Ganhador.com

Fórmula 1

A briga entre Hamilton e Vettel está feroz! Quem vai vencer o ‘tira-teima’ no GP do Azerbaijão de F1?

Foto: David Ramos/Getty Images

Agora é oficial: temos uma temporada da Fórmula 1, amigos! Após anos e anos de morosidade e supremacia de uma equipe sobre as outras, finalmente os fãs de velocidade podem acompanhar um campeonato disputado e, porque não dizer, imprevisível. Após um GP de Mônaco sofrível, Lewis Hamilton foi simplesmente perfeito e passeou no Canadá há duas semanas – baixando a diferença do líder Sebastian Vettel para apenas 12 pontos. O próximo capítulo dessa rivalidade acontece no GP do Azerbaijão – que acontece no próximo domingo às 10h da manhã. Será que o inglês vai finalmente assumir a ponta do campeonato?

Claro que o equilíbrio nas últimas etapas impede que uma previsão como essa seja feita, mas ficou extremamente claro em solo canadense que a Mercedes voltou firme na briga pelo caneco. Os carros da equipe tiveram um desempenho muito abaixo do esperado nos GP de Mônaco por não conseguir equilibrar o aquecimento dos pneus dianteiros e traseiros. O resultado disso foi uma festa da Ferrari em Monte Carlo com direito a dobradinha e manobra para troca de liderança.

Após a ducha de água fria, Hamilton e seus engenheiros trabalharam demais nas duas semanas seguintes e introduziram novos componentes no conjunto aerodinâmico para o GP do Canadá. O resultado foi espetacular: o remodelado Mercedes W08 Hybrid foi muito mais rápido do que seus rivais! O inglês não tomou conhecimento dos adversários e conquistou o chamado Grand Slam em Montreal: pole position, vitória, liderança de ponta a ponta e volta mais rápida. Já Vettel teve problemas na largada, mesmo assim deu um show e saiu de 18º para cruzar a linha de chegada em 4º.

Mesmo com a arrancada espetacular do alemão, Hamilton conseguiu baixar a distância de 25 para 12 pontos – 141 a 129 no geral. Os dois seguem na disputa cabeça a cabeça e estão empatados até em vitórias na temporada: três para cada um. O ‘tira-teima’ tem tudo para acontecer em Baku no próximo domingo.

 

O jogo de equipe está mais forte do que nunca

Nessa altura do texto você pode estar se perguntando: e os outros pilotos da categoria? Bem… Após sete etapas em 2017 está mais e mais claro que o campeão vai sair da dupla Vettel e Hamilton. Isso porque Ferrari e Mercedes estão bem acima das demais – e ambas as equipes já escolheram seus pilotos favoritos. O jogo de equipe em 2017 está feroz!

Ao contrário dos últimos anos, a disputa ferrenha entre as duas escuderias faz com que ambas tenham que tomar algumas medidas para vencer tanto o campeonato de construtores como o de pilotos. O finlandês Valtteri Bottas já chegou a ceder a posição para Hamilton nos GPs do Bahrein e da Espanha – além de se posicionar estrategicamente na frente de Vettel para atrapalhar o alemão. Apesar dos italianos pregarem a igualdade entre os pilotos, A Ferrari arquitetou uma troca de liderança entre Raikkonen e Vettel no GP de Mônaco e mais uma vez ordenou ao finlandês que deixasse o alemão passar no Canadá. Eles sabem que cada pontinho será fundamental na briga pelo caneco.

 

E o que esperar do GP do Azerbaijão?

Os amantes da velocidade possuem um carinho especial pelo recém-inaugurado Circuito de Baku Street! A pista é a segunda mais veloz da temporada – apenas atrás de Spa Francorchamps, na Bélgica. Foi lá no ano passado que Valtteri Bottas, ainda na Williams, registrou a maior velocidade da história de um carro de Fórmula 1 em uma corrida: 378,19 km/h! Aliás, essa corrida, batizada em 2016 de GP da Europa, foi o único grande prêmio realizado no circuito de Baku.

Falando dos favoritos, a tendência inicial é colocar o nome de Lewis Hamilton no topo da lista pela performance extremamente dominante em Montreal – o domínio da Mercedes foi uma mensagem clara de que a diferença para a Ferrari quase não existe mais.

Entretanto, vale lembrar que a atuação do inglês no único GP do Azerbaijão no ano passado foi desastrosa – ele mesmo descreveu como ‘o pior treino classificatório da carreira’ no ano passado em Baku. Hamilton terminou o GP em quinto e viu Vettel, seu maior rival em 2017, chegar em segundo com uma Ferrari infinitamente inferior ao carro desta temporada.

Palpite: A Ferrari respondeu bem da última vez que foi dominada com uma dobradinha em Mônaco – a equipe deve mais uma vez se impor nas ruas de Baku. O traçado do circuito favorece demais o estilo de pilotagem agressivo de Sebastian Vettel – o alemão deve levantar o caneco no pódio com Hamilton em segundo e Raikkonen em terceiro.

 

Classificação do campeonato após sete corridas:

  1. Sebastian Vettel / Ferrari – 141 pontos
  2. Lewis Hamilton / Mercedes – 129 pontos
  3. Valtteri Bottas / Mercedes – 93 pontos
  4. Kimi Raikkonen / Ferrari – 73 pontos
  5. Daniel Ricciardo / Red Bull Racing – 67 pontos
  6. Max Verstappen / Red Bull Racing – 45 pontos
  7. Sergio Pérez / Force India – 44 pontos
  8. Esteban Ocon / Force India – 27 pontos
  9. Carlos Sainz / STR Racing – 25 pontos
  10. Felipe Massa / Williams – 20 pontos

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar