Ganhador.com

Brasileirão Série B

10ª rodada da Série B 2017: Inter é favorito contra o Brasil de Pelotas; confira os prognósticos

Foto: Ricardo Duarte/SCI

O futebol do Colorado está deixando a desejar; mas se existe uma boa hora para reagir é agora, contra um rival local

O Internacional está vivendo o grande drama do futebol brasileiro nesta temporada. Fora da zona de acesso à Série A, o gigante de Porto Alegre está, como dizem seus torcedores, vermelho de vergonha. E há uma boa chance de a equipe se recuperar e ao menos colocar um sorriso temporário no rosto dos seus fanáticos neste final de semana com a disputa da 10ª rodada de um total de 38 da Série B 2017.

O Colorado resgata suas origens e tem um difícil confronto fora de casa contra o Brasil de Pelotas no Estádio Bento de Freitas às 16h30 de sábado (24). É praticamente um duelo direto, pois o Brasil, acredite se quiser, está na frente do Inter na competição. Ocupa a quinta colocação, enquanto o Colorado vem em sexto, embora ambos tenham os mesmos 14 pontos até aqui. A vantagem do Brasil é na quantidade de vitórias, 4 a 3.

   

O ORGULHO GAÚCHO NA CHUTEIRA

Todos devem esperar um Inter atuando no limite do famoso “orgulho gaúcho”. O clube já está muito abalado com a excelente campanha do Grêmio na Libertadores, na Copa do Brasil e no Brasileirão da Série A. E na Série B, o Inter é ainda inacreditavelmente a pior equipe gaúcha na tabela, atrás do Juventude, o líder, e o Brasil, que está à frente, como já citamos.

O retrato do Colorado nesta Série B é igualmente negativo. Não é só o filme corrido; é o instantâneo também. A equipe empatou por 0x0 contra o Paraná na última terça-feira no Beira-Rio em um jogo terrível, classificado por comentaristas gaúchos de “pior atuação do Inter em todos os tempos”. De fato, foi uma partida na qual a equipe não chutou uma bola ao gol adversário em 90 minutos, e a pressão sobre o recém-assumido técnico Guto Ferreira já começou a ser sentida.

Ele é o segundo técnico do Inter nesta temporada, e não há planejamento que permita manutenção no cargo depois de novos maus resultados – se seguir com o mau futebol de terça-feira, então, nem se fale.

A revolta da torcida do Inter com sua equipe é tamanha que houve uma “chuva de cadeiras” no gramado depois da partida, algo que a diretoria colorada pode encarar como um grande aviso de que as coisas tendem a piorar caso a equipe não encontre reação.

   

DIRETORIA SEM RUMO

O aproveitamento de meros 52% de pontos até aqui está fazendo com que os comandantes colorados percam o equilíbrio. Roberto Melo, vice-presidente de futebol do clube, se esquivou da pressão e colocou panos quentes no que o Inter está apresentando. “Não sou eu quem faz o time jogar, não sou eu quem comanda a equipe. Eu dou condições para que o técnico faça o seu trabalho. O Guto acabou de chegar e não teve tempo para fazer treino”, declarou, depois do vexame de terça no Beira-Rio.

“Para mim, foi um dos jogos mais feios que joguei no Beira-Rio. Não teve futebol. Nós reconhecemos que temos que fazer mais e fazer o dever de casa. Temos muitos jogos pela frente”, analisou o argentino Andrés D’Alessandro, que está colocando à prova sua idolatria com  nação vermelha. “A gente entende a torcida, faz parte ficar chateado. É difícil quando tem torcedor vaiando com 10 ou 15 minutos de jogo por um passe errado, num primeiro tempo já tem vaia. Mas os mais experientes têm que ajudar para tirar essa pressão dos mais jovens.”

   

PROGNÓSTICO

“Orgulho gaúcho” e “volta às origens”. Duas coisas tão enfatizadas no Rio Grande do Sul são as mais valiosas se o Internacional realmente quiser reagir nesta Série B.

O duelo direto contra o Brasil de Pelotas – time aguerrido, mas apenas uma gota diante do oceano de tradição e conquistas do Inter – tem de mexer com todos os Colorados. Da diretoria ao torcedor, passando, claro, pelos jogadores que até aqui estão devendo demais.

O Inter sabe que a pressão dentro e fora de casa será grande como poucos outros times tiveram na história da Série B. Em vez de reclamar do ambiente, o momento é de reclusão e concentração para as coisas mudarem onde precisam, que é dentro de campo.

Cara feia e camisa ensopada. Se nem isso animar o Inter a uma vitória neste sábado, é porque a situação está mesmo pior do que é possível analisar daqui de fora. Dá Inter em Pelotas. No sufoco. Por 1×0.

   

Jogos da 10ª rodada completa da Série B:

SEXTA-FEIRA, 23 DE JUNHO

  • 19h15 – CRB x Paysandu – Palpite: 2×1 Paysandu
  • 20h30 – Boa Esporte x ABC – Palpite: 1×1
  • 21h30 – Criciúma x Paraná Clube – Palpite: 1×0 Paraná
  • 21h30 – Luverdense x América-MG – Palpite: 2×1 América-MG

SÁBADO, 24 DE JUNHO

  • 16h30 – Ceará x Oeste – Palpite: 1×0 Ceará
  • 16h30 – Santa Cruz x Figueirense – Palpite: 2×1 Santa Cruz
  • 16h30 – Goiás x Vila Nova – Palpite: 2×1 Goiás
  • 16h30 – Brasil de Pelotas x Internacional – Palpite: 1×0 Inter
  • 16h30 – Londrina x Juventude – Palpite: 2×1 Juventude
  • 19h00 – Guarani x Náutico – Palpite: Guarani 2×0

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar