Ganhador.com

Humor

O Futebolista: Campeonato Brasileiro de Demissões

Depois de demitir Levir Culpi, voltar atrás e colocá-lo de aviso prévio, a AMASantos – Associação de Amigos e Moradores de Santos – chegou à conclusão de que a derrota por  2 a 1 sofrida para o São Paulo, ontem, dia 28 era a gota d’água. “Ir mal no campeonato faz parte, não treinar também, agora perder pra time que briga pra não cair não dá… ninguém pensa na vergonha que as criancinhas tão passando em Santos, pô!” – desabafou Pelé Neymar Nascimento Santos Júnior, um dos membros mais antigos da associção.

Sem ter muito o que fazer – assim como Levir Culpi durante a semana passada, que inovou criando o não-treino – Modesto Roma Júnior seguiu o exemplo da diretoria do Sport, que demitiu Vanderlei Luxemburgo na última quinta-feira, dia 26, ainda no vestiário, após da derrota do rubro-negro para o Junior Barranquilla pela Copa Sul-Americana. Enquanto parabenizava os jogadores e avisava que todo mundo estava de folga até a próxima terça-feira, Culpi foi demitido.

Em seu lugar assume Elano (interinamente) que, linha-dura, já disse para os jogadores que “vai ter treino, sim e se reclamarem vai ter treino em dois períodos”. Horrorizados com a atitude do novo comandante, líderes do elenco juntaram seus chinelos e agendaram uma reunião para a manhã desta segunda-feira para exigirem da diretoria melhores condições de trabalho.

Desempregado desde a noite da última quinta-feira, Vanderlei Luxemburgo já chamou Roma Júnior no whatsapp avisando que ele tem “um ‘pojeto’ que tem tudo a ver com o litoral santista”.

Levir Culpi por sua vez já deu match no Sport através do Tinder e enquanto espera uma resposta ensaia seu stand-up “Contratos de seis meses duram apenas quatro”.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar