Tênis

Johanna Konta e Caroline Wozniacki na final do WTA de Miami; confira o prognóstico

Foto: Rob Foldy/Getty Images

Enquanto a britânica derrotou a favorita Venus Williams por 2 a 0, Wozniacki teve mais trabalho contra tcheca Karolina Pliskova.

É até certo ponto uma final surpreendente, mas a britânica Johanna Konta e a dinamarquesa Caroline Wozniacki lutarão pelo título de simples do WTA de Miami, amanhã (01), às 14h (horário de Brasília). Wozniacki penou para bater a tcheca Karolina Pliskova por 2 sets a 1 (5-7,6-1 e 6-1), na primeira semifinal do torneio. Já Konta surpreendeu muita gente ao derrotar a supercampeã norte-americana Venus Williams, por 2 a 0, na semifinal de número dois.

» Veja também: Nadal e Federer podem ter um novo encontro na final do ATP de Miami

 

JOHANNA KONTA X CAROLINE WOZNIACKI

Teremos revanche à vista. Afinal, Johanna Konta eliminou Caroline Wozniacki na terceira fase do Aberto da Austrália deste ano, por 6/3 e 6/1. Um chocolate pra cima da ex-número 1 do mundo, que durou apenas 1h15 de partida. Konta acabou eliminada nas quartas de final do Australian Open por Serena Williams, irmã de Venus.

Nesta edição do WTA de Miami, a britânica, atual número 11 do ranking, não teve vida fácil. Nas quartas de final, ela derrotou uma forte candidata ao título, a romena Simona Halep, número 5 do mundo, por 2 a 1 (3/6, 7/6 (9-7) e 6/2). Na semifinal, outra pedreira. Nada menos do que Venus Williams, que havia eliminado a líder do ranking da WTA, a alemã Angelique Kerber, grande favorita ao título em Miami.

Johanna Konta, de 25 anos, não economizou em força e personalidade para aproveitar as oportunidades que encontrou para superar a mais velha das irmãs Williams (12ª do ranking) em parciais apertadas, 6-4 e 7-5 – em duas horas e dois minutos de duelo. Com dois títulos conquistados na carreira, Stanford Classic (2016) e Sydney International (2017), esta é a decisão mais importante da carreira de Konta, que já se consagrou como a primeira tenista da Grã-Bretanha a alcançar a final do Miami Open.

 

CAMINHADA DE WOZNIACKI

Já a dinamarquesa Caroline Wozniacki passou para a decisão do WTA Premier de Miami ao derrotar, ontem (30), a boa tenista tcheca Karolina Pliskova por 2 sets a 1, com parciais de 5-7, 6-1 e 6-1. E a atual número 14 do mundo penou para chegar à finalíssima, pois foi preciso superar a queda no primeiro set para virar o jogo contra Pliskova, que cometeu 46 erros não forçados.

Mas Wozniacki acabou complicando um duelo que poderia ter sido menos tortuoso. No início da partida, ela desperdiçou três chances de fechar o primeiro set, quando vencia por 5-4, o que deu grande motivação à tcheca, que faturou os dois games seguintes. Na sequência, a dinamarquesa não abaixou a cabeça e correu atrás. Com uma atitude agressiva e ritmo alucinante, ela engoliu Karolina Pliskova, número 3 na lista da WTA, com um duplo 6-1 e garantiu sua vaga na decisão do WTA de Miami.

Nas quartas de final, Caroline Wozniacki venceu outra adversária da República Tcheca. Sem muitos percalços, ela superou Lucie Safarova por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, na  noite de terça-feira (28).

A dinamarquesa é simplesmente a quarta jogadora com maior presença em finais de torneios WTA Premier, desde 2009, com seis participações – quando fica atrás apenas da russa Maria Sharapova (9), da americana Serena Williams e da bielorrussa Victoria Azarenka, ambas com oito aparições em decisões.

 

ASCENSÃO DA TALENTOSA JOHANNA KONTA

Johanna Konta já vem dando mostras de que 2017 promete. E o primeiro título na temporada veio logo em janeiro, quando derrotou a então favorita Agnieszka Radwanska na final do WTA de Sydney. Com uma grande atuação, a britânica superou a polonesa sem perder um set na decisão, ao fechar o confronto com as parciais em 6/4 e 6/2. De quebra, ela faturou seu segundo troféu de simples na carreira, em torneios da WTA, e frustrou a tentativa da badalada Radwanska de ganhar o bicampeonato da competição australiana – a primeira conquista dela foi em 2013.

 

QUEM VENCE A FINAL?

Para o embate de amanhã, em Miami, teremos, sem sombra de dúvidas, uma das decisões mais equilibradas de todo o circuito feminino de tênis este ano. Afinal, estamos falando de duas competidoras que dispensam apresentações, quando uma quer retomar a liderança do ranking ao longo do ano (Wozniacki), enquanto a outra busca a afirmação entre a melhores do mundo. Muito, mas muito difícil prever uma vencedora. A experiência está ao lado da dinamarquesa, mas Konta encontra-se em escala ascendente e derrotou adversárias de ponta até o momento. É praticamente certo que teremos três sets acirradíssimos.

Odds: Johanna Konta (1.80), Caroline Wozniacki (2.00)

Palpite: não esqueçam que Konta varreu Wozniacki do Aberto da Austrália deste ano, de forma avassaladora. No fim, a britânica vencerá de novo, mas não com a mesma facilidade encontrada no Grand Slam australiano.

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Nadal e Federer podem ter um novo encontro na final do ATP de Miami; veja prognósticos das semifinais | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar