Ganhador.com

NBA

Nenê é cestinha, bate recorde e vira herói na vitória do Houston Rockets!

Foto: J Pat Carter/Getty Images

Brasileiro apaga Harden e Westbrook e brilha no triunfo que encaminha a vaga dos Rockets.

Nenê Hilário chegou à NBA em 2002. Ou seja, há 15 anos. E se este período todo pudesse ser resumido em uma única partida, esta seria a deste domingo, quando o pivô brasileiro “acabou com o jogo” e fez toda a diferença em favor do seu Houston Rockets, que agora lidera a série por 3×1 contra o Oklahoma City Thunder.

Detalhe: o jogo foi em Oklahoma, onde nem o “senhor triplo-duplo” Russell Westbrook conseguiu ofuscar Nenê. O brasileiro saiu de quadra consagrado como cestinha dos Rockets, com 28 pontos e 10 rebotes. O mais impressionante: ele acertou todos os 12 arremessos de quadra, um feito só obtido em playoffs uma única vez, em 1975, com Larry McNeill. Outro dado importante: jamais um jogador do Houston havia terminado uma partida de pós-temporada com tamanha eficiência nos arremessos. A marca anterior era de Yao Ming, 9/9.

Aos 34 anos, Nenê começou a partida como de costume nesta temporada: no banco de reservas. Mas o titular absoluto, Clint Capela, não deu conta do recado.

E Nenê foi à quadra ainda no primeiro tempo para não sair mais. Ao todo, foram 25 minutos de uma atuação  histórica na qual seu desempenho, sozinho, foi superior à soma de todo o banco de reservas do Oklahoma.

Nenê superou os cinco suplentes do Thunder em pontos (28×22), rebotes (10×9), arremessos certos (12×10) e aproveitamento de arremessos (100% a 43%).

Incrível.

O brasileiro foi jogado aos céus depois de brilhar. “A gente sabe que os playoffs são para os homens. E o Nenê é um homem. Ele não me surpreendeu em nada. É um pivô excelente”, elogiou o técnico do Houston, Mike D’Antoni.

Nenê está no Houston desde julho do ano passado, quando foi contratado junto ao Washington Wizards. “Nós sabemos que quando ele está em forma é capaz de estragos lindos como esses. Merece todos os parabéns por se cuidar o ano todo e conservar esta forma física tão espetacular”, finalizou o treinador, se referindo ao status que Nenê tem de ser um dos pivôs mais atléticos da NBA, com nada menos que 113 quilos distribuídos em 2,11 metros.

O brasileiro jogou por ele e por James Harden, que esteve apagadíssimo na vitória por 113×109. O “Barba” só acertou 5 de 16 arremessos de quadra, terminando a partida com meros 16 pontos.

Russell Westbrook tampouco se destacou da maneira como costuma. Só converteu 10/28 arremessos, mas fechou o jogo com 35 pontos, 14 rebotes e 14 assistências.

O Oklahoma x Houston foi frenético do começo ao fim, com dois quartos igualados (32×32 no segundo e 19×19 no terceiro). O primeiro teve vantagem do Oklahoma (26×22). E o último contou com uma avalanche de pontos: 40×32 para o Houston, que agora tenta fechar a série por 4×1 nesta terça-feira, jogando em casa – e graças a Nenê, já chamado pelos brasileiros que gostam de NBA não de Nenê Hilário, mas de “Nenê Histórico”.

 

Em 24 segundos…

…LeBron foi LeBron mais uma vez. Os Cavs já despacharam os Pacers e encerraram a série por 4×0. “King James” foi decisivo mais uma vez, com uma cesta de três pontos e uma roubada de bola no minuto final. Não deu para o Indiana: 106×102 Cavs, em mais um grande jogo na série.

Não há grandes jogos, mas outro duelo que dá o que falar é Boston x Chicago. O susto dos Celtics já passou. Ou seja: 2×2 no placar, com duas vitórias tranquilas do Boston no final de semana em plena Chicago. Isaiah Thomas foi o cestinha e brilhou como de costume.

…E o que dizer de Jazz x Clippers? Eis outra série muito louca em outro 2×2. O Los Angeles desabou depois da lesão de Blake Griffin, que machucou o pé e não joga mais nesta temporada.  E quem apareceu para deixar as coisas melhores para Utah?! Joe Johnson, de 36 anos! O ala-armador deu uma de Nenê: saiu do banco de reservas e acabou com o jogo. Foram 28 pontos, 5 rebotes e 5 assistências. Eis a série mais equilibrada até aqui. Destacar um favorito é questão de gosto pessoal. O nosso prognóstico é avanço do Jazz, até pela lesão de Griffin.

 

Próximos jogos dos playoffs da NBA

A NBA volta à quadra na noite desta segunda-feira com mais três jogos dos playoffs. Confira:

  • 20h00 – Toronto Raptors x Milwaukee Bucks (2-2 na série)
  • 21h00 – Atlanta Hawks x Washington Wizards (Wizards 2-1)
  • 23h30 – Portland Trail Blazers x Golden State Warriors (Warriors 3-0)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar