos anos 90. A instituição foi laureada com um Leão de Bronze, em Cannes, pela campanha feita no Dia Internacional da Mulher.

    

As prováveis escalações das equipes

Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e João Lucas; Fernando Bob, Elton e Renato Cajá; Claudinho, Emerson Sheik e Lucca. Técnico: Gilson Kleina.

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Kunty Caicedo, Murilo e Fabrício; Lucas Romero e Hudson; Thiago Neves, Robinho e Alisson; Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes.

 

Palpite

Em 22 duelos entre estas duas tradicionais agremiações, o Cruzeiro venceu 12 deles, contra cinco empates e cinco êxitos da Ponte Preta.

Se o retrospecto favorece, o presente também. O Azul Celeste tem um elenco mais valioso e qualificado que o paulista. Demonstrou isso claramente contra o Grêmio, na segunda-feira. No entanto, é preciso reconhecer que a Ponte Preta teve também grande atuação contra o Santos e só não saiu de campo com os três pontos porque o árbitro anulou um gol legítimo dos alvinegros.

Para o bem do futebol, desejo que seja um jogão e que ambos os rivais repitam suas melhores atuações, que foram justamente as últimas. Em Campinas, a Macaca anula o favoritismo da Raposa. Prevejo um empate em um gol.

 

Anote na agenda

Ao mesmo tempo desta peleja, o Corinthians estará defendendo sua liderança contra o Bahia, em São Paulo.

Mais tarde, às 21h00, o Flamengo receberá na Ilha do Urubu a Chapecoense. No mesmo horário, Grêmio e Coritiba farão um confronto direto que poderá alterar as primeiras posições.

 

Resultados

A rodada começou com a vitória do Santos sobre o Vitória, no Barradão. Copete anotou os tentos do Peixe.

Roger (dois) e Victor Luis selaram a vitória do Glorioso sobre o Vasco da Gama, que marcou com Caio Monteiro, no clássico carioca.

O oportunista Borja foi o único que conseguiu balançar as redes do Atlético-GO. O Palmeiras deu um belo salto na classificação com este triunfo.

Atlético-MG e Sport empataram em dois gols, em Belo Horizonte. O resultado manteve ambos ameaçadíssimos de descenso. Os rubro-negros, inclusive, se mantiveram no Z-4. Osvaldo abriu o placar para os recifenses. O Galo virou com Felipe Santana e Fred. Diego Souza deixou tudo igual no segundo tempo.

Em Florianópolis, o goleiro Kozlinski tentou driblar Henrique Dourado, que roubou a bola e abriu a contagem. O encontro foi inteiramente dominado pelo Fluminense que ainda marcou com Mascarenhas e Maicon contra. O Avaí está no rumo certo da segunda divisão.

O Atlético-PR passou pelo São Paulo com um gol de Wanderson. O salto foi tamanho do rubro-negro, que o Furacão saiu do Z-4 para entrar no G-12, que lhe garante vaga na Copa Sul-Americana. O Tricolor começa a se preocupar com a possibilidade de descenso.

 

Jogos da 9ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017:

Quarta-feira, 21 de junho:

  • Vitória 0x2 Santos
  • Botafogo 3×1 Vasco da Gama
  • Palmeiras 1×0 Atlético-GO
  • Atlético-MG 2×2 Sport
  • Atlético-PR 1×0 São Paulo
  • Avaí 0x3 Fluminense

Quinta-feira, 22 de junho:

  • 19h30: Corinthians x Bahia
  • 19h30: Ponte Preta x Cruzeiro
  • 21h00: Flamengo x Chapecoense
  • 21h00: Grêmio x Coritiba

    

Classificação:

  1. Corinthians – 20 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  2. Grêmio – 19 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  3. Santos – 16 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  4. Coritiba – 15 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  5. Botafogo – 15 – Taça Libertadores (fase preliminar).
  6. Fluminense – 14 – Taça Libertadores (fase preliminar).
  7. Palmeiras – 13 – Copa Sul-Americana.
  8. Chapecoense – 13 – Copa Sul-Americana.
  9. Vasco da Gama – 12 – Copa Sul-Americana.
  10. Cruzeiro – 11 – Copa Sul-Americana.
  11. Ponte Preta – 11 – Copa Sul-Americana.
  12. Atlético-PR – 11 – Copa Sul-Americana.
  13. Flamengo – 11
  14. Bahia – 10
  15. São Paulo – 10
  16. Atlético-MG – 10
  17. Sport – 9 – Série B.
  18. Vitória – 8 – Série B.
  19. Atlético-GO – 6 – Série B.
  20. Avaí – 5 – Série B.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar